BIO!

Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



 "KiGGS" é o maior estudo sobre a saúde de crianças e jovens realizado na Alemanha. Responsável pelo estudo foi o famoso Robert-Koch-Instituto (RKI), a maior autoridade alemã sobre epidemias. Cerca de 18 000 participantes, foram recolhidos cerca de 1500 dados, no final foram avaliados esses dados passo a passo. Muitos críticos das vacinas e respectiva vacinação aguardaram curiosos, sobre  a comparação entre Inoculado/vacinado e não inoculado/vacinado. Na verdade, o estudo mostra estatisticamente os benefícios significativos sobre a saúde dos que não foram vacinados.

 A imagem seguinte mostra na cor verde os jovens que não foram vacinados e a vermelho os jovens vacinados, claramente se constata os que não foram vacinados adoeceram menos que os vacinados.

 

 

Fontes:

kopp-verlag

Angelika Müller, Tolzin

efi

impfkritik

impfreport

zentrumdergesundheit

Que o teu alimento seja o teu único medicamento! Hipócrates - Pai da Medicina

Autoria e outros dados (tags, etc)

Alimentos biológicos e com vitalidade = saúde !




13 comentários

De belisa a 31.01.2016 às 14:33

Sem dúvida todas as vacinas criam problemas, porque inoculam mortos ou semi-vivos material genético de doenças que dizem evitar. Na minha perspectiva a melhor prevenção são pensamentos positivos e alimentação correcta de acordo com a constituição e as doenças de cada um.

De Fernanda Gonçalves a 21.07.2017 às 19:43

Plenamente de acordo, as vacinas só trazem problemas e falo por conhecimento próprio, eu tive problemas durante meses logo a seguir ao ter sido vacinada.

De A. Bento a 14.02.2016 às 22:45

Por aqui se vê as mentiras que os médicos, Centros de Saúde em Portugal fazem circular em como as vacinas são o supra sumo da cocada!

O que os médicos, farmacêuticas e tudo o resto queria era lucrar em cima de nós sem dó nem piedade.
A medicina em Portugal não passa de uma mentira e os médicos fazem tudo para perpetuar essa mentira.

De Catarina Oliveira a 15.02.2016 às 16:30

Começa a fazer todo o sentido, os meus filhos mesmo vacinados adoeciam e depois de os deixar de levar às vacinas andam muito mais saudáveis. É caso para perguntar o que anda nessas vacinas que adoecem os nossos filhos.

De Maria Barros a 17.02.2016 às 17:22

As pessoas começam a despertar no meio da informação médica ao serviço das drogas farmacêuticas e por aqui podemos ver para que servem as vacinas, para nos fazerem adoecer e não para nos dar saúde, quem estiver atento verifica facilmente adoece a seguir à vacinação e depois fica cada vez mais doente. A vacinação não passa de terror contra a população e de um negócio chorudo. Eu não permito vacinar-me nem aos meus filhos.

De José António a 28.03.2016 às 23:27

Como é mais que evidente as vacinas são um perigo para a saúde publica e uma séria ameaça para a nossa saúde. As vacinas contêm muitos dos seus ingredientes toxinas e dioxinas, mercúrio, partículas e chipes nanos e corpos estranhos de porcos e outras impurezas e querem injetar essa sujidade toda em nós como se fossemos gado para abate.
Todas as vacinas são uma ameaça para a nossa saúde e por isso devem ser proibidas e já.

De Rinolti Sepulveda a 10.04.2016 às 23:49

Nosso planeta está testemunhando a violência de forma nunca experimentada antes. A Mãe Terra e suas criaturas estão chorando do abuso empilhado sobre eles. Os resultados cármicos estão aí para todos verem - a violência do homem contra o homem.
Em 1984, o censo das ovelhas ocorrido na Índia, pelo menos 20% do rebanho estava contaminado com Scrapie. Os Indus, que também comem esta carne, também comem o cérebro deste animal - como uma iguaria. Além disto, a vacina antirábica é desenvolvida, em laboratório, em cérebros de ovelhas, de onde é extraído e dado às pessoas como vacina.

