Publicidade: Conhece o LIV 52 para o figado?

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Bochechar com óleo de girassol

Mais de 30 diferentes doenças sistémicas estão listadas na Aiurvédica e que podem ser curadas com o óleo. Bochechando, cura a dor de cabeça e enxaqueca, Diabetes, distúrbios hormonais, e a Asma.

Foto: pravda-tv

 


Pelo Dr. F. Karach – Academia de Ciências da Rússia


Do relatório do Dr. F. Karach, um participante do Congresso de Cancerologia e Bacteriologia da Ucrânia, no qual foi explicado um método incomum e muito simples de cura para o corpo humano com a ajuda do óleo vegetal de girassol.

Os resultados desse processo de cura provocam admiração e dúvidas sobre o conteúdo de seu relatório, mas, após um exame mais detalhado de sua terapia com o óleo, qualquer um pode se convencer dos argumentos dele e experimentar os efeitos em seu próprio corpo.

É mais do que impressionante que um método de cura tão simples possa produzir um sucesso tão grande para a saúde, tanto no tratamento quanto na cura de doenças “nas quais se pode até evitar cirurgias ou ingestão de medicamentos de vários tipos com seus efeitos colaterais tão prejudiciais”.

Dr. Karach continua expondo que, na verdade, o princípio da cura está principalmente na maneira como ela é feita, isto é, em saborear e bochechar o óleo na cavidade bucal. O resto da cura é feita pelo próprio organismo humano.

Deste modo, é possível que, ao mesmo tempo, todas as células e tecidos do corpo se regenerem juntos. Com isso, impede-se o extermínio da flora bacteriana e, consequentemente, os estragos no organismo. De contrário, o equilíbrio do organismo é enfraquecido e, como consequência final, fica diminuído e seu tempo de vida. O ser humano vive, praticamente, só a metade dos anos que poderia viver. Ele poderia muito bem atingir 140 ou 150 anos.

 

Com este método, dores de cabeça, bronquite, dores de dente, trombose, doenças sanguíneas crónicas, artrose, paralisia, eczemas, úlcera no estômago, doenças intestinais, dores nos rins e no coração, encefalite e doenças femininas, foram totalmente curadas.

 

Como profilaxia, a formação de tumores letais é impedida e também curada, assim como, por exemplo, doenças sanguíneas crónicas, paralisia, doenças nervosas, estomacais, pulmonares e de fígado e, a doença do sono epidérmica.

 

O método de cura aqui apresentado, cura o organismo por inteiro e funciona também como preventivo nos casos de tumores e enfartes/infartos. Com esse método consegui curar minha doença sanguínea crónica, com a qual convivi durante 15 anos e curei também minha artrose.

 

Bochechar óleo ajuda nas seguintes maleitas:

- Na gengivite e a periodontite 
- Dor de dente 
- Mau-hálito/halitosis
- Secura da boca 
- Lábios rachados 
- Dor de cabeça 
- Bronquite, resfriados e gripe 
- Doença de úlcera péptica e gástrica, inflamação da mucosa 
- Doenças do tracto gastro-intestinal 
- Doenças do coração 
- Doenças no sangue 
- Doenças dos rins e do fígado 
- Trombose 
- Insónia Crónica 
- Acne, Eczema, Psoríase, Eczema 
- Doenças femininas

 

A limpeza da cavidade bucal deve ser feita diariamente, pelo menos 1x/dia, nos casos mais graves 3x/dia. Lance um olhar sobre os seus dentes. Seus dentes se são brancos e estão firmes, então só precisa de lidar com a prevenção de cárie e de doença periodontal. Se seus dentes não estiverem mais em boas condições, vai ter de começar imediatamente com a limpeza do bochechar óleo. A cavidade oral é infelizmente um bom local para a  tricomoníase, também conhecida por “tricomoniose” ou “tricomonose”, que é uma infecção genital causada pelo protozoário Trichomonas vaginalis. É transmitida através das relações sexuais ou contato íntimo com secreções de uma pessoa contaminada, ou seja, é uma Doença Sexualmente Transmissível (DST). Isto deve-se em grande parte ao sexo oral mas não só. Para além disto, há também fungos e outras bactérias que proliferam, chegando a mais de 600 espécies coabitam a boca, isto porque os micro-organismos gostam de se deliciar por ali mesmo. Todos eles necessitam de açúcar para retirarem energia para se multiplicarem.

Em cada beijo, especialmente o beijo de língua, realiza-se uma animada troca de tricomoníase, fungos, bactérias como Streptococcus ou Mycoplasma e outros patógenos, incluindo o HIV. No sexo oral, os micro-organismos fazem também os seus estragos na saúde oral, continuando a sua devastação na saúde de outros órgãos e partes do organismo humano, especialmente quando novas tricomoníases se encontram com outros parasitas alojados, aí a agressividade aumenta causando imensos estragos na saúde. 

A paradontite é um sinal de alarme, em que noutras partes existe uma doença crónica, seja a asma bronquial, diabetes, problemas de coração e circulação ou artrite.

 

O processo de cura com óleo de girassol vegetal

Como usar:

Coloca-se na boca uma colher de óleo (no máximo 1 colher de sopa – no mínimo, uma colher de chá). Esse óleo vai ser trabalhado na boca, sem pressa e sem esforço.

