BIO!

Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Foram publicados documentos de tribunal que mostram, em um caso contra a GlaxoSmithKline que os anti-depressivos podem aumentar o risco de suicídio em mais de 800%.

Imagem im0.

 

A Agência de Drogas e Alimentos (FDA) e a grande indústria farmacêutica tiveram que admitir que os anti-depressivos aumentam o risco de suicídio, - ao contrário do que elas nos prometiam - e de forma significativa. Em mais de 800%. A razão disto foi a decisão de um tribunal contra a empresa farmacêutica GlaxoSmithKline (GSK). Assim, a bem conhecida e popular, antidepressiva e anti-ansiedade, a droga farmacêutica Paroxetine (também vulgarmente conhecida como "Paxil"), com efeitos colaterais fatais. Assim mostra um relatório abrangente de um processo em tribunal. 

A cooperação da Agência Drogas e Alimentos,  - em que era suposto ela assegurar a segurança dos doentes perantes estas drogas -  com a indústria farmacêutica, perante mais este caso, é mais uma vez óbvia. De acordo com a GSK, foi a Agência (FDA) que não permitiu, a colocação adicional de aviso de um "aumento estatisticamente significativo na frequência de comportamento suicida em utentes/doentes tratados com Parotexine ". De acordo com a empresa farmacêutica em tribunal, a Agência queria evitar que semelhantes avisos tivessem de ser colocados em todos os antidepressivos. No entanto, ainda não foi esclarecido se a GSK pretende colocar toda a culpa na Agência, ou se é verídico o que a empresa afirma.

Em qualquer dos casos, fica assim demonstrado, com base no presente caso, que em questão de fármacos/drogas farmacêuticas e seus efeitos colaterais, não se pode confiar realmente no folheto/bula que vem junto. Quem sabe o que é ocultado aos pacientes/doentes com tantas outras drogas. Lucrar, frequentemente "fala" mais alto aos "ouvidos" das farmacêuticas do que a saúde humana. Também assim é no campo da medicina convencional.

 

Temas relacionados:

Atenção! Estudo confirma tomar anti-depressivos induz ao suicídio

Aviso: Os antidepressivos podem matar

Toma antidepressivos? Então saiba que...

Os fármacos podem matar

- Farmacêuticas não visam a cura, mas a dependência, diz Nobel da Medicina

Sabe como funciona a indústria da doença?

Psiquiatra afirma que antidepressivos não são tão eficazes

Aspirina Microactive: Para que serve, efeitos secundários e alternativas

Colesterol: Fármacos são completamente inúteis

Dinamarca: Estudo avisa que anti-inflamatórios podem ser perigosos

Quando as drogas farmacêuticas matam: Médicos contra a indústria farmacêutica

Para onde caminha a ciência e a medicina no ocidente?

Depressão: Cogumelos "mágicos" ajudam a combater a depressão

Crianças em Portugal: Ensino privado tem 80% de dependentes de drogas farmacêuticas

UE: Lista de fármacos que em Portugal não deve tomar

“A campanha do colesterol é o maior escândalo médico do nosso tempo”

Anvisa suspende comercialização de Omeprazol e Sibutramina

As estatinas duplicam o risco de diabetes

Erva de S. João/Hipericão/Hypericum perforatum, esta planta incomoda também as farmacêuticas

DGS + Infarmed: Antibióticos, um risco para a saúde

Fármacos! O Marketing da Loucura: A verdade sobre drogas psicotrópicas (vídeo)

Médica escreveu livro: A máfia médica (Vídeos)

Mais uma mentira das farmacêuticas: Tribunal confirma que o vírus do sarampo não existe

«Máfias do sangue» em Portugal

Médico lança alerta: Indústria farmacêutica age como a Máfia

Crianças morrem após vacinação

Quantos morrem em Portugal devido a erros médicos?

Epidemias, autismo e vacinas: A indústria farmacêutica fabrica e factura

Os florais de Dr. Bach, para que servem?

