BIO!

Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A inverdade em relação à vacinação de “imunidade de grupo” (também conhecida por efeito rebanho ), é aceite pela maioria das pessoas que sofreram lavagem cerebral para ficarem hipocondríacas e histéricas sobre as doenças infecciosas. Os médicos repetem vezes sem conta aos seus pacientes que todas as doenças são genéticas (que significa herdadas) e que todos os seres humanos nascem muito débeis, já com sistemas imunológicos deficientes e que devem receber 50 vacinas antes dos sete anos de idade para assim "sobreviverem" ao ataque de 50 doenças infecciosas diferentes, caso contrário irão ficar paral´ticos, mutilados e zombis/zumbis.

“Você vai morrer de doenças infecciosas!” – Se você não bombear o seu tecidos e muscúlos, cérebro e sistema nervoso central com mercúrio, formaldeído, MSG, alumínio, várias estirpes e combinações de vírus vivos (mas latentes), bactérias geneticamente modificadas, sorbitol (sim, o adoçante artificial usado como um emulsionante e agente de transporte, também conhecido como um “adjuvante”), o mortal cloreto de sódio, e claro o fosfato de alumínio para aumentar a toxicidade do mercúrio. Essa é a verdade que nunca é explicada, ou ninguém iria aceitar uma destas vacinas insensatamente sobrecarregadas de substâncias tóxicas e cancerígenas.

“Ovelhas” acreditam no mito de rebanho – aqui está o motivo…

“Há segurança nos números,” dizem os defensores da vacinação em massa. “Os não vacinados é que são o maior risco”, vão eles anunciar durante a esgrima amedrontadora com seus argumentos errôneos. As pessoas regurgitam sem sequer reflectirem, no que o seu médico convencional pronuncia no final do exame de rotina e vacinação e se alguém ainda assim adoecer da doença para a qual foi vacinada, o médico afirma que isso se deve a tudo, excepto à vacina!

A comunicação social que quase toda ela pertence aos mesmos donos, repete até à exaustão da mesma maneira que Hitler e seu propagandista Goebbels que tantas vezes repetiram as mentiras até elas serem aceites como verdades. 

Transmissão viral explicada

O momento mais perigoso para a propagação de doenças infecciosas são as duas primeiras semanas após uma criança (ou adolescente ou adulto) ser injectado com a “imunização”, a qual contem uma versão do vírus. A indústria das vacinas dirá que os vírus foram “amortecidos” ou “enfraquecidos”, quando na realidade o que ela fez foi contê-los usando formaldeído (fluido de embalsamamento de cadáveres), porém o vírus fica adormecido no tecido muscular humano, à espreita (que nem uma toupeira) de ser alimentado e “despertado” de seu modo de hibernação ou “sono”. É um facto científico, que qualquer pessoa injectada com um vírus vivo pode lançar esse vírus através da saliva ou muco a qualquer pessoa, tenha ela sido inoculada/vacinada ou não, sem ela nunca ter a própria doença.

Enquanto isso, injectando neurotoxinas conhecidas nos seres humanos, a fim de fustigarem o sistema imunológico em uma reacção “saudável”(!) o que é no mínimo paradoxal. Não é nada natural e é sim perigoso. Ainda assim, pais paranóicos com as doenças infecciosas, prontamente entregam o seu argumento de que, sempre que houver um surto de sarampo, varicela ou gripe numa escola, todas as crianças não vacinadas são as culpados e precisam de ser banidas da escola até receberem suas vacinas. No entanto, a verdade é bem diferente, contudo a comunicação social em nada interessada em investigação e na verdade, publica e difunde o medo entre os pais.

Já alguma vez pensou, se de facto a criança/adolescente/adulto foi vacinada, então não seria suposto a criança não adoecer mas sim a que não foi vacinada? Porque será então que as crianças vacinadas é que adoecem mais que as não vacinadas?

Quer ser saudável e fazer parte do “mundo natural”? Procure alimentos benéficos para o sistema imunológico, vitamina D, vitamina C, chlorella e equinácia e bastante sol (sem exageros e sem protector solar). Certifique-se de obter todas as suas vitaminas e minerais através de seus alimentos naturais e biológicos. Apenas tem que comer direito e alimentos não convencionais isentos de pesticidas/transgénicos/OGM de forma a obter boa imunidade.

