Publicidade: Conhece o LIV 52 para o figado?

Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



 

 

Há alimentos e aditivos que podem prejudicar o nosso intestino, danificam o fígado e até o cérebro. 

 

Vejamos quais são:

1- Glúten

O glúten é uma proteína comum de largo consumo mundial. Ele é encontrado no trigo, na cevada, no centeio, no Kamut e no trigo espelta. Esta proteína se liga à parede do intestino delgado, onde pode causar doenças no tracto digestivo e no sistema imunológico. A doença celíaca é a doença mais comum, devido a uma intolerância ao glúten. O glúten desempenha um papel importante na inflamação do cérebro e do sistema nervoso.

Não será por acaso, que há cada vez mais pessoas (a maioria nem sabe) intolerantes ou sensíveis ao glúten, devido ao facto de a agro-indústria/laboratórios de engenharia agrária terem adulterado e manipulado de tal forma as sementes de trigo, que agora o organismo humano reage enviando sinais de rejeição. A agravar também a realidade de a larga maioria da farinha de trigo ser refinada, no pão, bolos, biscoitos, o que baixa enormemente a qualidade do trigo.

Investigações levadas a cabo, têm demonstrado inúmeras correlações entre a sensibilidade ao glúten e transtornos em todas as áreas do sistema nervoso, seja no cérebro, na coluna vertebral ou nos nervos periféricos. Está também comprovado que o glúten representa um decisivo factor de doenças psíquicas, de deficiência cognitiva, na demência e praticamente todas as outras doenças neurológicas.

 

Nota: A MTC e a Naturopatia/Naturologia sabem há muitos séculos que o intestino é o nosso 2º cérebro. Se o intestino não está em equilíbrio, a mente inevitavelmente entra em desequilíbrio.

 

2- Adoçantes Artificiais
Quer se trate de aspartame (ou AminoSweet, é o mesmo químico/adoçante), sucralose (Splenda) ou sacarina (Equal, Sweet ʼN Low), a publicidade sempre enfatiza que eles não têm calorias, por isso estes adoçantes artificiais são muito populares hoje em dia. Estes intoxicam durante décadas, os nossos cérebros. O aspartame é uma mistura de vários compostos químicos, ácido aspártico (um aminoácido que actua sobre as células do cérebro, causando agitação nessas células), mais metanol e fenilalanina.

O aspartame forma uma substância química que contribui para a formação de tumores cerebrais.
O consumo de aspartame pode desencadear uma ampla gama de sintomas de ataques de ansiedade, problemas na fala e depressão, até enxaqueca. O aspartame e outros adoçantes artificiais encontramos facilmente em refrigerantes , iogurtes, chicletes/pastilhas, molhos, água com adição de aromas, flocos de pequeno-almoço, e produtos "Leves/Light"(!).

 

3- Glutamato monossódico/de sódio(GMS)

O glutamato de sódio, é um tipo de sal concentrado, que é misturado com a comida como intensificador de sabor. Dessa maneira o cérebro sabe que a refeição é saborosa. Como o GMS é uma excitotoxina, faz com que o cérebro distribua grandes quantidades de dopamina, a hormona do bem estar. Esta boa sensação desaparece, infelizmente, rapidamente, no entanto os efeitos secundários continuam. A excitotoxina está associada a danos cerebrais em estreita ligação com a Doença de Parkinson, Doença de Alzheimer, demência, esclerose múltipla, Lúpus eritematoso sistémico e outras doenças neurológicas.

 

4- Açúcar refinado (branco ou amarelo)

O açúcar Industrial transformou-se em um dos ingredientes mais comuns na nossa comida, infelizmente e um dos mais perigosos. O frequente consumo de açúcar está associado a inúmeros problemas de saúde, com  consequências negativas para o cérebro humano.

