Publicidade: Conhece o LIV 52 para o figado?

Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O número de pessoas internadas depois de tomar a vacina contra gripe em um mesmo posto de saúde de Curitiba chegou a quatro.

Terezinha Penkal, de 66 anos, foi a última a apresentar reação. Ela está internada um hospital particular.
"Desde que ela tomou a vacina, sempre teve dor. Inchou muito o braço, o braço e até o punho", conta o filho dela, Cleverson Penkal.

Além dela, outros 3 idosos que tomaram a vacina no dia 27 de abril, na Unidade de Saúde Medianeira, estão internados; um deles em estado grave. Os casos estão sendo investigados pela Secretaria Municipal de Saúde.

"Mais uma pessoa. Então, se confirmou a relação: a mesma unidade, a mesma data e os sinais de infecção", explica a superintendente de Vigilância e Saúde de Curitiba, Juliane Oliveira.
Depois que os pacientes apresentaram reação, a unidade de saúde foi fechada. Um processo administrativo apura as responsabilidades sobre o que aconteceu.
A investigação analisa desde o processo de armazenamento das doses até a aplicação da vacina nos pacientes.
A secretaria de Saúde garante que a "vacina é segura" e que os casos são pontuais. Quem tomou a vacina precisa ficar atento à dor e à vermelhidão no local onde a dose foi aplicada. Reações como febre, mal-estar" são comuns e passam depois de dois dias".
"O que não é normal é que esses sinais continuem e aumentem", acrescenta Juliana.
Quem precisa de atendimento na unidade fechada está sendo encaminhado pra outros quatros postos de saúde da região. A campanha vacinação continua até o dia 26 de maio. Quase 200 mil pessoas já se vacinaram em Curitiba.

 

Obs.:

Aumentam os casos graves de sequelas em pessoas vacinadas, por todo o mundo.

 

Temas relacionados:

Portugal e a vacinação: 48% dos infectados são profissionais de saúde

Resutados de análises sobre conteúdo das vacinas

Vacina: Dobro de mortes entre crianças vacinadas em relação às não vacinadas

Cientista: A vacina contra VPH/HPV é uma fraude

As epidemias não desapareceram devido à vacinação

Vacinas: Demasiadas contêm o pesticida cancerígeno glifosato

Estudo oficial: crianças que não são vacinadas são mais saudáveis

Síndrome de Guillain-Barré

Presidente Putin: OGM e vacinas ameaçam a evolução da humanidade

EUA: 145.000 crianças morreram devido às vacinas

Vacina VPH: 3.000 japonesas metem governo e farmacêuticas em tribunal

Ciência/medicina/farmacêuticas: Não conseguem provar e andam a enganar-nos (vídeos)

Frutos e legumes biológicos funcionam como boas vacinas

Crianças morrem após vacinação

A farsa das vacinas/vacinação

Alerta: Programa Nacional de Vacinação 2017; Terrorismo de Estado ?

Infarmed: Pede atenção a eventuais reacções adversas à nova vacina

Vacina para HPV: Adolescente desmaia diariamente 8 vezes e tem narcolepsia

Vacinação: Lavagem cerebral

Mito: Vacinação garante imunidade

Epidemias, autismo e vacinas: A indústria farmacêutica fabrica e factura

Vacinação: H1N1 contamina os vacinados com SIDA/AIDS !

Estudo: O vírus Zika não é a causa da microcefalia mas sim vacinas

França: Suspendida vacina suspeita de causar doenças

O vírus do sarampo não existe?

Tribunal da Rep. Checa decide pela liberdade de os pais não vacinarem os filhos

Vacinas: Médicos indianos apresentam queixa-crime contra Bill Gates

Ainda acha que a indústria farmacêutica e as vacinas são benéficas ?!

Médicos e farmacêuticos: Estudos sobre as vacinas são medíocres

Afinal a vacina da gripe não protege o adulto !

"Gardasil®, vacina mortal?"

Os perigos da vacinação!

 

Fonte:

g1.globo

Autoria e outros dados (tags, etc)

Alimentos biológicos e com vitalidade = saúde !

Que o teu alimento seja o teu único medicamento! Hipócrates

Publicidade: Floradix



8 comentários

De José Guarda a 24.05.2017 às 16:02

Eu sempre desconfiei das vacinas e que nos faziam muito mal e vi isso no meu filho que desde que tomou uma vacina começou logo a mostrar sinais de autismo.
A meu ver todas as vacinas deviam ser proibidas todas sem exclusão pois todas podem provocar danos graves nos nossos filhos.

De Gabriel Matos a 24.05.2017 às 16:27

Eu já vi na minha família demasiados casos negativos depois da vacinação e mostrou-me que as vacinas não protegem e dão efeitos secundários demasiado graves e um dos meus sobrinhos morreu.
As vacinas são um grande negócio por nossa conta mas são uma treta e não protegem da doença.

