BIO!

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Alguns efeitos colaterais/adversos das drogas farmacêuticas são mais fáceis de ignorar do que outras. Você pode estar disposto a ignorar a dor de cabeça ocasional, por exemplo, mas uma infecção bacteriana que corrói a carne de seus genitais? Isso é um grave problema para a maioria das pessoas.

De: diabetesdaily

 

Parece o tipo de efeitos colaterais obscuros que você pode esperar de um especialista em uma doença muito rara, mas a doença conhecida como fasciíte necrosante do períneo é, na verdade, um efeito colateral potencial de várias drogas para a doença diabetes amplamente usadas. Agora, a FDA  (o equivalente à Anvisa/Infarmed) está alertando doentes e técnicos de saúde sobre esse problema altamente preocupante, que também é conhecido como gangrena de Fournier.

As drogas que foram ligadas à doença pertencem a uma classe de drogas farmacêuticas conhecidas como inibidores de SGLT2 e incluem Jardiance da Eli Lilly and Co., Farxiga da AstraZeneca Plc e Invokana da Johnson & Johnson. No total, a lista do FDA contém mais de 12 drogas que terão de ter um aviso sobre a infecção grave.

Essas drogas visam diminuir o nível de açúcar no sangue do corpo pelos rins; o excesso de açúcar é então excretado do corpo através da urina. Um efeito colateral comum desses drogas é a infecção do trato urinário.

No entanto, como a droga envolve a eliminação de uma grande quantidade de açúcar através da urina, é como colocar uma grande quantidade de comida favorita das bactérias na região genital, criando um ambiente favorável para o seu crescimento. A bactéria se torna problemática quando a pele tem um ponto de entrada para infectar – por exemplo, um pequeno corte de depilação ou uma úlcera de pele. Ela afecta o tecido sob a pele ao redor dos vasos sanguíneos, gordura, nervos e músculos do períneo, a área que se estende da vulva ou escroto até o ânus.

Pouco depois de começarem a tomar essas drogas, uma dúzia de pacientes desenvolveu a gangrena de Fournier – 7 homens e 5 mulheres. Todos os pacientes foram hospitalizados e foram operados, alguns desfigurados e um paciente faleceu. A FDA acredita que mais casos podem vir à tona conforme o risco for melhor compreendido.

O movimento da FDA, embora possa ter ocorrido antes, foi surpreendentemente honesto quando se considera o facto de que as drogas devem gerar quase 7 bilhões/mil milhões de euros em vendas até 2020. Cerca de 1,7 milhão de pacientes receberam receita médica para uma dessas drogas no ano passado.

Os fabricantes são agora obrigados a adicionar informações explicando o risco da doença para a informação de prescrição da droga, bem como os guias/bulas de drogas que são dadas aos pacientes.

 

Os pacientes devem estar cientes dos sintomas, considerar alternativas

Os diabéticos que tomam essas drogas devem procurar imediatamente um técnico de saúde se perceberem vermelhidão, inchaço ou sensibilidade nos genitais ou na área que vai dos órgãos genitais até o recto, e até mesmo a menor febre. Obter ajuda imediatamente é essencial, enfatizou a FDA, à medida que os sintomas pioram rapidamente. Mesmo uma febre de 38 graus C é motivo de preocupação, disse o comunicado da FDA.

Esta doença tem uma taxa de mortalidade maior que 20%. Embora seja conhecida por afectar mais os homens do que as mulheres, a discriminação de gênero foi quase igual entre as pessoas afectadas pela doença depois de tomar drogas para diabetes.

Se você estava pensando que preferiria ter diabetes do que a gangrena de Fournier, não está sozinho nesse sentimento. No entanto, a diabetes tipo 2 é uma doença extremamente grave que precisa ser mantida sob controle. Felizmente, inúmeros estudos demonstraram que uma dieta adequada e exercícios podem ajudar imenso, assim como plantas no controle/controlo de muitos casos de diabetes sem efeitos colaterais devastadores.

 

Nota bene:
Quase todos os dias aparece algures algum problema muito grave com alguma droga farmacêutica. Teóricamente foram anteriormente testadas, teóricamente. Mesmo as entidades das drogas farmacêuticas, como FDA, Anvisa, Infarmed, supostamente estariam bem informadas sobre todos os efeitos colaterais/adversos das drogas, porém isso muitas vezes não acontece.

Recordo que no ano 2016, a EMA (Agência Europeia da Droga farmacêutica) desaconselhava a prescrição ou venda na Europa de mais de 700 fármacos/drogas com o nome habitual de "medicamento", por falta de evidentes provas, por insuficiência de provas, pela deficiência dos testes ou falta de eficácia dos fármacos/drogas.

