BIO!

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


A areia do Porto Santo, uma criação da mãe natureza, tem mesmo uma eficácia terapêutica, cientificamente testada e comprovada. Seja na pequena ilha, seja na grande Madeira, é rara a pessoa que não conte uma história de alguém que se tenha tratado com as areias da “Ilha Dourada”.

Qualquer pessoa que visita a ilha do Porto Santo faz a pergunta: ”Se esta é uma ilha vulcânica, porque é que tem areia amarela?”. E a resposta não podia ser mais natural.

Podia ser uma areia banal, de uma qualquer praia de Portugal, mas é uma areia especial, uma areia carbonatada biogénica.

As areias das praias portuguesas e europeias são siliciosas, de quartzo, e sentimos logo a diferença na sua composição. A do Porto Santo distingue-se das demais porque se trata de uma areia carbonatada biogénica, que tem cálcio, magnésio e estrôncio, composta, essencialmente, por bioclastos de algas vermelhas (Rodófitas) e outros micro fósseis. Uma série de espécies, de seres vivos deram origem a esta areia.

Pensa-se que esta areia se tenha formado há cerca de 35 mil anos, quando o Porto Santo tinha um clima tropical e quatro vezes o tamanho que tem hoje. Sabe-se que nessa altura houve condições excepcionais de temperatura, de luminosidade e alimento abundante que permitiu que se desenvolvesse na zona norte da ilha, entre os 50 e os 100 metros de profundidade, toda uma fauna e flora marinha específica.

Para além destas condições, a ilha atualmente apresenta um conjunto de parâmetros microclimáticos que dificilmente se reúnem noutras ilhas do espaço biogeográfico da Macaronésia (nomeadamente o Arquipélago dos Açores, Canárias e Cabo verde).

A água do mar atinge os 24ºC, uma temperatura exterior que ronda os 26-30ºC, uma humidade relativa do ar entre os 70 e os 80% e areias a atingirem temperaturas 65ºC.

A areia contém muito cálcio, magnésio e estrôncio, ou seja, tem elementos bioessenciais que depois vão ser importantes para os tratamentos de psamoterapia (terapia com areia)”. Estas areias são indicadas sobretudo no tratamento de patologias osteoarticulares, ou do foro reumático e dermatológico e nas dores fantasma de pacientes com membros amputados.

A areia do Porto Santo é extremamente fina e é composta por partículas lamelares que têm uma grande adesividade à pele.

 

Fonte:

sapo

Que o teu alimento seja o teu único medicamento! Hipócrates - Pai da Medicina

Autoria e outros dados (tags, etc)

Alimentos biológicos e com vitalidade = saúde !




A farmácia é a natureza !


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sabedoria

"Aqueles que pensam que não têm tempo para cuidar de si e da sua alimentação, mais cedo ou mais tarde terão de encontrar tempo para a doença."

Publicidade: Desintoxicar


Mais sobre mim

foto do autor




Mensagens



Posts mais comentados




Sabedoria ancestral

Paracelsus: "O que cura é o amor."


Atenção: Este blogue, não visa substituir o seu técnico de saúde de sua confiança!

As informações contidas neste blogue não substitui de forma alguma a consulta de um profissional de saúde de sua confiança. Consulte sempre o seu profissional de saúde sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e bem-estar, bem como os seus tratamentos e outros. Embora sejam tomados cuidados para as informações contidas neste blogue estejam correctas, algumas informações nos artigos deste blogue podem conter erros dos mais variados aspectos, pelo qual este blogue não se responsabiliza de nenhuma forma. Somente uma visita física ao seu técnico de saúde lhe pode fornecer as informações e cuidados que melhor se adequam a si/vc. As informações contidas neste blogue não se destinam a serem usadas como um substituto ou aconselhamento profissional. Quaisquer dúvidas ou preocupações que você tenha sobre sua saúde devem ser discutidas com seu técnico de saúde. Por favor, note que a informação sobre a saúde está a mudar constantemente. Portanto, algumas informações podem estar desactualizadas. Os comentários publicados são da responsabilidade dos seus autores e dos leitores que dele fizerem uso. Os comentários não reflectem a opinião do blogue. Ao visitar este blogue você concorda com estes termos.

BPT