De Sonia Tereza a 24.05.2017 às 18:22

Ainda bem que existe a sua página para podermos ser informados e bem e dou os meus parabéns por ser praticamente o único blogue português que informa as pessoas sobre os efeitos adversos das vacinas.Deixei de comprar o Expresso, o DN, o JN e outros diários, deixei também de ver Telejornais precisamente por nos mentirem sobre a vacinação. Deixei de confiar na vulgar comunicação social.Foi realmente o seu blog e outras particularidades das doenças dos miúdos num jardim infantil onde trabalhei que comecei a ficar bem informada, no jardim infantil vi perfeitamente que as crianças vacinadas estavam sempre doentes ao contrário das crianças que não eram vacinadas.Por isso posso dizer com toda a segurança, queridos pais não deixem vacinar os vossos filhos, o que eu assisti durante anos comprovou a ineficácia da vacinação.Grata.

De Teresa a 24.06.2017 às 03:29

Não é estranho que na campanha de vacinação contra gripe, que vacinous 35 milhoes de pessoas (dados do Ministério da Saúde - Brasil), apenas se registrou quatro casos de reação adversa que ainda não foi provado que se deve a vacina? Só para atualizar a informação sobre os casos de Curitiba: https://cbncuritiba.com/2017/06/12/secretaria-investiga-conduta-de-profissionais-nos-casos-de-reacao-adversa-na-aplicacao-de-vacina/
"A secretaria também informou, por meio de assessoria de imprensa, que não foi registrada qualquer ocorrência em relação à segurança da vacina."

De Medicinas Alternativas a 24.06.2017 às 10:28

Cara Teresa, é uma boa questão.
Será que a secretaria tem realmente conhecimento de todos os casos de reacções adversas?
Será que a secretaria recebeu todos os casos de reacção adversa?
Será que os vacinados relatam à secretaria todos as reacções adversas?
Será que os profissionais relatam à secretaria todos os casos de reacções adversas?
Eu duvido muito que assim seja.

De Medicinas Alternativas a 24.06.2017 às 10:28

Bom fim de semana Teresa.

De Teresa a 24.06.2017 às 13:15

Quanto ao seu questionamento sobre o fato se a secretaria de saúde tem conhecimento de todos os casos de reação adversa.... Nós temos um jornalismo independente, não tenha a menor dúvida que se houvesse outros casos, isso teria sido amplamente noticiado. Os 4 casos relatados, verificaram mais tarde que se tratava de infecção bacteriana, claro que tem relação com o posto de saúde e com o ato da vacinação; no entanto, a vacina é contra o vírus da influenza e não bactéria.

De Medicinas Alternativas a 25.06.2017 às 09:33

Tem a certeza absoluta que todos os doentes relataram as suas reacções adversas? Tem a certeza absoluta que todos os médicos e enfermeiros, relataram todos os doentes com reacções adversas?
Pode garantir isto?
Eu não estou a duvidar do jornalismo independente, porém sabemos que nem tudo é comunicado ao jornalismo, ou não será assim?

Bom fim de semana.

Comentar post



A farmácia é a natureza !


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sabedoria

"Aqueles que pensam que não têm tempo para cuidar de si e da sua alimentação, mais cedo ou mais tarde terão de encontrar tempo para a doença."

Publicidade: Desintoxicar


Mensagens


Mais sobre mim

foto do autor








Sabedoria ancestral

Paracelsus: "O que cura é o amor."

Atenção: Este blogue, não visa substituir o seu técnico de saúde de sua confiança!

As informações contidas neste blogue não substitui de forma alguma a consulta de um profissional de saúde de sua confiança. Consulte sempre o seu profissional de saúde sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e bem-estar, bem como os seus tratamentos e outros. Embora sejam tomados cuidados para as informações contidas neste blogue estejam correctas, algumas informações nos artigos deste blogue podem conter erros dos mais variados aspectos, pelo qual este blogue não se responsabiliza de nenhuma forma. Somente uma visita física ao seu técnico de saúde lhe pode fornecer as informações e cuidados que melhor se adequam a si/vc. As informações contidas neste blogue não se destinam a serem usadas como um substituto ou aconselhamento profissional. Quaisquer dúvidas ou preocupações que você tenha sobre sua saúde devem ser discutidas com seu técnico de saúde. Por favor, note que a informação sobre a saúde está a mudar constantemente. Portanto, algumas informações podem estar desactualizadas. Os comentários publicados são da responsabilidade dos seus autores e dos leitores que dele fizerem uso. Os comentários não reflectem a opinião do blogue. Ao visitar este blogue você concorda com estes termos.


BPT