BIO!

Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Um novo estudo de investigadores suíços descobriu que estas drogas farmacêuticas podem até provocar efeitos secundários negativos nos doentes

Imagem: scienzaesalute. 


 
As drogas da farmácia utilizadas habitualmente para aliviar a tosse podem, afinal, não ser benéficas, podendo até provocar efeitos secundários nos pacientes.

Este é o resultado de uma nova investigação conduzida por investigadores da Universidade de Basileia - Suíça, que dá conta de que 1  em cada 7 doentes que toma este tipo de fármacos obtem, efetivamente, algum sintoma secundário.

Os investigadores compararam a toma de drogas da farmácia para a tosse com a administração de um placebo em pacientes com tosses que duravam entre entre 3 e 8 semanas, e não encontraram casos em que os primeiros tivessem ajudado realmente na recuperação ou bem estar dos doentes.

Pelo contrário, 14% dos doentes analisados sentiram dores de cabeça, náuseas, desconforto no peito e, em alguns casos, agravamento da tosse.

 
Os investigadores analisaram vários ensaios clínicos e consideraram qualquer droga testada, excluindo apenas os remédios natuaris da MTC - Medicina Tradicional Chinesa. Em relação aos fármacos utilizados, incluíram o salbutamol, usado para tratamento do asma, e outro com codeína, também anti-tússico.

"Nenhuma opção de tratamento foi associada a um claro benefício na recuperação da tosse ou em outras áreas relevantes para o paciente" depois de 2 semanas ou 1 mês, escrevem os autores no artigo publicado na revista científica British Journal of General Practice.

Os investigadores dizem que é necessário trabalhar no sentido de avaliar as drogas da farmácias presentes no mercado. Além disso, é importante que os médicos ocupem tempo da consulta a tranquilizar o paciente, em vez de receitar logo uma droga da farmácia.

"Considerando o problema do tratamento excessivo, gastar tempo com o paciente para explicar a doença pode ser crucial para a satisfação do paciente", lê-se.

 

Os investigadores concluiram que as drogas farmacêuticas para a tosse pouco ou nada beneficiaram o doente, precisamente devido à ineficácia.

 

Nota bene:
Não é conhecida alguma droga farmacêutica sem efeitos adversos/secundários/colaterais.

 

Temas relacionados:

Diabetes: Drogas receitadas pelos médicos corrói a carne dos pacientes

Analgésicos perigosos

Dr. Peter Glidden: Medicina convencional é a 3ª causa de morte (Vídeo)

Estudo: Drogas e psiquiatria, não curam (Vídeo)

Farmacêuticas não visam a cura, mas a dependência, diz Nobel da Medicina

Sabe como funciona a indústria da doença?

Fármacos! O Marketing da Loucura: A verdade sobre drogas psicotrópicas (vídeo)

As doenças inventadas (pelas farmacêuticas)

Atenção! Estudo confirma tomar anti-depressivos induz ao suicídio

Indústria farmacêutica: A grande aposta na doença dos doentes

Dependência: Os anti-depressivos "agarram"

Indústria farmacêutica: Piora a saúde dos pacientes

Gengibre: Ele faz parte da sua alimentação?

O tomilho

A sálvia, benefícios e propriedades medicinais

Alfavaca

Penicilina-vegetal, Terramicina, Doril. Já conhece?

Erva-doce

Baunilha: 20 benefícios para a saúde

Alfazema

27 antibióticos naturais

 

Fontes:

BJGP

Zentrum der Gesundheit

Que o teu alimento seja o teu único medicamento! Hipócrates - Pai da Medicina

Autoria e outros dados (tags, etc)

Alimentos biológicos e com vitalidade = saúde !





A farmácia é a natureza !


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sabedoria

"Aqueles que pensam que não têm tempo para cuidar de si e da sua alimentação, mais cedo ou mais tarde terão de encontrar tempo para a doença."

Publicidade: Desintoxicar


Mais sobre mim

foto do autor




Mensagens






Sabedoria ancestral

Paracelsus: "O que cura é o amor."


Atenção: Este blogue, não visa substituir o seu técnico de saúde de sua confiança!

As informações contidas neste blogue não substitui de forma alguma a consulta de um profissional de saúde de sua confiança. Consulte sempre o seu profissional de saúde sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e bem-estar, bem como os seus tratamentos e outros. Embora sejam tomados cuidados para as informações contidas neste blogue estejam correctas, algumas informações nos artigos deste blogue podem conter erros dos mais variados aspectos, pelo qual este blogue não se responsabiliza de nenhuma forma. Somente uma visita física ao seu técnico de saúde lhe pode fornecer as informações e cuidados que melhor se adequam a si/vc. As informações contidas neste blogue não se destinam a serem usadas como um substituto ou aconselhamento profissional. Quaisquer dúvidas ou preocupações que você tenha sobre sua saúde devem ser discutidas com seu técnico de saúde. Por favor, note que a informação sobre a saúde está a mudar constantemente. Portanto, algumas informações podem estar desactualizadas. Os comentários publicados são da responsabilidade dos seus autores e dos leitores que dele fizerem uso. Os comentários não reflectem a opinião do blogue. Ao visitar este blogue você concorda com estes termos.

BPT