BIO!

Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Esta Solução Mineral Milagrosa (MMS/SMM) é uma solução de duas porções ou partes que liberta pequenas quantidades, no corpo humano, do germicida mais eficaz conhecido do homem  e  no entanto este germicida é totalmente incapaz de causar danos no corpo. É conhecido pelo mundo inteiro como dióxido de cloro.
MMS (ou suplemento mineral milagroso) – formulado desde 1947 como dióxido de cloro – é uma poderosa fórmula capaz de eliminar patógenos tais como fungos, vírus,  bactérias, parasitas, etc.
É indicado para candidíase, AIDS/SIDA, hepatite A, B e C, malária, herpes, tuberculose, vermes em geral, além de ter sucesso no tratamento da maior parte dos cânceres/cancros e de muitas outras doenças.

MMS frequentemente resulta em algumas horas. Destrói o assassino numero 1 da humanidade, a malária, em aprox. 4 h. A vítima volta ao trabalho no dia seguinte. Se os pacientes do hospital mais próximo fossem tratados com este Mineral Milagroso, mais de 50% deles regressariam a casa no período de uma semana.

  

Nosso corpo  através do sistema  imunológico usa de  vários mecanismos para matar esses patógenos: Um deles é  o calor, nosso sistema imunológico  provoca uma elevação de temperatura para matar os patógenos (a famosa sensação de febre quando temos por exemplo um vírus da gripe). Nosso fígado também é um grande aliado no combate aos patógenos. O fígado, sendo um dos órgãos que mais armazena sangue (cerca de 13%  do volume total),  tem uma  inteligência notável sobre a química do corpo. Todo o sangue que deixa o estômago e intestino passa pelo fígado. O mesmo utiliza esse volume de sangue que circula por ele para, com precisão, diferenciar entre os patógenos, drogas e outras substancias venenosas  que prejudicam o corpo dos nutrientes que são aceitáveis e importantes termos no sangue.  Sua acção de remover esses elementos indesejados no nosso sangue é combinada com a  produção da bile/bílis que ajuda a eliminar o lixo para o nosso intestino  e  a produção de componentes imunológicos que ajudam a resistirmos as infecções. (como no caso de provocar a febre).
O alerta sobre a presença de uma gripe, sarampo, infecção alimentar,  é suficiente para que nosso sistema imunológico accione as células micrófagos, que estão presentes no nosso sangue, e que são verdadeiras devoradoras de vírus, micróbios, bactérias, etc.
Por que esse sistema  imunológico, tão inteligente,  não então suficiente para nos manter sadios?  A resposta mais directa a essa pergunta é: Nosso estilo de vida, tanto psíquico como físico (alimentar, ambiental, comportamental) cada vez mais enfraquece nosso sistema imunológico.
Por outro lado o sistema de tratamento convencional – alopata/químico- tem se mostrado limitado, actuando mais nos sintomas que nas causas, ou quando actuando nas causas trazendo severos efeitos colaterais (quimioterapia e antibióticos são exemplos ).
 O MMS activado tem um poder fantástico de selectivamente destruir praticamente todos os patógenos do nosso corpo. De facto o MMS é o único produto químico conhecido até ao momento que realiza essa eliminação de patógenos sem efeitos colaterais.
  Sendo um composto químico que consiste de um íon/ião de cloro associado a íons/iões de oxigénio. E um poderoso agente oxidante. Essa oxidação acontece através de micro explosões que ocorrem quando o MMS activado entra em contacto apenas com substancias patógenas e estranhas as demais células do nosso corpo.  As explosões, surgem devido ao fato do  MMS ter o poder de retirar ate 5 elétrons/electrões dessas células patógenas. Esse processo de descarga eléctrica envolve uma grande energia que provocara um aquecimento a nível celular destruindo com isso tanto a célula patógena como também o MMS activado que se transformara em agua e sal. Os restos do patógeno destruído, dependendo da localização cairão na circulação e passarão pelo fígado, se não eliminadas directamente pelo intestino, para de lá serem eliminadas. Caso a pessoa que tome o MMS activado esteja muito infectada ou com uma doença muito grave, ou ainda, tome uma dose muita alta do MMS, poderá surgir uma reacção de náusea, diarreia ou vómito. 

Cuidados ao tomar o MMS

Ao tomarmos o MMS ativado, ele será transportado pelas células vermelhas presentes no sangue que circunda as paredes do nosso estômago. O sangue que circula o estômago tem a função de colectar nutrientes de vários tipos, uma célula vermelha, aceita o íon/ião MMS activado que toca-a.

