BIO!

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


A Dang Gui/Dong Quai (Angelica sinensis) é uma planta medicinal também conhecida como angélica-chinesa, ginseng-feminino, ginseng-para-mulheres, dang gui, don quai, toqi chinês, dentre outros nomes populares. Ela pertence à família Apiceae.

 

Foto: infotoga

 

Benefícios da planta Dang Gui

Na MTC - Medicina Tradicional Chinesa, a raiz da Dang Gui/Dong Quai é utilizada principalmente para regular ciclo menstrual das mulheres, bem como tonificar o organismo feminino. A raiz também pode amenizar os sintomas da artrite reumatóide, bem como diminuir a pressão sanguínea nas artérias, o que ajuda a diminuir o fluxo de sangue entre as batidas do coração. A raiz pode ser usada em forma de pó, desidratada e em fatias, bem como o extracto líquido. São feitos extractos secos e decocções, bem como óleos extraídos da folha seca.

 

Testada em pessoas, observou-se que a Dong Quai produz a redução da formação de placas nos vasos sanguíneos e nas paredes das veias, portanto, podendo ser utilizada como agente preventivo contra os enfartes/infartos do miocárdio, bem como a hipertensão e a angina. Os polissacarídeos encontrados na raiz podem ser capazes de aumentar as habilidades das células auto-imunes do organismo de destruírem células cancerígenas, o que torna a planta alvo de pesquisa como um tratamento em potencial para o câncer e o HIV. Pode controlar o desenvolvimento de fungos, vírus e bactérias, e raízes pulverizadas da planta já foram utilizadas com eficácia no tratamento da Herpes Zóster.

 

Os profissionais da medicina herbal chinesa usam a Dong, há milhares de anos para fortalecer o coração, os pulmões e o fígado e, actualmente, a Angelica sinensis é utilizada amplamente pela população do país como tónico e tempero para diversas receitas.

 

Propriedades da Dong Quai para a saúde da mulher
A raiz de Dong Quai é amplamente utilizada como medicamento para regular o ciclo menstrual e também serve de auxílio para minimizar as dores de cabeça durante o período da menstruação, além das cólicas menstruais. Em alguns lugares do mundo, é dado a mulheres depois do parto para ajudar prevenir hemorragia pós-parto, além de proporcionar mais força a mulher. Melhora a qualidade e circulação do sangue, assim como também dispersa a congestão na região pélvica. Também ajuda a nutrir tecidos vaginais e embeleza a pele.

 

No tratamento da tensão pré-menstrual (TPM), é extremamente útil para controlar o sangramento. Também possui aplicações para os processos de recuperação advindos do parto, bem como a fadiga e a vitalidade baixa das mulheres que passaram pela gravidez. Os fitoestrogênios contidos na planta são utilizados pela medicina tradicional chinesa para conter os sintomas associados à menopausa, como os fogachos e outros. Geralmente, seu uso é feito em combinação com outras ervas, e é muito benéfico para a menopausa por inteiro, bem como para os ciclos menstruais.

 

Contra-indicações da Dong Quai
O uso da planta quando não é adequada à síndrome da paciente/doente, pode provocar dores no estômago, náuseas e vómito quando realizado por períodos longos. Pessoas que têm alergia aos alimentos da família do aipo devem evitar o consumo pela possível ocorrência de alergias na pele. Não deve ser consumido juntamente aos anti-coagulantes e drogas farmacêuticas que aumentam o risco de sangramento. Mulheres grávidas e que estão em período de amamentação não devem fazer uso da substância.

 

História e curiosidades
A Angelica sinensis é considerada ter uma natureza quente e doce, ácida e de gosto amargo, com tropismo na Coração, Fígado e Baço, sendo uma das plantas mais utilizadas na MTC. A dose varia entre 4,5 g e as 14 g. Fortalece o Xue (vitalidade do sangue) e trata disfunções hormonais nas mulheres. A libido feminina também sai beneficiada.

 

Trata-se de uma planta perene que pode crescer até dois metros e produz flores brancas ao longo do início do verão.

É encontrada amplamente na China, tendo sido cultivada por mais de 1500 anos nas regiões ao oeste da China. Cresce geralmente de maneira selvagem, sendo tipicamente encontrada em rios, próxima à costa perto do mar e em regiões montanhosas e (h)úmidas.

 

 

Temas relacionados:

Bochechar óleo: Cura bucal

A planta medicinal Unha-de-gato: 16 benefícios

Benefícios de comer as uvas com grainhas

Prata coloidal: Sabe o que é e para que serve?

O óleo de coco, 10 benefícios

O Pau D´Arco

Planta usada na MTC mata vírus da SIDA

Francesa é mais um caso de regressão do HIV mesmo sem tomar fármacos há 12 anos

A alimentação segundo a MTC - Medicina Tradicional Chinesa

Tai Chi é eficaz como exercício de reabilitação cardíaca

Manter a saúde: 11 Ervas e Especiarias

As chinesas desconhecem o cancro de mama por que...

Cozinha chinesa: Benefícios

MTC, Chi Cungue: Mulher curada de cancro da bexiga em menos de 3 minutos

Problemas renais devido à carne

Schisandra: Fruto silvestre de cinco sabores

MTC: Chi, o que é isso ?

 

Fontes:

MTC

Leitfaden TCM

Medicina Natural

Zentrum der Gesundheit

Que o teu alimento seja o teu único medicamento! Hipócrates - Pai da Medicina

Autoria e outros dados (tags, etc)

Alimentos biológicos e com vitalidade = saúde !




A farmácia é a natureza !


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sabedoria

"Aqueles que pensam que não têm tempo para cuidar de si e da sua alimentação, mais cedo ou mais tarde terão de encontrar tempo para a doença."

Publicidade: Desintoxicar


Mais sobre mim

foto do autor




Mensagens






Sabedoria ancestral

Paracelsus: "O que cura é o amor."


Atenção: Este blogue, não visa substituir o seu técnico de saúde de sua confiança!

As informações contidas neste blogue não substitui de forma alguma a consulta de um profissional de saúde de sua confiança. Consulte sempre o seu profissional de saúde sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e bem-estar, bem como os seus tratamentos e outros. Embora sejam tomados cuidados para as informações contidas neste blogue estejam correctas, algumas informações nos artigos deste blogue podem conter erros dos mais variados aspectos, pelo qual este blogue não se responsabiliza de nenhuma forma. Somente uma visita física ao seu técnico de saúde lhe pode fornecer as informações e cuidados que melhor se adequam a si/vc. As informações contidas neste blogue não se destinam a serem usadas como um substituto ou aconselhamento profissional. Quaisquer dúvidas ou preocupações que você tenha sobre sua saúde devem ser discutidas com seu técnico de saúde. Por favor, note que a informação sobre a saúde está a mudar constantemente. Portanto, algumas informações podem estar desactualizadas. Os comentários publicados são da responsabilidade dos seus autores e dos leitores que dele fizerem uso. Os comentários não reflectem a opinião do blogue. Ao visitar este blogue você concorda com estes termos.

BPT