BIO!

Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A impotência masculina tem causas orgânicas e causas emocionais, sendo que este distúrbio afecta homens de várias idades, mas a sua prevalência está nos homens de meia idade para cima. As causas físicas são bem conhecidas, como diabetes, insuficiência renal, alterações hormonais, hipertensão, arterosclerose, tabagismo, alcoolismo, obesidade, tumores, quistos, fibrose, doenças neurológicas, entre outras.

Foto:radioregional

 

As alterações emocionais estão também na lista negra de afecções que levam à impotência masculina. Frustração (em qualquer vertente da vida), raiva, ódio, depressão, irritabilidade persistente, medo (de falhar o acto sexual; de perder alguém; etc), ansiedade, choque emocional, ressentimentos, rancor, etc, não permitem ao homem ter um correto discernimento, tendo a mente atada, ocupada com questões que impedem um correto desempenho sexual. Estas questões estão mais associadas a homens de idades mais jovens, enquanto que, impotência por alterações físicas tendem a pertencer ao grupo de homens mais velhos, mas não é uma regra.

Existem alguns tratamentos convencionais para aliviar este distúrbio, dependendo da causa, mas normalmente estão associados a alterações físicas. Próteses penianas, cirurgias, tratamentos hormonais, são alguns exemplos.

Se o homem detecta que o seu problema advém de distúrbios emocionais, recorrer a fármacos ansioliticos e anti-depressivos convém saber que estes têm imensos efeitos secundários. A psicoterapia, terapia de casal, são coadjuvantes no tratamento.

 

Contudo, para os que preferem um rumo mais naturalista, existem também remédios que dão uma preciosa ajuda para homens que sofrem de impotência. Mas saliento que, é necessário recorrer em primeira instância a um técnico de saúde de sua confiança, para que este exclua doenças graves, como cancro, doenças neurológicas, etc. Após confirmar-se que nada de grave existe, os tratamentos a seguir podem ajudar.

 

Plantas medicinais e remédios naturais

Gingko Biloba - Esta planta melhora a circulação sanguínea em todo o organismo. O efeito não surge de imediato, ainda leva o seu tempo. Opte por tomar em comprimidos, cápsulas ou ampolas.

 

Ginseng coreano/chinês - Preparados desta planta são úteis, principalmente quando o homem sente mais cansaço físico. Esta planta revigora a energia vital, o que ajudará a aumentar a apetência e disposição para o acto sexual. Opte pelo Panax Ginseng.

 

Zinco - Este mineral tem influência sobre a formação de hormonas, incluindo a testosterona. Tome cerca de 15 a 30 mg de zinco por dia, uma hora antes, ou duas horas depois das refeições.

 

Vitamina C - Por ter um efeito benéfico sobre a flexibilidade dos vasos sanguíneos, facilita assim a dilatação no momento da erecção. Se durante a toma de vitamina C apresentar diarreia, diminua a dosagem.

 

Ómega 3 - Melhoram também a circulação de sangue. A longo prazo podem impedir a estenose, isto é, estreitamento dos vasos sanguíneos, que leva a uma fraca irrigação, logo à impotência.

 

Arginina - Isto é um aminoácido, que, ao estimular a produção de ácida nítrico nas paredes dos vasos sanguíneos, favorece a dilatação, o que consequentemente melhora a irrigação no pénis. Tome sob a forma de L-arginina, entre as refeições.

 

Hipericão e Passiflora - Estas plantas têm um efeito calmante, melhoram o humor e estados depressivos, reduz os pensamentos obsessivos, regula a actividade cerebral, melhora o sistema nervoso periférico. Estas duas plantas podem ser tomadas juntas. Tome se sentir desânimo, desmotivação, vontade de chorar.

 

Complexo B - Por serem vitaminas que actuam muito bem no sistema nervoso central e periférico, vão ajudar a melhorar os impulsos nervosos necessários para promover a erecção.

 

Pau de Cabinda - Esta planta é usada como potenciadora da função masculina. Sugere-se também que seja afrodisíaca.

 

Estes remédios podem ser conjugados todos entre si.

 

Existem outros remédios e drogas farmacêuticas de acção rápida, que são tomados uma a quatro horas antes do acto sexual. Estes, permitem obter uma erecção mais intensa e duradoura. Em algumas pessoas foram relatados casos de dores de cabeça intensa, entre outros efeitos secundários por isso, se sofre de dores de cabeça, pondere muito bem o seu uso.
 
Contudo, estes suplementos devem ser sempre tomados sobre orientação de um técnico de saúde ou um naturista habilitado, pois existem algumas situações em que os mesmos não devem ser tomados, e também para indicarem o melhor para o seu problema.
 