A célula vermelha funciona normalmente como um  “ônibus/transporte para transportar oxigénio”. O motorista desse ônibus/transporte não é muito selectivo e levará o MMS activado a lugares onde normalmente o oxigénio seria levado. Os patógenos invasores, mesmo sendo anaeróbicos, estando localizados em varias áreas do corpo estão acostumados a lidar e resistir em grande parte ao oxigénio. Porem,  a chegada inesperada do passageiro MMS activado lhes trará uma surpresa fatal. Esse passageiro é muito mais violento que o oxigénio e  detonará essas células através da explicada retirada de electrões e explosões das paredes da célula indesejada.
 Esses patógenos não conseguem aguentar tamanho “ataque” e desintegram-se. A molécula do MMS activado  também se desintegra nesta reacção electroquímica. O oxigénio que daí resulta se junta com o hidrogénio formando água, ou com o carbono, formando o dióxido de carbono. O íon de cloro, agora desprovido de carga, se junta com o sódio formando um simples sal das cozinhas (Na Cl),

Se o MMS activado atingir uma célula sadia nada ocorrerá, será apenas um choque mecânico. Caso não encontre nenhum patógeno o mesmo aos poucos se deteriorara e poderá  se combinar com outras substancias que poderão utiliza-lo para produzir um dos ácidos mais importantes utilizados pelo sistema imunológico: o ácido hipocloroso.

 

Entrevista a Andreas Kalcker, como se debe tomar correctamente el suplemento mineral MMS

 

 

 

 

 

 

 

Nota:

Existe à venda o MMS-Ouro que potencia ainda mais a eficácia contra a doença.

Manutenção: 8 tomas diárias de 3 gotas (mistura dos 2 frascos, i.e. 6 gotas no total) durante o dia, essas 3 gotas misturadas são colocadas num copo com água, beber dessa água por 8 x/dia. Isto deve ser feito por 2 semanas. 

 

Fontes relacionadas:

Argila Bentonita: Benefícios e formas de usar

Bicarbonato de sódio / soda, o remédio caseiro fabuloso das nossas avós

Bórax/Boro/Borato de sódio: Uso medicinal alternativo

Planta usada na MTC mata vírus da SIDA

Francesa é mais um caso de regressão do HIV mesmo sem tomar medicamentos há 12 anos

Benefícios da bebida de magnésio(a)

A quimio(terapia): Propaga novos cancros/cânceres

Os 9 fármacos mais perigosos do planeta

  

Fontes:

Info.Kopp-Verlag

MMS Mineral

MMS Portugal

Pravda-TV

Zentrum der Gesundheit

Que o teu alimento seja o teu único medicamento! Hipócrates - Pai da Medicina

Autoria e outros dados (tags, etc)

Alimentos biológicos e com vitalidade = saúde !




110 comentários

De Medicinas Alternativas a 13.06.2018 às 09:25

Olá, será que se refere à doença anisocitose?
Anisocitose é um termo da medicina convencional/alopática/química, usado para descrever a existência de hemácias (são os glóbulos vermelhos) de tamanhos diferentes, numa amostra de sangue.

Anisocitose: sintomas
Na verdade, a anisocitose é mais considerada um sintoma de outras doenças do que a própria doença. Quase sempre é mais fácil entender os sintomas a partir de uma análise de sangue. Mesmo assim, existem alguns sinais que podem significar esse desequilíbrio no sangue. São eles:

Tontura
Dor de cabeça
Frio
Dor no feito
Dificuldade para respirar
Arritmia
Falta de apetite
Fadiga
Perda de memória
Dor muscular
Vista turva

O que significa RDW?
A sigla RDW (Red Cell Distribution Width) é um índice que indica a anisocitose (desigualdade no tamanho) de hemácias, representando a percentagem dos valores obtidos. Quando este índice é elevado, significa que existem muitas hemácias de tamanhos diferentes a circular. É muito comum um RDW elevado, quando por exemplo existe a carência de ferro, onde a falta deste impede a formação da hemoglobina normal, levando à formação de uma hemácia de tamanho reduzido. Este indice ajuda a diferenciar a anemia ferropriva da talassemia, ambas têm um volume corpuscular médio (VCM), mas a talassemia tem um RDW normal e a anemia ferropriva tem um RDW alterado.

Valores do RDW
Os valores normais do RDW situam-se entre os 11,5% e 14,5%, uma alteração nestes valores pode ser causada devido a: abuso de álcool, anemia por deficiência de ácido fólico, anemia hemolítica, anemia ferropriva, anemia perniciosa, anemia falciforme ou por substâncias químicas conhecidas por eritropoetina.


o que é anisocitose no exame de sangue: VCM e Micrositose
O volume corpuscular médio (VCM) num hemograma é a média do volume das hemácias. Se o valor do VCM for elevado, as hemácias são maiores que o normal e estamos perante a microcitose heterogênea, pelo contrário se o valor VCM for baixo, as hemácias são menores que o normal e estamos perante a microcitose homogênea.

Os valores alterados aumentados poderão ser devido a: abuso de álcool, doença hepática crônica, deficiência de ácido fólico, deficiência de vitamina B12, esferocitose, mielodisplasia, hipotireoidismo ou drogas.

