BIO!

Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Tem dores?

15.03.16

Se tiver algum tipo de dor/inflamação no corpo, então é sensato manter-se distante em relação à batata (sobretudo inglesa, vulgo batata comum), à beringela, aos pimentos e tomates.

Imagem: vertigro.com

Porquê?

Devido ao facto de estes alimentos pertencerem à família das solanáceas,por conterem solanina. Estes alimentos, são conhecidos por agravarem a dor/inflamação. A Solanina é um veneno. Quimicamente é um glicoalcaloide tóxico, amargo (C45 H73 NO15), formado por um alcalóide (a solanina)que funciona como um mecanismo de defesa para a planta, e por um hidrato de carbono (carbohidrato). O problema é que esse alcalóide prejudica os seres humanos e esses 4 alimentos podem causar graves efeitos secundários.

Por conseguinte, é importante não consumi-los em excesso, pois o seu intestino e as suas articulações são os que mais sofrem com a solanina. A solanina reage desfavoravelmente com o cálcio presente nos seus ossos, o que os vai deixar mais fracos.

A solanina, prejudica todo o tracto gastrointestinal/estômago-intestinos.

Para além disso, quando a solanina é absorvida pela sua corrente sanguínea, ela danifica os seus glóbulos vermelhos, os quais são portadores de oxigénio.

Todas as pessoas, tendo algum tipo de inflamação no corpo é sensato evitar comer estes vegetais com solanina, senão ela vai agravar a inflamação no seu corpo.

Além de que esta substância tão tóxica não é solúvel na água, continuando lá mesmo após o cozimento desses vegetais.

Atenção!

Desses tubérculos, os que estiverem murchos, de cor esverdeada ou com pontos pretos, tendem a apresentar níveis mais elevados de solanina e de glicoalcalóides.

Os glicoalcalóides das solanáceas são produzidos em quase todas as partes das respectivas plantas, tais como as raízes, os tubérculos, os rebentos (brotos ou grelos), e as folhas, a partir do colesterol.
O colesterol dá origem a um alcalóide denominado solanidine. Por acção da glicosiltransferase ocorre a glicolização da solanidine, formando o glicósido denominado solanina.

São conhecidos vários efeitos tóxicos graves ou mesmo gravíssimos no organismo humano, devidos ao consumo de solanáceas (devido ao conteúdo de solanina e de outros glicoalcalóides), tais como batatas, tomates, pimentos, etc.

O seu efeito tóxico ou venenoso faz-se sentir fundamentalmente em:

  • Sistema nervoso central (alucinações, sintomas neurológicos);
  • Membranas celulares e gastrointestinais (hemorragias, edemas em cavidades corporais, etc.);
  • Fígado (intoxicação hepática);
  • Efeitos teratogénicos (nocivos ao desenvolvimento do feto). A ingestão de solanáceas, pela mulher grávida, devido ao seu conteúdo em glicoalcalóides aumenta a incidência de defeitos ou anomalias estruturais e funcionais durante o desenvolvimento do feto.

Além disso pode provocar diminuição da fertilidade ou mesmo infertilidade, retardação do crescimento intra-uterino ou mesmo a morte do feto.

Segundo estudos em animais, verificou-se que a solanina se acumula nos órgãos pela seguinte ordem:
Baço, Rins, Fígado, Pulmões, Coração, Cérebro e Sangue.

À luz dos estudos actuais supõe-se que nos seres humanos a solanidine se acumula em maior quantidade no Fígado.

Mesmo nas pessoas saudáveis, apenas 78% da solanina é eliminada pelas fezes e urina nas 24 horas após a ingestão, o que demonstra o perigo de acumulação do que não é eliminado diariamente, acrescido o perigo do consumo diário repetido de alimentos ricos em solanina.


A dose tóxica média é de 2 a 5 mg por quilograma de peso corporal e os sintomas manifestam-se desde passados 30 minutos após a ingestão (se tiver ingerido grande quantidade) até 8 a 12 horas após a ingestão.
A solanina é praticamente insolúvel em água e é estável ao calor, o que dificulta a sua inactivação pelo processo normal de cozedura.

Certos estudos consideram como aceitável a ingestão diária de 300 g de batata por dia (cerca de ¼ de kg).
Contudo o mais seguro é evitar a ingestão deste tipo de alimentos altamente tóxicos e perigosos. Note-se que sobretudo em pessoas doentes, haverá um efeito acumulativo de toxicidade, nomeadamente ao nível do fígado e de outros órgãos já por alguma razão intoxicados. E nesses casos há motivos adicionais de sobra para evitar o consumo de tais alimentos perigosos.


SINTOMAS RESUMIDOS DE INTOXICAÇÃO

  1. Paragem respiratória e perda da função cardíaca por fibrilhação ventricular;
  2. Perda de consciência, com olhar fixo, pupilas dilatadas e visão turva;
  3. Ansiedade;
  4. Dificuldade de movimentação da língua e de articulação de palavras, com produção excessiva de saliva;
  5. Vómitos e diarreia com tenesmo;
  6. Cólicas abdominais, cólicas intestinais e possibilidade de evolução para tumor ou de evolução para cancro do cólon ou cancro do útero;
  7. Respiração rápida e irregular, frequentemente suprimida, geralmente curta incompleta e difícil;
  8. Pulso radial (à palpação) fraco, pouco perceptível e rápido;
  9. Cãibras nos membros com contracções espasmódicas nos dedos;
  10. Rigidez generalizada, tosse, cansaço e fadiga;
  11. Pele pálida;
  12. Suores frios e extremidades frias



FACTORES QUE AUMENTAM A CONCENTRAÇÃO DE SOLANINA NAS BATATAS, ETC.