Fazer exercício físico ajuda a prevenir o excesso de peso, melhorar a circulação sanguínea, aumenta a energia, reduz o stress. 45 minutos de exercício 3 a 4 dias na semana é o suficiente. Caminhada, natação, corrida leve, são os mais aconselháveis. 
 
Deixar de fumar é vital nestes distúrbios. As substâncias existentes no tabaco reduzem o calibre dos vasos sanguíneos, prejudicando a circulação. As drogas exercem também um efeito bastante negativo, quer do ponto de vista físico ou emocional.
 
Converse com a sua parceira sobre o que realmente o assusta. Partilhar as dores emocionais ajudam a aliviar sentimentos dolorosos que afectam a sua mente e a sua vida conjugal. Juntos poderão chegar a conclusões bastante interessantes sobre como lidarem com este problema. Não permita que problemas financeiros, laborais, sociais tomem a sua mente. É claro que não será um exercício fácil, mas permita se esvaziar desses traumas, conversando então com a sua parceira. Foque-se noutras áreas da vida, como filhos, actividades preferidas, convívios. Procure também algum conforto espiritual, conversando com Deus. Este "método" tem mostrado resultados milagrosos. Experimente.....

Não use pornografia para promover ambiente entre si e a sua parceira. Este tipo de filmes altera o comportamento da mente humana, tornando a si e à sua companheira dependentes. Lembre-se que tudo o que é feito no filme é ficção. O sexo não deve ser encarado da forma como é apresentado nesses produtos. Prefira criar um ambiente romântico em sua casa e desfrute do poder da vossa imaginação.
 
A medicina tradicional chinesa apresenta também excelentes resultados nos distúrbios sexuais masculinos, reduzindo stress, melhorando a corrente sanguínea, aumentando a energia vital, etc. Procure um acupunctor ou especialista em medicina chinesa, caso nenhum destes métodos acima mencionados funcione, ou se depois de os usar a impotência voltou.
 
Esteja atento à pressão arterial.
 
 
Nota bene:
No mundo ocidental, calcula-se, que haja uns 35% de jovens com disfunção eréctil.
 
 
Temas relacionados:
11 drogas farmacêuticas que afectam a sua libido

Químicos e fármacos levam a uma feminização dos machos

Ocidente: Má qualidade do esperma dos homens

Ma(r)cela-do-campo
O guaraná
Ansiedade em jovens afecta a pele e a depressão o estômago
Os homens e/ou quem sofre do coração deviam saber...
Problemas renais devido à carne
Urinoterapia

 

Fonte:

Pela Minha Saúde

Que o teu alimento seja o teu único medicamento! Hipócrates - Pai da Medicina

Autoria e outros dados (tags, etc)

Alimentos biológicos e com vitalidade = saúde !




3 comentários

De Anónimo a 19.05.2018 às 08:45

Os ocidentais estão cada vez mais rotos e esfolados uma miséria de geração.

De Anónimo a 19.05.2018 às 09:12

Está é tudo podre, jovens, adultos, velhos e mesmo as crianças muitas delas já nascem com muitos defeitos de fabrico.

De Anónimo a 19.05.2018 às 11:02

graças as ciências todas e mais algumas agora é tudo impotente e infeliz para felicidade dos laboratórios que vivem felizes e contentes com tanta estupidez humana.

Comentar post



A farmácia é a natureza !


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sabedoria

"Aqueles que pensam que não têm tempo para cuidar de si e da sua alimentação, mais cedo ou mais tarde terão de encontrar tempo para a doença."

Publicidade: Desintoxicar


Mais sobre mim

foto do autor




Mensagens




Sondagem

Confia na ciência-médica?
 
pollcode.com free polls


Sabedoria ancestral

Paracelsus: "O que cura é o amor."


Atenção: Este blogue, não visa substituir o seu técnico de saúde de sua confiança!

As informações contidas neste blogue não substitui de forma alguma a consulta de um profissional de saúde de sua confiança. Consulte sempre o seu profissional de saúde sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e bem-estar, bem como os seus tratamentos e outros. Embora sejam tomados cuidados para as informações contidas neste blogue estejam correctas, algumas informações nos artigos deste blogue podem conter erros dos mais variados aspectos, pelo qual este blogue não se responsabiliza de nenhuma forma. Somente uma visita física ao seu técnico de saúde lhe pode fornecer as informações e cuidados que melhor se adequam a si/vc. As informações contidas neste blogue não se destinam a serem usadas como um substituto ou aconselhamento profissional. Quaisquer dúvidas ou preocupações que você tenha sobre sua saúde devem ser discutidas com seu técnico de saúde. Por favor, note que a informação sobre a saúde está a mudar constantemente. Portanto, algumas informações podem estar desactualizadas. Os comentários publicados são da responsabilidade dos seus autores e dos leitores que dele fizerem uso. Os comentários não reflectem a opinião do blogue. Ao visitar este blogue você concorda com estes termos.

BPT