 

Fontes:

Antizensur

Marco Maier

Contra-Magazin

 

Que o teu alimento seja o teu único medicamento! Hipócrates - Pai da Medicina

Autoria e outros dados (tags, etc)

Alimentos biológicos e com vitalidade = saúde !




4 comentários

De Arlindo Sousa a 04.04.2017 às 07:53

Os espertos dos médicos não sabem disso? Se sabem porque receitam esta a minha pergunta. Parece que os médicos se tornaram meros mercadores diabólicos e hoje tal como os políticos não se pode confiar nos médicos.

De SERTALINA a droga que mata a 25.05.2018 às 19:40

Minha sobrinha ao tomar essa droga da farmácia por mais de dois meses tentou matar-se. O suicídio só fracassou porque a mãe a viu nesse momento senão ela tinha mesmo morrido sem qualquer chance de sobreviver.

O comprimido oral Sertralina vem com várias advertências. Aviso de alergia

Este medicamento pode causar uma reação alérgica grave. Os sintomas podem incluir:
dificuldade de respirar

inchaço do rosto, língua, olhos ou boca
erupção cutânea, irritação (urticária) ou bolhas, sozinho ou com febre ou dor nas articulações

Se você tiver um reação alérgica, ligue imediatamente para o seu médico ou centro de controle de veneno local. Se seus sintomas são graves, ligue para o 911 ou vá para a sala de emergência mais próxima.
Não tire este medicamento novamente se você já teve uma reação alérgica.
Tomar novamente pode ser fatal (causar morte).
Interação de álcool

Beber álcool enquanto você toma sertralina pode aumentar seu risco de sonolência. Também pode afetar sua capacidade de tomar decisões, pensar com clareza ou reagir rapidamente. Se você beber álcool, fale com seu médico. Avisos para pessoas com certas condições de saúde

Para pessoas com glaucoma:
Tomar este medicamento pode desencadear um ataque de glaucoma. Se você tem glaucoma, fale com o seu médico antes de tomar este medicamento.

Para pessoas com transtorno bipolar:
Tomar esse medicamento pode desencadear um episódio maníaco. Se você tem história de mania ou transtorno bipolar, fale com seu médico antes de usar este medicamento. Para pessoas com convulsões:

Tomar este medicamento aumenta o risco de convulsões. Se você já possui convulsões, fale com seu médico antes de tomar este medicamento. Se você tiver uma convulsão ao usar este medicamento, você deve parar de levá-lo. Para pessoas com problemas renais:

Se você tem problemas renais ou uma história de doença renal, você pode não ser capaz de limpar este medicamento de seu corpo bem. Isso pode aumentar os níveis desse medicamento em seu corpo e causar mais efeitos colaterais. Este medicamento também pode diminuir a sua função renal, tornando a sua doença renal pior. Para pessoas com problemas hepáticos:

Se você tem problemas hepáticos ou história de doença hepática, seu corpo pode não ser capaz de processar esse medicamento também. Isso pode aumentar os níveis desse medicamento em seu corpo e causar mais efeitos colaterais. Avisos para outros grupos

Para mulheres gravidas: Este medicamento é uma droga de gravidez da categoria C. Isso significa duas coisas:

A pesquisa em animais mostrou efeitos adversos para o feto quando a mãe toma o medicamento.
Não houve estudos suficientes nos seres humanos para ter certeza de como o medicamento pode afetar o feto. Fale com o seu médico se estiver grávida ou planeja engravidar. Este medicamento só deve ser utilizado se o benefício potencial justificar o risco potencial para o feto. Ligue imediatamente para o seu médico se você engravidar ao tomar este medicamento.