 

Temas relacionados:

Diabetes: O que evitar e 3 remédios caseiros eficazes

Analgésicos perigosos

Dr. Peter Glidden: Medicina convencional é a 3ª causa de morte (Vídeo)

Estudo: Drogas e psiquiatria, não curam (Vídeo)

Farmacêuticas não visam a cura, mas a dependência, diz Nobel da Medicina

Sabe como funciona a indústria da doença?

Fármacos! O Marketing da Loucura: A verdade sobre drogas psicotrópicas (vídeo)

As doenças inventadas (pelas farmacêuticas)

Atenção! Estudo confirma tomar anti-depressivos induz ao suicídio

Antidepressivo aumenta o risco de suicídio em 800% ! 

Depressão: 10 alternativas que comprovadamente funcionam

11 drogas farmacêuticas que afectam a sua libido

Indústria farmacêutica: A grande aposta na doença dos doentes

Alzheimer: A grande mentira

Dependência: Os anti-depressivos "agarram"

Insónia: Quem toma soníferos não sabe e seu médico não avisa

Mais uma mentira das farmacêuticas: Tribunal confirma que o vírus do sarampo não existe

Indústria farmacêutica: Piora a saúde dos pacientes

Colesterol: Fármacos são completamente inúteis

Cuidado, anticoagulantes podem causar morte por derrame

Tomar fármacos para dormir duplica risco de Alzheimer

As doenças e a espiritualidade

UE/EMA manda Infarmed suspender 4 drogas farmacêuticas

UE manda Infarmed suspender mais drogas farmacêuticas

Infarmed: Pede atenção a eventuais reacções adversas à nova vacina

Infarmed: "Reacção à vacina pode ser fatal"

Os 9 fármacos mais perigosos do planeta

Paracetamol na gravidez: Inibe a masculinidade e pode provocar autismo

Quem toma ou tomou paracetamol ou similar, saiba que...

Paracetamol: Afinal, não alivia a dor

Paracetamol na gravidez: Inibe a masculinidade e pode provocar autismo

UE: Lista de fármacos que em Portugal não deve tomar 

Aspirina Microactive: Para que serve, efeitos secundários e alternativas

Químicos e fármacos levam a uma feminização dos machos

Tomar drogas farmacêuticas para o estômago aumenta significativamente o risco de doença cancerígena

Drogas farmacêuticas contra o cancro: Mais de metade das que foram analisadas são ineficazes

Antibiótica: Promove pólipos e o cancro

Omeprazol: 10 perigos para a saúde

Os fármacos podem matar

Bial: Molécula pode estar na origem da morte em França

Metade de 4000 fármacos avaliados são inúteis

Como a indústria farmacêutica falsifica testes sobre fármacos !

Quando as drogas farmacêuticas matam: Médicos contra a indústria farmacêutica

GlaxoSmithKline falsificou durante anos dados sobre a (in)segurança de fármacos e andou a pagar luvas a alguns médicos!

Droga da Sanofi: França obriga a pagar compensações às famílias das vítimas

 

Fontes:

FDA

Live Science

Natural News

Notícias Naturais

Que o teu alimento seja o teu único medicamento! Hipócrates - Pai da Medicina

Autoria e outros dados (tags, etc)

Alimentos biológicos e com vitalidade = saúde !




A farmácia é a natureza !


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sabedoria

"Aqueles que pensam que não têm tempo para cuidar de si e da sua alimentação, mais cedo ou mais tarde terão de encontrar tempo para a doença."

Publicidade: Desintoxicar


Mais sobre mim

foto do autor




Mensagens




Sondagem

Confia na ciência-médica?
 
pollcode.com free polls


Sabedoria ancestral

Paracelsus: "O que cura é o amor."


Atenção: Este blogue, não visa substituir o seu técnico de saúde de sua confiança!

As informações contidas neste blogue não substitui de forma alguma a consulta de um profissional de saúde de sua confiança. Consulte sempre o seu profissional de saúde sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e bem-estar, bem como os seus tratamentos e outros. Embora sejam tomados cuidados para as informações contidas neste blogue estejam correctas, algumas informações nos artigos deste blogue podem conter erros dos mais variados aspectos, pelo qual este blogue não se responsabiliza de nenhuma forma. Somente uma visita física ao seu técnico de saúde lhe pode fornecer as informações e cuidados que melhor se adequam a si/vc. As informações contidas neste blogue não se destinam a serem usadas como um substituto ou aconselhamento profissional. Quaisquer dúvidas ou preocupações que você tenha sobre sua saúde devem ser discutidas com seu técnico de saúde. Por favor, note que a informação sobre a saúde está a mudar constantemente. Portanto, algumas informações podem estar desactualizadas. Os comentários publicados são da responsabilidade dos seus autores e dos leitores que dele fizerem uso. Os comentários não reflectem a opinião do blogue. Ao visitar este blogue você concorda com estes termos.

BPT