Quantas mortes pela doença das "vacas loucas" nós temos que ter por comer cérebros e tomar a vacina antirábica ninguém se importa. Há um pacto não escrito no mundo da Alopatia que as vacinas não podem ser "culpadas" por qualquer coisa errada - o que está acontecendo com este mercado multi-bilionário de vacinas? Em países do terceiro mundo, mulheres grávidas são vacinadas duas vezes contra tétano - uma vez no início da gravidez quando os órgãos do feto estão sendo formados e outra antes do parto! Há uma agenda escondida aqui? É conhecimento comum que a vacina de tétano é válida por dez anos - assim como é possível que uma mulher grávida tenha que ser vacinada duas vezes durante sua gravidez? A vacina de tétano é um "transporte" para esta agenda escondida? Quando será que o mundo Ayurvédico e a Homeopatia terão alguma iniciativa coletiva e coordenada para fazer lobby pelo povo?
É importante recordar que nós desenvolvemos alergias somente quando nosso sistema imunológico está baixo. Vacinas comprometem nosso Sistema Imunológico. Anticorpos de valor se agregam a antígenos estranhos sendo injetados na corrente sanguínea através das vacinas. Com muito de nosso sistema imunológico comprometido com um punhado de germes, nosso corpo é deixado, virtualmente, desprotegido para ser, então, vencido por outras doenças. Em crianças, as vacinas podem causar a transformação do forro dos intestinos, tornando-os sensíveis e inflamados e estas crianças, então, irão desenvolver alergias severas à leite, glúten e muitas outras substâncias. O nível de toxidade sobe tanto no corpo que as alergias se desenvolvem.
Uma alergia é um gentil lembrete de nosso "radar" ou sistema de alerta, de que uma falência total da saúde está próxima. Anti-histamínicos, que são usualmente ingeridos por pessoas "alérgicas", somente conseguem fechar o "radar" que o corpo usa para alertar-nos.
Shakti

De Daniel Ferreira a 22.02.2017 às 09:02

Claro que as crianças não vacinadas são muito mais saudáveis do que as crianças vacinadas, aliás as vacinas MATAM, disto ninguém tenham dúvidas e digo-o não só por convicção como também por experiência. Trabalhei por demasiados anos no ramo e sei do que as vacinas são capazes e do que não são capazes.
Os ignorantes e os subservientes das farmacêuticas é que defendem as vacinas.
NUNCA mas NUNCA permiti que meus filhos fossem vacinados e nota-se perfeitamente nas escolas por onde passam que os outros vacinados é que adoecem.
As vacinas DEVIAM ser todas proibidas, TODAS.

De Joana Albuquerque a 22.02.2017 às 09:12

Pais responsáveis e bem informados nunca permitem que seus filhos sejam vacinados e isto é para mim ponto assente.

De Anónimo a 22.02.2017 às 19:01

As crianças não vacinadas são as mais saudáveis enquanto as que se deixam vacinar adoecem muito mais vezes.

De Guilherme Ferreira a 22.03.2017 às 22:53

As vacinas são muito boas para engordarem os lucros de quem as vende e de quem as fabrica mas a nossa saúde sai a perder.

Comentar post


Pág. 1/2



A farmácia é a natureza !


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sabedoria

"Aqueles que pensam que não têm tempo para cuidar de si e da sua alimentação, mais cedo ou mais tarde terão de encontrar tempo para a doença."

Publicidade: Desintoxicar


Mais sobre mim

foto do autor




Mensagens






Sabedoria ancestral

Paracelsus: "O que cura é o amor."


Atenção: Este blogue, não visa substituir o seu técnico de saúde de sua confiança!

As informações contidas neste blogue não substitui de forma alguma a consulta de um profissional de saúde de sua confiança. Consulte sempre o seu profissional de saúde sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e bem-estar, bem como os seus tratamentos e outros. Embora sejam tomados cuidados para as informações contidas neste blogue estejam correctas, algumas informações nos artigos deste blogue podem conter erros dos mais variados aspectos, pelo qual este blogue não se responsabiliza de nenhuma forma. Somente uma visita física ao seu técnico de saúde lhe pode fornecer as informações e cuidados que melhor se adequam a si/vc. As informações contidas neste blogue não se destinam a serem usadas como um substituto ou aconselhamento profissional. Quaisquer dúvidas ou preocupações que você tenha sobre sua saúde devem ser discutidas com seu técnico de saúde. Por favor, note que a informação sobre a saúde está a mudar constantemente. Portanto, algumas informações podem estar desactualizadas. Os comentários publicados são da responsabilidade dos seus autores e dos leitores que dele fizerem uso. Os comentários não reflectem a opinião do blogue. Ao visitar este blogue você concorda com estes termos.

BPT