O açúcar refinado, suprime a proteína BDNF, uma hormona de crescimento, a qual desempenha no cérebro um papel muito relevante. BDNF garante que os neurônios do cérebro formem novas conexões, as quais  são muito importantes para a memória. Investigações levadas a cabo em doentes com depressão e esquizofrenia, revelaram  baixos valores em BDNF. O consumo de açúcar refinado pode piorar o estado, fazendo cair ainda mais os valores BDNF.

O açúcar refinado também aumenta as inflamações, o que pode afectar o tracto digestivo e o sistema imunológico. Caso a inflamação se torne crónica, aumenta possivelmente, o risco de depressão e a esquizofrenia. Segundo uma investigação, os doentes que restringiram o consumo de açúcar refinado, apresentaram uma significativa melhoria a nível do estado mental e no humor.

 

E agora, o que fazer?

- Evitar o glúten, comendo alimentos sem glúten.

- Evitar o açúcar refinado, mesmo o amarelo e todos os adoçantes artificiais. Em vez disso, açúcar mascavado/integral (consumo moderado) ou xilitol.

- Evitar todo o glutamato. Em vez disso usar mais alimentos frescos e biológicos mais ervas/plantas aromáticas como açafrão da Índia, alecrim, canela, cebolinho, coentros, cominhos, funcho, gengibre, salsa,...

 

Fontes:

info.kopp-verlag

zentrum der gesundheit

Naturopatia

Naturologia

Cura pelas Plantas

Curas da natureza

Autoria e outros dados (tags, etc)

Alimentos biológicos e com vitalidade = saúde !

Que o teu alimento seja o teu único medicamento! Hipócrates

Publicidade: Floradix



3 comentários

De belisa a 25.03.2016 às 21:03

Mas que quinteto! Gluten, Aspartame, Sarina, Glutamato sódio e açúcar. É bom fugir deles como a maioria das pessoas sabe, mas o difícil é eliminá-los definitivamente, por vezes por desconhecermos eles estar nos alimentos, outras vezes por gulodice ou hábito.

De Fernanda Alcides a 13.04.2016 às 10:47

A industria alimentar e a industria farmacêutica que antro de malfeitores que em nada nos tem ajudado. Ou abrimos a pestana ou estamos tramados.

De Alexandra Ribeiro a 16.05.2016 às 12:08

O açúcar um dos maiores vilões em cima da mesa a par da carne.

Comentar post



A farmácia é a natureza !


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sabedoria

"Aqueles que pensam que não têm tempo para cuidar de si e da sua alimentação, mais cedo ou mais tarde terão de encontrar tempo para a doença."

Publicidade: Desintoxicar


Mensagens


Mais sobre mim

foto do autor








Sabedoria ancestral

Paracelsus: "O que cura é o amor."

Atenção: Este blogue, não visa substituir o seu técnico de saúde de sua confiança!

As informações contidas neste blogue não substitui de forma alguma a consulta de um profissional de saúde de sua confiança. Consulte sempre o seu profissional de saúde sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e bem-estar, bem como os seus tratamentos e outros. Embora sejam tomados cuidados para as informações contidas neste blogue estejam correctas, algumas informações nos artigos deste blogue podem conter erros dos mais variados aspectos, pelo qual este blogue não se responsabiliza de nenhuma forma. Somente uma visita física ao seu técnico de saúde lhe pode fornecer as informações e cuidados que melhor se adequam a si/vc. As informações contidas neste blogue não se destinam a serem usadas como um substituto ou aconselhamento profissional. Quaisquer dúvidas ou preocupações que você tenha sobre sua saúde devem ser discutidas com seu técnico de saúde. Por favor, note que a informação sobre a saúde está a mudar constantemente. Portanto, algumas informações podem estar desactualizadas. Os comentários publicados são da responsabilidade dos seus autores e dos leitores que dele fizerem uso. Os comentários não reflectem a opinião do blogue. Ao visitar este blogue você concorda com estes termos.


BPT