BIO!

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


O Açafrão-da-índia/cúrcuma é um super-alimento, como muita gente já sabe. Este produto alimentício fermentado, também ganha o poder dos probióticos. Um estudo coreano mostrou que o açafrão-da-índia/cúrcuma fermentado pode prevenir a perda de memória que decorre do estresse oxidativo e da inflamação das células cerebrais-chave.

Imagem: india.

 

A doença de Alzheimer é apenas uma das muitas doenças neuro-degenerativas que apanham cada vez mais gente. Ela afecta o cérebro de várias maneiras, uma das quais é a perda de memória.

O hipocampo e o córtex são as partes do cérebro que lidam com a aprendizagem e a memória. Eles são compostos principalmente de células gliais que suportam e protegem as células cerebrais.

Os radicais livres podem activar com força as células da glia e causar inflamação no cérebro. Isso leva à morte das células neuronais e à perda correspondente de capacidades, como a capacidade de reter memórias ao longo do tempo.

Os problemas de memória podem ser atenuados pelo aumento dos níveis de acetilcolina no cérebro. Para aumentar este neurotransmissor, a quantidade de acetilcolinesterase que metaboliza a acetilcolina deve ser reduzida.

 

Portanto, a equipe/equipa de pesquisa da Universidade Keimiung (KMU) analisou a possibilidade de usar o açafrão-da-índia (Curcuma longa L.) para proteger o cérebro contra o estresse oxidativo e a inflamação. A cúrcuma contém curcuminoides como a curcumina, um composto antioxidante e anti-inflamatório bem conhecido que protege os neurônios dos danos.

 

Açafrão/cúrcuma fermentado é testado para ver se ele pode proteger as células do cérebro de oxidantes

Os pesquisadores usaram uma levedura Lactobacillus plantarum K154 para criar um açafrão/cúrcuma fermentado em pó. Administraram a cúrcuma fermentada a ratos ICR machos.

Em seguida, injectaram escopolamina indutora de amnésia em ratos que receberam cúrcuma fermentada e a ratos desprotegidos. Eles colocaram ambos os grupos de animais pelo teste de evasão passiva e um teste de labirinto aquático de Morris para avaliar as memórias dos ratos.

Os ensaios MTT determinaram como as células C6 de glioma de rato protegidos com açafrão/cúrcuma bem fermentado. Para descobrir os efeitos anti-inflamatórios relacionados, os pesquisadores mediram as quantidades de óxido nítrico e prostaglandina E2 produzida em células murinas BV2 que foram estimuladas por lipopolissacarídeo.

Eles também analisaram os níveis de expressão da sintase do óxido nítrico induzível e cicloxigenase-2.

As células dos cérebros dos ratos foram examinadas para determinar como o açafrão/cúrcuma fermentado afectou seu déficit de memória induzido por escopolamina. Os pesquisadores mediram a quantidade de acetilcolinesterase, bem como a expressão da proteína de ligação ao elemento de resposta do AMPc (CREB) e do factor neurotrófico derivado do cérebro (BDNF).

Finalmente, eles também analisaram o conteúdo dos curcuminoides presentes na cúrcuma fermentada.

 

Super-alimento (açafrão-da-índia) fermentado interrompe a morte das células cerebrais e estimula os neurotransmissores

Os pesquisadores da KMU descobriram que o açafrão/cúrcuma fermentado  protegia os ratos dos efeitos da escopolamina. Ela evitou o estresse oxidativo que teria danificado ou destruído as células cerebrais.

Além disso, o super-alimento fermentado protegeu as células cerebrais do lipopolissacarídeo. O açafrão interrompeu a expressão da sintase do óxido nítrico induzível e da cicloxigenase-2, o que resultou em níveis muito mais baixos de oxidantes associados.

O açafrão fermentado também reduziu os efeitos de escopolamina na memória dos ratos por uma margem significativa. Ele fez isso inibindo os níveis de acetilcolinesterase, aumentando assim a quantidade de acetilcolina que permite a comunicação efectiva entre as células cerebrais.

Finalmente, o açafrão fermentado elevou os níveis de proteína de ligação elementar (CREB) de resposta ao cAMP e factor neurotrófico derivado do cérebro (BDNF). Níveis mais altos de CREB significam mais BDNF, o que ajuda a formar memórias de longo prazo.

Cerca de 1,44% do açafrão/cúrcuma fermentado era composto por curcuminoides. Embora menor do que a encontrada no açafrão fresco, essa quantidade de curcumina e compostos relacionados foi suficiente para alcançar efeitos positivos.