Para as mulheres que estão amamentando:
Este medicamento pode passar para o leite materno e pode causar efeitos colaterais em uma criança amamentada.Fale com o seu médico se amamentar o seu filho. Você pode precisar decidir se deve parar de amamentar ou parar de tomar este medicamento.
Para idosos:

Os rins de adultos mais velhos podem não funcionar tão bem quanto costumavam. Isso pode fazer com que seu corpo processe drogas mais devagar. Como resultado, mais de uma droga permanece em seu corpo por mais tempo. Isso aumenta o risco de efeitos colaterais. Se você tem mais de 65 anos de idade, você pode estar em maior risco de desenvolver problemas musculares ao tomar este medicamento, incluindo baixos níveis de sal no sangue (conhecido como hiponatremia). Para crianças:

De Sertralina, Zoloft, Assert e Serpax a 25.05.2018 às 19:45

Efeitos Colaterais Comuns
Estes são os efeitos colaterais mais comuns da sertralina:

Dificuldades em dormir e insônia
Aumento da sudorese
Dores de estômago
Sonolência
Boca seca
Tonturas
Náuseas
Diarreia
Efeitos Colaterais Graves
A sertralina pode causar efeitos secundários mais graves em alguns pacientes. Estes incluem:

Disfunção sexual ou diminuição da capacidade sexual
Nódoas negras e hemorragias com facilidade
Diminuição da libido e interesse sexual
Cãibras e fraqueza muscular
Perda de peso
Tremores
Se notar as fezes pretas ou com sangue, ou se vomitar alguma coisa parecida com borra de café deve falar imediatamente com o seu médico.

A sertralina pode causar à síndrome da serotonina que requer atenção medica imediata. O risco de desenvolver a síndrome serotoninérgica é maior se você também estiver tomando outros medicamentos que aumentam a serotonina. Os sintomas da síndrome da serotonina são os seguintes:

Batimento cardíaco rápido
Contrações musculares
Agitação e inquietação
Perda de coordenação
Febre inexplicável
Tonturas graves
Alucinações
Náuseas
Vômitos
Diarreia
Reações Alérgicas
As reações alérgicas graves são raras, mas em caso isso ocorre procurar assistência de emergência de imediato. Os sintomas podem incluir erupção cutânea, comichão ou inchaço sobretudo da face, língua ou garganta, assim como tonturas grave e dificuldade para respirar.

De Anónimo a 16.08.2018 às 07:49

É verdade, essa droga farmacêutica pode matar.
Na verdade nenhuma droga farmacêutica cura.
Muito cuidado com a droga farmacêutica VOLTAREN, ela mata ao induzir o doente a ter alucinações e por isso o doente ou comete homicídio ou se suicida.

Sou Farmacêutica.

Comentar post



A farmácia é a natureza !


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sabedoria

"Aqueles que pensam que não têm tempo para cuidar de si e da sua alimentação, mais cedo ou mais tarde terão de encontrar tempo para a doença."

Publicidade: Desintoxicar


Mais sobre mim

foto do autor




Mensagens




Sondagem

Confia na ciência-médica?
 
pollcode.com free polls


Sabedoria ancestral

Paracelsus: "O que cura é o amor."


Atenção: Este blogue, não visa substituir o seu técnico de saúde de sua confiança!

As informações contidas neste blogue não substitui de forma alguma a consulta de um profissional de saúde de sua confiança. Consulte sempre o seu profissional de saúde sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e bem-estar, bem como os seus tratamentos e outros. Embora sejam tomados cuidados para as informações contidas neste blogue estejam correctas, algumas informações nos artigos deste blogue podem conter erros dos mais variados aspectos, pelo qual este blogue não se responsabiliza de nenhuma forma. Somente uma visita física ao seu técnico de saúde lhe pode fornecer as informações e cuidados que melhor se adequam a si/vc. As informações contidas neste blogue não se destinam a serem usadas como um substituto ou aconselhamento profissional. Quaisquer dúvidas ou preocupações que você tenha sobre sua saúde devem ser discutidas com seu técnico de saúde. Por favor, note que a informação sobre a saúde está a mudar constantemente. Portanto, algumas informações podem estar desactualizadas. Os comentários publicados são da responsabilidade dos seus autores e dos leitores que dele fizerem uso. Os comentários não reflectem a opinião do blogue. Ao visitar este blogue você concorda com estes termos.

BPT