BIO!

Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Sabia que existem relevantes diferenças entre as vitaminas naturais e as "vitaminas" sintéticas? 

Foto: arnolehret.

 

A vasta maioria dos suplementos de vitaminas comercializados, são constituídos por vitaminas sintéticas.

As vitaminas sintéticas não realizam de modo algum as mesmas funções no seu organismo, que realizam as vitaminas encontradas em alimentos completos. Apesar da indústria farmacêutica querer passar a mensagem contrária, muitas dessas vitaminas sintéticas esgotam o seu organismo de outros nutrientes e causam estresse aos seus rins antes de serem excretados pela urina.

 

Existem "vitaminas" sintéticas na Natureza?

Bem podemos procurar em vão na Natureza p.ex. o ácido ascórbico isolado. Simplesmente não existe, nem em plantas, nem em árvores nem em campos cultivados. A vitamina sintética é produzida em laboratório.

 

Ácido ascórbico sintético (E300) e vitamina C são 2 produtos completamente diferentes

Qualquer pessoa que estude bioquímica, aprende que as vitaminas não existem como componentes isolados que agem por si só. As vitaminas são feitas de muitos componentes diferentes - enzimas, co-enzimas e co-factores – que têm que operar em conjunto para se obter os seus efeitos biológicos desejados.

As vitaminas que se encontram de forma natural nos alimentos completos (preferencialmente biológicos), vêm com todos os seus componentes necessários.

A maioria das vitaminas que são vendidas em farmácias, supermercados e lojas de suplementos, são "vitaminas" sintéticas ou seja de laboratório farmacêutico, que são apenas porções isoladas das "vitaminas" naturalmente presentes nos alimentos.

 

É fácil constatar que uma variedade de suplementos de "vitamina" C, neles irá verificar que quase todos contém somente ácido ascórbico (E300) ou um composto chamado ascorbato, que é uma forma menos acídica do ácido ascórbico. O ácido ascórbico não é de modo algum vitamina C. Esse ácido ascórbico representa o anel exterior da "célula" que serve como uma concha protectora para todo o complexo da vitamina C.

 

A verdadeira vitamina C, natural e não sintética, encontrada em alimentos completos como frutas e vegetais, contêm os seguintes componentes: 

Rutina

Bioflavonóides (vitamina P)

Factor K

Factor J

Factor P

Tirosinase(a)

Ascorbinógeno

  

Tal como a vitamina C, quase todas as outras vitaminas que conhecemos, oferecem os seus benefícios completos para a saúde, quando se encontram na presença de um número de enzimas, co-enzimas, co-factores e até minerais. Por exemplo, a vitamina D pode ter até 20 componentes activos diferentes, enquanto a vitamina P tem pelo menos 5  componentes diferentes. O mineral cobre é necessário para a actividade completa da vitamina C, enquanto a vitamina E funciona de forma muito próxima com o mineral selénio para proporcionar o seu efeito anti-oxidante, promotor de saúde.

 

Como saber se as vitaminas do seu armário da cozinha são provenientes de alimentos completos ou se são sintéticas? 

Se a lista de ingredientes inclui uma alegada vitamina como “vitamina C”, em vez de um alimento que contém vitamina C natural como a acerola, toranja, camu-camu, salsa, funcho, groselha negra, brócolo/brócoli, ou se apresenta apenas ácido ascórbico (E300) então se trata de uma "vitamina" de laboratório/sintética.

 

Vitamina C não tolera o calor

Para se poder tirar proveito de toda a vitamina C, há que ingerir/comer fruta crua, pois a vitamina C,ao cozinhar é destruída.

Apesar da publicidade enganosa, os sumos/sucos e refrigerantes pasteurizados não contêm vitamina C. A pasteurização é efectuada entre os 60 º C e os 90º C, dessa forma a vitamina C é destruída. Mesmo que a etiqueta/rótulo diga o contrário, essa bebida não pode conter vitamina C alguma, ela foi dizimada pelo calor.

 

Vitaminas naturais VS vitaminas sintéticas
Quando as "vitaminas" são produzidas em laboratório (sintéticas), a estrutura química das vitaminas e também dos minerais é isolada e replicada, o corpo/organismo geralmente pode não absorvê-las mas expeli-las na urina ou armazená-los na forma de gordura. Além disso, as vitaminas sintéticas geralmente podem ter efeitos secundários muito negativos. A versão sintética da vitamina A, o palmitato de retinol, por exemplo, é bastante tóxica ao contrário da sua versão natural.

 

O perigo do ácido ascórbico para a saúde humana:

- Segundo um estudo da universidade de Minnesota, pode comprovar no ano 2004, que a sintética vitamina C, i.e. ácido ascórbico é um perigo para o coração de senhoras maduras.

- Outro estudo da universidade da Pennsylvania, do ano 2001, mostrou que a sintética vitamina C/ácido ascórbico danifica o ADN/DNA.

- Além disto, o ácido ascórbico pode promover um excesso de ferro no organismo humano, o que tem por consequência processos de oxidação e libertação/liberar radicais-livres, o que não é positivo para a saúde.

- Segundo Meyers Tests, o ácido ascórbico não só mata bactérias ditas prejudiciais mas também mata as bactérias benéficas, sendo por isso um perigo para o intestino humano.

 - Muito do ácido arcórbico é produzido a partir de milho transgénico o que representa mais um perigo para a saúde humana. Ultimamente, os laboratórios farmacêuticos começaram a produzir ácido ascórbico, a partir de micro-organismos genéticamente modificados. 