Além disso, os pesquisadores observaram que o açafrão fermentado é muito mais facilmente dissolvido na água. A curcumina também é muito mais estável quando está no ácido láctico que acompanha a fermentação. Finalmente, o alimento fermentado pode ser difundido com bactérias benéficas.

Eles concluíram que o açafrão fermentado poderia servir como uma possível terapia para pacientes aflitos com problemas de aprendizado e memória, como a doença de Alzheimer.

 

Temas relacionados:

Alzheimer: A grande mentira

Antibióticos danificam o cérebro

Falhas na memória exigem investigação

A sua memória está pior?

Alzheimer: Como um doente se curou

10 sintomas que podem indicar a doença de Alzheimer na fase inicial

Tomar fármacos para dormir duplica risco de Alzheimer

Alzheimer: A causa é uma infecção por um fungo?

Quimioterapia: Prejudica a memória, a concentração e a função cerebral e também mata

Doença de Parkinson começa no intestino e não no cérebro

Síndroma de Pôr do Sol: Influencia comportamento de pessoas com Alzheimer

10 superalimentos

Os melhores alimentos para aumentar a inteligência

O cérebro e as 12 medidas anti-envelhecimento

Fígado e os 11 alimentos que o ajudam

Depressão: Limonada de açafrão, efeito melhor do que os antidepressivos

Leite dourado: O leite saboroso e saudável

Manter a saúde: 11 Ervas e Especiarias

Tem dores?

Alimentos: O enorme poder da natureza

Arroz integral: Ajuda na disfunção cognitiva como Alzheimer

O chá verde açoriano combate a demência

Canábis: O óleo CBD e seus benefícios na saúde

Beterraba fermentada: Benefícios para a saúde

Anti-envelhecimento: Já toma estes super-alimentos?

Kimchi: Alimento natural e seus vários benefícios

Intestino: Outro cérebro e a enorme relevância do seu óptimo funcionamento

Kimchi: Alimento natural e seus vários benefícios

Bebida rejuvélac: Probiótico natural

Estes alimentos apoiam positivamente os seus intestinos

Combucha: o que é, para que serve e como preparar

Beterraba: Atrasa Alzheimer

A beterraba; Benefícios e receita

Descontraia: Controle o estresse antes de ser controlado por ele

Saúde mental: A importância das vitaminas naturais

Receita: 8 motivos para beber sumo de gengibre de manhã

Oligoelemento selénio: Protege os neurónios cerebrais da depressão e morte cerebral

Vitamina E: Benefícios e doenças causadas por deficiência

Melhorar a memória: Canela, mel e óleo de coco

Chlorella: Super-alimento que também serve para desintoxicar

 

Fonte:

Condimentos e a saúde
Notícias Naturais

Que o teu alimento seja o teu único medicamento! Hipócrates - Pai da Medicina

Autoria e outros dados (tags, etc)

Alimentos biológicos e com vitalidade = saúde !




A farmácia é a natureza !


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sabedoria

"Aqueles que pensam que não têm tempo para cuidar de si e da sua alimentação, mais cedo ou mais tarde terão de encontrar tempo para a doença."

Publicidade: Desintoxicar


Mais sobre mim

foto do autor




Mensagens



Posts mais comentados




Sabedoria ancestral

Paracelsus: "O que cura é o amor."


Atenção: Este blogue, não visa substituir o seu técnico de saúde de sua confiança!

As informações contidas neste blogue não substitui de forma alguma a consulta de um profissional de saúde de sua confiança. Consulte sempre o seu profissional de saúde sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e bem-estar, bem como os seus tratamentos e outros. Embora sejam tomados cuidados para as informações contidas neste blogue estejam correctas, algumas informações nos artigos deste blogue podem conter erros dos mais variados aspectos, pelo qual este blogue não se responsabiliza de nenhuma forma. Somente uma visita física ao seu técnico de saúde lhe pode fornecer as informações e cuidados que melhor se adequam a si/vc. As informações contidas neste blogue não se destinam a serem usadas como um substituto ou aconselhamento profissional. Quaisquer dúvidas ou preocupações que você tenha sobre sua saúde devem ser discutidas com seu técnico de saúde. Por favor, note que a informação sobre a saúde está a mudar constantemente. Portanto, algumas informações podem estar desactualizadas. Os comentários publicados são da responsabilidade dos seus autores e dos leitores que dele fizerem uso. Os comentários não reflectem a opinião do blogue. Ao visitar este blogue você concorda com estes termos.

BPT