BIO!

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Embora rara, a hipersensibilidade ao sêmen pode até matar. Responsável é a proteína PSA. Tanto mulheres quanto homens apresentam a alergia para a qual a camisinha é a única proteção garantida.

Quem pensa que alergia a esperma é mito ou mera piada de mau gosto, engana-se redondamente: apesar de pouco frequente, ela existe. "Infelizmente", comenta o dermatologista e alergista Johannes Ring. Coceira, justamente na hora do sexo, "ainda que soe exótico a princípio, para os alérgicos não é nada engraçado".

Ele pesquisa o problema e trata pacientes na clínica na Universidade Técnica de Munique. Embora todas fossem mulheres, homens também desenvolvem alergia a sêmen. Nessas pessoas, o contato do líquido com a pele provoca inflamação, vermelhidão, urticária e erupções cutâneas por todo o corpo, podendo até evoluir para diarreia e vômito.

Contudo, assim como na alergia a vespas e abelhas, há risco de vida se as vias respiratórias se inflamam, impedindo o fluxo de ar. O sistema cardiovascular reage, resultando em dispneia e desmaio, e os casos mais extremos podem redundar até mesmo num choque anafilático fatal. Ring explica que, no fundo, trata-se de sintomas relativamente típicos de alergia, mas é importante os ginecologistas estarem cientes da existência do problema.

Mudar de parceiro não adianta

Os pacientes não reagem ao esperma em si, mas ao líquido que contém os espermatozoides, o assim chamado plasma seminal. Em princípio, seu sistema imunológico se comporta como no caso da febre do feno: ele detecta como patógeno uma substância na verdade inofensiva, desencadeando uma violenta hiperreação.

Na febre do feno, as responsáveis são determinadas proteínas do pólen. Já no caso da alergia a esperma, durante muito tempo o agente desencadeador permaneceu não identificado. Só alguns anos atrás Ring e sua equipe identificaram a proteína responsável: o antígeno prostático específico (PSA, na sigla em inglês), produzido pela próstata.

Como o PSA está presente no esperma de todo homem, trocar de parceiro sexual não é solução: "A alergia não é específica de determinados indivíduos." Por outro lado, aparentemente trata-se de uma reação imunológica muito rara, só tendo sido documentados cem casos em todo o mundo, desde 1958.

Conceito impreciso, mas problema contornável

O alergista e andrologista Jean-Pierre Allam integra a equipe da clínica da Universidade de Bona que pesquisa as correlações entre a alergia a esperma e outros tipos de hipersensibilidade, por exemplo, alimentar. "Cerca de metade dos casos também envolve outras alergias", explica.

Ele deduz que existe um grande número de casos não registrados, pois muitas pessoas acham constrangedor sequer mencionar o problema. 

Uma forma segura de contornar o problema é o uso de preservativos durante a relação sexual. A coisa complica, porém, se há vontade de ter filhos. Mas, se os sintomas forem leves, basta a ingestão de medicamentos antialérgicos antes do sexo. Outra possibilidade é uma terapia de hipossensibilização, que torna o corpo tolerante ao alergênico.

Tanto Allam como Ring concordam que as mulheres alérgicas ao sêmen não são estéreis. A inseminação artificial com espermatozoides "lavados" também é uma opção. "Funciona muito bem em mulheres saudáveis", garante Allam. Mas, no fim das contas, o tema ainda necessita muita pesquisa: "Alergia a esperma é um conceito muito impreciso", ressalva o andrologista.

 

Fonte:

dw

Que o teu alimento seja o teu único medicamento! Hipócrates - Pai da Medicina

Autoria e outros dados (tags, etc)

Alimentos biológicos e com vitalidade = saúde !




A farmácia é a natureza !


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sabedoria

"Aqueles que pensam que não têm tempo para cuidar de si e da sua alimentação, mais cedo ou mais tarde terão de encontrar tempo para a doença."

Publicidade: Desintoxicar


Mais sobre mim

foto do autor




Mensagens






Sabedoria ancestral

Paracelsus: "O que cura é o amor."


Atenção: Este blogue, não visa substituir o seu técnico de saúde de sua confiança!

As informações contidas neste blogue não substitui de forma alguma a consulta de um profissional de saúde de sua confiança. Consulte sempre o seu profissional de saúde sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e bem-estar, bem como os seus tratamentos e outros. Embora sejam tomados cuidados para as informações contidas neste blogue estejam correctas, algumas informações nos artigos deste blogue podem conter erros dos mais variados aspectos, pelo qual este blogue não se responsabiliza de nenhuma forma. Somente uma visita física ao seu técnico de saúde lhe pode fornecer as informações e cuidados que melhor se adequam a si/vc. As informações contidas neste blogue não se destinam a serem usadas como um substituto ou aconselhamento profissional. Quaisquer dúvidas ou preocupações que você tenha sobre sua saúde devem ser discutidas com seu técnico de saúde. Por favor, note que a informação sobre a saúde está a mudar constantemente. Portanto, algumas informações podem estar desactualizadas. Os comentários publicados são da responsabilidade dos seus autores e dos leitores que dele fizerem uso. Os comentários não reflectem a opinião do blogue. Ao visitar este blogue você concorda com estes termos.

BPT


Partida de uma anjinha

Com saudade lembrando que ela fazia parte de EQUIPA. Paz a sua alma e espirito.