Faz-se bochechos com o óleo, de boca fechada, durante 15 a 20 minutos. O óleo não deve ser engolido de jeito nenhum. A princípio o óleo deve estar pastoso, mas depois vai ficando mais fluido. Quando a boca estiver bem cheia de líquido, cospe-se tudo. O líquido que sai tem que estar branco como leite. Se ainda estiver amarelo é sinal que se bochechou por pouco tempo. Depois de cuspir, lave a boca várias vezes com água corrente e escove os dentes. O líquido branco que foi cuspido está cheio de veneno (no sentido figurado), de tal forma que a pia ou o lavatório onde se cuspiu o líquido, tem que ser bem lavados.

 

No líquido cuspido se encontra uma quantidade imensa de bactérias, vários tipos de micróbios patogénicos e outras substâncias patogénicas prejudiciais à saúde. Se nós formos examinar uma gota deste líquido num microscópio que aumenta 600 vezes, veremos uma série de fibras se movimentando. Estas fibras são exactamente os micróbios em estágio inicial de desenvolvimento, não permitindo que se atinja um estado de saúde permanente. Um dos efeitos mais acentuados é fortalecimento dos dentes bambos, acaba com sangramento das gengivas e os dentes se tornam mais brancos.

É melhor fazer este bochecho com o óleo de manhã cedo, ao se levantar e sem ter lavado o rosto e escovado os dentes, isto é, antes de tomar o café da manhã. Se quiser apressar o processo de cura, pode-se repetir o processo por 3 vezes ao dia, antes das refeições e com o estômago vazio. A única coisa que acontece é o aceleramento do processo de cura e não há prejuízo à saúde.

 

Este tratamento deve ser mantido até que:

a) o organismo volte a ter sua fortaleza original,
b) você volte a ter sono tranquilo,
c) ao acordar não sinta fadiga nenhuma,
d) os olhos devem estar sem olheiras,
e) um apetite saudável, um bom sono e uma memória sem problemas voltem a existir.

 

Aqui é bom salientar que no princípio possa aparecer um agravamento aparente, especialmente nos pacientes que sofrem de várias doenças ao mesmo tempo. Este sentimento aparece principalmente quando os focos de infecção começam a desaparecer ou quando um foco de infecção inflamado começa sobre outro foco, que no futuro iria se converter numa doença perigosa.

 

Não há, entretanto, por causa disto, nenhum fundamento para interromper o tratamento, mesmo que apareça febre. Uma piora significa apenas que a doença está desaparecendo e o organismo está se recuperando. A cura em si acontece durante o bochechar com o óleo e, quantas vezes por dia se quer aplicar o tratamento, fica por conta da decisão de cada pessoa. Doenças súbitas demoram de dois a quatro dias para serem curadas. Doenças crónicas demoram até um ano para serem curadas.

Não interrompa o tratamento até conseguir a cura!

 

Nota bene:

O óleo deve ser espremido a frio.

Levante-se cedo, faça a sua higiene física como evacuar e/ou urinar, lave-se (pelo menos as mãos, os olhos e a cara) e de seguida vá bochechar o óleo de girassol.

De seguida, lave a boca e esfregue as gengivas e os dentes com a escova, suavemente.

Depois disso, beba uma caneca de água fervida e bem quente. Isso irá promover a limpeza intestinal.
O óleo de girassol parece funcionar como um isco/engodo/armadilha para os parasitas que são atraídos para este óleo, depois de bochechar continuamente durante o tempo que dura, os parasitas bucais são cuspidos (para a terra, vaso sanitário/sanita).

Eu pessoalmente gosto muito do óleo de coco devido às suas positivas propriedades e por isso é o que eu mais utilizo.

 

Temas relacionados:

Elixir oral natural

Óleo de pequi previne e faz regredir cancro/câncer

Cânhamo, um superalimento

Substância no azeite e azeitonas previne diabetes

Sabia que o óleo de coco serve também para branquear naturalmente seus dentes?

Elixir bucal: Encontrados 9 ingredientes tóxicos

Batido cremoso de coco

Receitas deliciosas e rápidas: Como ficar doente

Receita milenar: Lava-pés com sal e vinagre

O que é o adoçante Xilitol e qual o seu efeito nas cáries?

Sais bioquímicos de Schüssler e a ajuda preciosa nas inflamações bucais

O óleo de coco, 10 benefícios

Azeite; Óleo de coco

Flúor industrial: Prejudicial para a saúde (Vídeos)

Receita milenar: Lava-pés com sal e vinagre

 

Fontes:

Cleuza During (tradução)

Natur und Medizin

Zentrum der Gesundheit

Autoria e outros dados (tags, etc)

Alimentos biológicos e com vitalidade = saúde !

Que o teu alimento seja o teu único medicamento! Hipócrates

Países latinos livres de vacinas, de rastos químicos e de pesticidas!

Paracelsus: "O que cura é o amor."


A farmácia é a natureza !


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sabedoria

"Aqueles que pensam que não têm tempo para cuidar de si e da sua alimentação, mais cedo ou mais tarde terão de encontrar tempo para a doença."

Ajude o seu fígado


Mensagens


Mais sobre mim

foto do autor



Sondagem

Confia nas vacinas?
 
pollcode.com free polls





Sabedoria ancestral

Paracelsus: "O que cura é o amor."

Atenção

Este blogue, não visa substituir o seu técnico de saúde de sua confiança!


BPT


fb