A) Quanto ao cultivo agrícola:

  1. Plantação superficial dos tubérculos (batatas) (recomenda-se que sejam plantados pelo menos a 15 cm do solo);
  2. Adubação azotada, sobretudo tardia, no solo (a aplicação tardia e excessiva de nitrogénio (azoto) aumenta a concentração de solanina);
  3. Arrancamento dos tubérculos demasiado cedo (ainda “verdes”) antes de estarem “maduros”.

B) Quanto à armazenagem:

  1. Evitar a exposição à luz e ao calor;

C) Quanto à escolha e verificação:

  • Evitar tubérculos (batatas) que estejam murchos, verdes e/ou grelados;
  • Evitar comer em excesso, ou diariamente ou frequentemente destes alimentos (batatas, tomates, pimentos, etc.) ou evitá-los mesmo de todo deixando de os consumir, nomeadamente se não são escolhidos, consumidos e cozinhados em casa;

3. Quanto mais velhas forem as batatas menor será a concentração de solanina;
4. A solanina encontra-se entre a casca e o miolo dos tubérculos (batatas, etc).

Nota: Tomates verdes contêm solanina em altas doses.

 

E agora?

O ideal será porventura deixar de comer estes vegetais. Ou pelo menos reduzir o consumo deles.

Qualquer tipo de carne, também é de excluir assim como do açúcar. Porquê? Porque acidificam o organismo, trazendo rápida degeneração e inflamações.

 

Tem artrite? (Há que diferenciar entre artrite e artrose).

 

Plano de alimentação em caso de artrite, p.ex.:

 

Ao pequeno almoço:

- Beber uma caneca de água filtrada ou engarrafada, o mais quente possível, em jejum.

ou

- Jejuar! O jejum ajuda imenso no caso de inflamação, muito mais do que as pessoas imaginam. 

ou

- Alternativa; Uma infusão de plantas medicinais, como p.ex.: alecrim (Rosmarinus officinalis) ou açafrão da Índia (Curcuma longa) ou sabugueiro ou garra-do-diabo (Harpagophytum procumbens) ou orégãos.

 

- Merenda ao meio da manhã (Após o chá/infusão):

Comer fruta madura e biológica, da estação do ano e da região onde vive. Ou pode fazer um batido cremoso de legumes ou de frutas.

ou

Beber uma bebida à base amêndoas ou arroz.

 

Almoço:

Comer muita salada, composta por folhas de alface, rúcula selvagem, milho biológico, couve roxa, couve-flor, pastinaca, etc.,e também de plantas silvestres como dente de leão,beldroegas, coentros, aipo, germinados com um pouco de gotas de limão ou vinagre de maçã (cidra) e azeite de primeira pressão (extra-virgem com menos 1º de acidez) ou óleo de cânhamo ou de linhaça. Juntar uma pitada de sal de ervas ou sal dos Himalaias.

 

Merenda à tarde:

Uma mão cheia de amêndoas (com casca ou sem, como preferir) e tâmaras sem caroço. Ou então fazer uma bebida fresca de amêndoas com tâmaras sem caroço.


Jantar:

Legumes cozidos a vapor (preferencialmente e pouco tempo), juntar p.ex. castanhas, milho painço, trigo sarraceno, quinoa, amaranto ou batata doce. (Juntar apenas 1 dos ingredientes)

 

 Nota: Curiosamente, os incas e os aztecas não comiam o tomate; A planta parece ser originária da América Latina e os antigos povos não comiam essa solanácea, apenas usavam a planta para decoração.

 

Fontes:

zentrum der gesundheit

reumatoguia

Prof. Manuel Moreira

naturmed

Que o teu alimento seja o teu único medicamento! Hipócrates - Pai da Medicina

Autoria e outros dados (tags, etc)

Alimentos biológicos e com vitalidade = saúde !





A farmácia é a natureza !


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sabedoria

"Aqueles que pensam que não têm tempo para cuidar de si e da sua alimentação, mais cedo ou mais tarde terão de encontrar tempo para a doença."

Publicidade: Desintoxicar


Mais sobre mim

foto do autor




Mensagens






Sabedoria ancestral

Paracelsus: "O que cura é o amor."


Atenção: Este blogue, não visa substituir o seu técnico de saúde de sua confiança!

As informações contidas neste blogue não substitui de forma alguma a consulta de um profissional de saúde de sua confiança. Consulte sempre o seu profissional de saúde sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e bem-estar, bem como os seus tratamentos e outros. Embora sejam tomados cuidados para as informações contidas neste blogue estejam correctas, algumas informações nos artigos deste blogue podem conter erros dos mais variados aspectos, pelo qual este blogue não se responsabiliza de nenhuma forma. Somente uma visita física ao seu técnico de saúde lhe pode fornecer as informações e cuidados que melhor se adequam a si/vc. As informações contidas neste blogue não se destinam a serem usadas como um substituto ou aconselhamento profissional. Quaisquer dúvidas ou preocupações que você tenha sobre sua saúde devem ser discutidas com seu técnico de saúde. Por favor, note que a informação sobre a saúde está a mudar constantemente. Portanto, algumas informações podem estar desactualizadas. Os comentários publicados são da responsabilidade dos seus autores e dos leitores que dele fizerem uso. Os comentários não reflectem a opinião do blogue. Ao visitar este blogue você concorda com estes termos.

Partida de uma anjinha

Com saudade lembrando que ela fazia parte de EQUIPA. Paz a sua alma e espirito.