Publicidade: Conhece o LIV 52 para o figado?

Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A mandioca é um tubérculo usado durante séculos por milhões de pessoas, também conhecida como aipim ou macaxeira.

É originária das regiões florestais da América do Sul, mas também presente em partes da Ásia, África e outras regiões.

Apesar de ser um carboidrato, apresenta índice glicêmico baixo, além de ser livre de glúten.

Existem 2 tipos principais: mandioca doce e mandioca amarga.

Foto: hortas.info

As raízes de mandioca doce contêm menos de 50 mg por Kg de cianeto de hidrogénio, enquanto que a variedade amarga pode conter até 400 mg por Kg.

Apresenta vida útil de apenas alguns dias, devendo, portanto ser consumida logo.

Nós não existe o hábito, mas as folhas também são usadas para alimentação e contêm cerca de 100 vezes mais proteínas do que a raiz.

 

Benefícios da mandioca
Isenta de glúten, a mandioca é extremamente útil para pacientes celíacos e outros que tentam evitar o glúten.
Apresenta índice glicêmico baixo (GI) e melhora a sensibilidade à insulina, portanto, bom para os diabéticos.
Como promove libertação de glicose na corrente sanguínea a uma taxa estável e sustentada, mantém os processos metabólicos e os níveis de energia equilibrados no organismo.
Colabora no controle dos níveis de triglicerídeos e outros lipídios no sangue, sendo, portanto, excelente para perda de peso, além de reduzir o risco de doença cardíaca.
Diminui o apetite e reduz o armazenamento de gordura a nível celular.


Contém
Saponinas que aliviam a inflamação e corrige a ecologia intestinal.
Contém amidos resistentes à degradação, não digeríveis, benéficos como alimento das bactérias boas do cólon, podendo reduzir a inflamação e as bactérias nocivas.
As vitaminas do complexo B
Rica em minerais como:
+ Ferro, componente importante das proteínas carregadoras de oxigénio.
+ Zinco, activador imunológico.
+ Cálcio, que ajuda a formar ossos e dentes fortes.
+ Magnésio, optimiza a função mitocondrial.
+ Potássio, sintetiza as proteínas e melhora a relação com sódio; regulador dos estímulos eléctricos do coração.
+ Manganês, essencial para o tecido conjuntivo e para a produção dos hormônios/hormonas sexuais.


Precauções sobre a mandioca
Não consumir mandioca crua para evitar a presença do composto tóxico linamarin. Ele se converte em cianeto de hidrogénio e interfere no metabolismo celular, inibindo a enzima citocromo-oxidase e podendo causar sintomas de vómitos, náuseas, tonturas, dores de estômago, dor de cabeça, paralisia irreversível e até mesmo a morte.

Com esse cuidado, coloque a mandioca na sua alimentação. Ela é uma opção incrível e extremamente saudável.

 

Temas relacionados:

Vinagre de maçã: Baixa os triglicerídeos. Receita fácil

Zinco: A importância deste oligoelemento na sua saúde

Prata coloidal: Sabe o que é para que serve?

Plantas medicinais e fitoterápicos: substituem as drogas farmacêuticas

A canela da Índia

Acácia-branca ou Moringa: Planta medicinal fantástica

Estar no meio da natureza cura-nos

Batata doce: Receitas

 

Fonte:

Dr. Rondó

Autoria e outros dados (tags, etc)

Alimentos biológicos e com vitalidade = saúde !

Que o teu alimento seja o teu único medicamento! Hipócrates

Publicidade: Floradix



1 comentário

De Maria dos Anjos a 27.09.2017 às 17:15

Adoro mandioca principalmente frita com óleo de coco, fica deliciosa.

Comentar post



A farmácia é a natureza !


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sabedoria

"Aqueles que pensam que não têm tempo para cuidar de si e da sua alimentação, mais cedo ou mais tarde terão de encontrar tempo para a doença."

Publicidade: Desintoxicar


Mensagens


Mais sobre mim

foto do autor








Sabedoria ancestral

Paracelsus: "O que cura é o amor."

Atenção: Este blogue, não visa substituir o seu técnico de saúde de sua confiança!

As informações contidas neste blogue não substitui de forma alguma a consulta de um profissional de saúde de sua confiança. Consulte sempre o seu profissional de saúde sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e bem-estar, bem como os seus tratamentos e outros. Embora sejam tomados cuidados para as informações contidas neste blogue estejam correctas, algumas informações nos artigos deste blogue podem conter erros dos mais variados aspectos, pelo qual este blogue não se responsabiliza de nenhuma forma. Somente uma visita física ao seu técnico de saúde lhe pode fornecer as informações e cuidados que melhor se adequam a si/vc. As informações contidas neste blogue não se destinam a serem usadas como um substituto ou aconselhamento profissional. Quaisquer dúvidas ou preocupações que você tenha sobre sua saúde devem ser discutidas com seu técnico de saúde. Por favor, note que a informação sobre a saúde está a mudar constantemente. Portanto, algumas informações podem estar desactualizadas. Os comentários publicados são da responsabilidade dos seus autores e dos leitores que dele fizerem uso. Os comentários não reflectem a opinião do blogue. Ao visitar este blogue você concorda com estes termos.


BPT