Os valores alterados diminuídos poderão ser devido a: anemia de doença crônica, anemia ferropriva, envenenamento por chumbo, malignidade, artrite reumatóide, anemia falciforme, anemia sideroblástica e talassemia.

Os valores normais do VCM situam-se entre os 80 e os 100 fl.

o que é anisocitose no exame de sangue: VCM e Micrositose

Anisocitose é grave?
Classificar anisocitose como um quadro grave ou não vai depender muito da doença em que ela está relacionada e o grau de desenvolvimento dessa enfermidade. Essa alteração nas hemácias pode ser um sinal de anemia, câncer, falta de vitaminas ou simplesmente outras doenças. Logicamente, identificar anisocitose significa que algo não está bem dentro do seu organismo. A partir daí, é preciso encontrar a causa dessa alteração para iniciar um tratamento correto.

De Medicinas Alternativas a 13.06.2018 às 09:25


Anisocitose: tratamento
O tratamento da anisocitose na verdade é o tratamento para aquela patologia que a originou e deverá ser indicado por um médico. Se a razão dessas hemácias desreguladas é uma anemia, por exemplo, será precisa identificar o grau dela e então se cuidar com os medicamentos adequados ou alimentação. Cada doença que tem a anisocitose como sintoma terá o seu tratamento específico.

Tão importante quanto tratar é acompanhar os resultados através de exames. Só assim é possível saber se o quadro está melhorando ou não.

Anisocitose discreta, como tratar?
Geralmente, quando os valores são baixos, se eles não estão relacionados com uma doença mais grave, essa deficiência pode ser administrada com alimentação adequada e remédio natural, geralmente de ferro. O mais importante é que ao detectar anisocitose discreta um técnico de saúde consiga identificar o motivo disso para iniciar o tratamento e não deixar que o quadro se agrave. Em muitos casos a alimentação ideal inclui os alimentos para curar a anemia.

Anemia e os sintomas:
Os sintomas da anemia podem variar dependendo da idade e da nutrição da pessoa, mas em geral manifestam-se através de:

Cansaço e esgotamento;
Fraqueza;
Dificuldade para respirar ao realizar esforço;
Tristeza;
Apatia;
Taquicardia.

Alimentos para tratar a anemia:
Inclua na sua dieta legumes como o feijão, ervilhas, soja ou lentilhas e vegetais de folha verde como o espinafre, alface, os brócolis ou a acelga. Os cereais integrais também serão uma grande ajuda para melhorar os seus níveis de ferro e curar a anemia. E se quiser peixes azuis como: salmão ou a truta (geralmente são de aquacultura e por isso desaconselháveis).

Consumir uma porção diária de frutos secos (um punhado é suficiente) como por exemplo, amêndoas, nozes, pistachos, sementes de girassol ou avelãs. Prefira as versões naturais e sem sal, por serem mais saudáveis.

Pode também optar pelos figos, passas ou ameixas secas, tâmaras ou azeitonas, todos estes alimentos são ricos em ferro

Conhece já o Pau D´Arco ou Ipê Roxo? Pode tomar por ajudar a melhorar a anemia.
Floradix é outro remédio natural que também ajuda.

A equipa espera ter respondido à sua questão.

Comentar post



A farmácia é a natureza !


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sabedoria

"Aqueles que pensam que não têm tempo para cuidar de si e da sua alimentação, mais cedo ou mais tarde terão de encontrar tempo para a doença."

Publicidade: Desintoxicar


Mais sobre mim

foto do autor




Mensagens






Sabedoria ancestral

Paracelsus: "O que cura é o amor."


Atenção: Este blogue, não visa substituir o seu técnico de saúde de sua confiança!

As informações contidas neste blogue não substitui de forma alguma a consulta de um profissional de saúde de sua confiança. Consulte sempre o seu profissional de saúde sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e bem-estar, bem como os seus tratamentos e outros. Embora sejam tomados cuidados para as informações contidas neste blogue estejam correctas, algumas informações nos artigos deste blogue podem conter erros dos mais variados aspectos, pelo qual este blogue não se responsabiliza de nenhuma forma. Somente uma visita física ao seu técnico de saúde lhe pode fornecer as informações e cuidados que melhor se adequam a si/vc. As informações contidas neste blogue não se destinam a serem usadas como um substituto ou aconselhamento profissional. Quaisquer dúvidas ou preocupações que você tenha sobre sua saúde devem ser discutidas com seu técnico de saúde. Por favor, note que a informação sobre a saúde está a mudar constantemente. Portanto, algumas informações podem estar desactualizadas. Os comentários publicados são da responsabilidade dos seus autores e dos leitores que dele fizerem uso. Os comentários não reflectem a opinião do blogue. Ao visitar este blogue você concorda com estes termos.

BPT


Partida de uma anjinha

Com saudade lembrando que ela fazia parte de EQUIPA. Paz a sua alma e espirito.