 

Poderá também interessar-se por:

Epidemias, autismo e vacinas: A indústria farmacêutica fabrica e factura

Vacinação: H1N1 contamina os vacinados com SIDA/AIDS !

Cabo Verde: Confirma 7164 casos de zika e nenhum caso de microcefalia

Presidente Putin: OGM e vacinas ameaçam a evolução da humanidade

A farsa das vacinas/vacinação

Estudo: O vírus Zika não é a causa da microcefalia mas sim vacinas

França: Suspendida vacina suspeita de causar doenças

O vírus do sarampo não existe?

Estudo oficial: crianças que não são vacinadas são mais saudáveis

Tribunal da Rep. Checa decide pela liberdade de os pais não vacinarem os filhos

Vacinas: Médicos indianos apresentam queixa-crime contra Bill Gates

Ainda acha que a indústria farmacêutica e as vacinas são benéficas ?!

Médicos e farmacêuticos: Estudos sobre as vacinas são medíocres

Afinal a vacina da gripe não protege o adulto !

"Gardasil®, vacina mortal?"

Os perigos da vacinação!

 

Fontes:

Notícias Naturais

Mundo Natural

Cura Pelas Plantas

Cura pela Natureza

zentrum der gesundheit

kopp-verlag

prwda-tv

Que o teu alimento seja o teu único medicamento! Hipócrates - Pai da Medicina

Autoria e outros dados (tags, etc)

Alimentos biológicos e com vitalidade = saúde !




1 comentário

De Joana Ribeiro a 15.05.2016 às 11:09

Já verifiquei por diversas vezes que as crianças que foram vacinadas é que adoecem. Depois os pais e outras pessoas vêm contar que a culpa é sempre das que não foram vacinadas e que é graças às vacinas que hoje em dia já não existem doenças!!!????
Nem sequer sabem pensar os pais das crianças vacinadas dizem estas barbaridades. Que vão viver numa favela no meio do esgoto e depois vamos ver se essas crianças vacinadas com 350 vacinas se ao fim de um mês estão vivas ou se todas estão enterradas. Aí não há nenhuma vacina que as possa valer, ali na favela só mesmo um milagre. É e foi a higiene que salvou a humanidade da peste e não a vacina.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



A farmácia é a natureza !


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sabedoria

"Aqueles que pensam que não têm tempo para cuidar de si e da sua alimentação, mais cedo ou mais tarde terão de encontrar tempo para a doença."

Publicidade: Desintoxicar


Mais sobre mim

foto do autor




Mensagens






Sabedoria ancestral

Paracelsus: "O que cura é o amor."


Atenção: Este blogue, não visa substituir o seu técnico de saúde de sua confiança!

As informações contidas neste blogue não substitui de forma alguma a consulta de um profissional de saúde de sua confiança. Consulte sempre o seu profissional de saúde sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e bem-estar, bem como os seus tratamentos e outros. Embora sejam tomados cuidados para as informações contidas neste blogue estejam correctas, algumas informações nos artigos deste blogue podem conter erros dos mais variados aspectos, pelo qual este blogue não se responsabiliza de nenhuma forma. Somente uma visita física ao seu técnico de saúde lhe pode fornecer as informações e cuidados que melhor se adequam a si/vc. As informações contidas neste blogue não se destinam a serem usadas como um substituto ou aconselhamento profissional. Quaisquer dúvidas ou preocupações que você tenha sobre sua saúde devem ser discutidas com seu técnico de saúde. Por favor, note que a informação sobre a saúde está a mudar constantemente. Portanto, algumas informações podem estar desactualizadas. Os comentários publicados são da responsabilidade dos seus autores e dos leitores que dele fizerem uso. Os comentários não reflectem a opinião do blogue. Ao visitar este blogue você concorda com estes termos.

BPT


Partida de uma anjinha

Com saudade lembrando que ela fazia parte de EQUIPA. Paz a sua alma e espirito.