 

Outro caso, a vitamina E:

A vitamina E, naturalmente, ajuda a proteger contra os efeitos do envelhecimento, ou pode levar a danos no fígado e a complicações associadas com o cancro do pulmão? Bem, isso depende do que os autores do estudo lhe querem dizer. A versão sintética da vitamina E é um análogo petroquimicamente derivado da vitamina E natural, capaz de interromper o sistema endócrino, enquanto que a forma natural da vitamina E é eficaz contra o envelhecimento, o estresse oxidativo, e centenas de outras condições. A verdade da questão é que muitos - se não a maioria - dos estudos sobre vitaminas são completamente inúteis, pois utilizam vitaminas sintéticas isoladas ou suplementos multivitamínicos de baixa qualidade com cargas tóxicas e ingredientes sintéticos.

 

Os autores de estudos poderiam usar suplementos alimentares de alta qualidade baseados em multivitaminas sem enchimentos ou ingredientes nocivos, mas geralmente não o fazem. Se isto é devido à ignorância nutricional sobre a verdadeira natureza da indústria farmacêutica que domina a industria de suplementos. p.ex. o altamente popular comercial "Centrum", ou o facto de que esses pesquisadores realmente acham que os nutrientes essenciais são prejudiciais à sua saúde, o facto é que realmente só muito poucos estudos usam a forma correcta de vitaminas (naturais).

 

Conhece o multivitaminas Centrum ?

Os ingredientes sintéticos e cancerígenos não são vitaminas verdadeiras mas sim as sintéticas/farmacêuticas

Ao analisar os ingredientes dentro de Centrum, o número 1 no topo de vendas em alegadas vitaminas, é fácil ver como os estudos podem ser fonte de desinformação sobre os perigos das 'vitaminas', quando na realidade o que se está a expor é somente os perigos dos ingredientes e enchimentos sintéticos e que são conhecidos por danificar o organismo. Não deveria ser nenhuma surpresa para si que o Centrum é produzido pela empresa Wyeth, agora uma parte da Pfizer. Aqui estão alguns dos ingredientes contidos no topo de venda do multivitamínico Centrum, juntamente com os seus efeitos adversos:

BHT: um composto solúvel em gordura usado em combustíveis para a aviação, borracha, produtos de petróleo, óleo de transformadores elétricos e fluidos de embalsamamento. Pesquisa ligou o BHT ao cancro/câncer do pulmão, cancro/câncer da bexiga, danos ao ADN/DNA e cancro/câncer gástrico.

 

Ácido bórico: um produto químico muitas vezes utilizado como um anti-séptico, insecticida ou retardador do fogo. Descobriu-se causar danos no ADN/DNA.

 

Acetato de vitamina A sintético: um subproduto produzido petroquimicamente, capaz de causar defeitos congénitos.

 

Sulfato cúprico: usado como um herbicida, fungicida e pesticida, o sulfato de cobre é produzido por tratamento de metal de cobre com ácido sulfúrico concentrado a quente ou usando os seus óxidos com ácido sulfúrico.

 

Atenção à vitamina K sintética (K3):

A vitamina K3, ou menadiona, é uma forma sintética que não é recomendável pois já ocorreu toxicidade em crianças que tomaram a vitamina sintética K3 injetável.

A vitamina K recomendável para a suplementação é a vitamina K2, que é natural e portanto não tóxica, em até 500 vezes a IDR. A vitamina K2, que é produzida em seu corpo e também produzida por alimentos fermentados, é uma forma superior de vitamina K. Aumentar o seu K2 ao consumir mais alimentos fermentados é a maneira mais desejável de se aumentar seus níveis.

O alimento mais rico em K2 natural é o natto, que é uma forma de soja fermentada consumida na Ásia

 

Estes são apenas alguns dos ingredientes tóxicos contidos no Centrum, ingerido por inumeráveis consumidores em todo o mundo que pensam estar a melhor a sua saúde. Será de se admirar por isso que todos os estudos científicos que usem este multivitamínico concluam resultados assustadoramente negativos para a saúde? O facto mais preocupante da questão é que o Centrum é tido em alta consideração por muitos médicos convencionais e funcionários da saúde, que não só recomendam aos seus pacientes, como provavelmente o consideram como um padrão exemplar da indústria multivitamínica sintética. Isto significa que os cientistas estejam mais inclinados a escolher esta marca na sua busca por examinar os efeitos do uso de multivitamínicos.

 

Mesmo que não seja o Centrum, a grande maioria dos suplementos vitamínicos contêm ingredientes sintéticos, agentes de enchimento tóxicos e outros ingredientes indesejados . O resultado de todos esses estudos utilizando suplementos de baixa qualidade é simples: má informação na imprensa e nos média/mídia sobre as vitaminas como um todo, uma vez que os autores falham em distinguir correctamente a diferença entre suplementos de baixa qualidade e de alta qualidade. Como resposta, as pessoas têm medo de tomar multivitaminas legitimamente saudáveis, ou suplementos alimentares, ou pensam que todas as vitaminas são iguais ou que prejudicam a sua saúde com produtos como o Centrum. Existe uma grande diferença entre as vitaminas sintéticas e naturais, e há uma grande diferença entre o nível de alta qualidade e os suplementos de baixa qualidade. Idealmente, você quer evitar enchimentos, ingredientes sintéticos e aditivos tóxicos.

Acrescendo à adição de ingredientes listados como prejudiciais, é necessário estar atento ao benzoato de sódio, molibdato de sódio, dióxido de titânio, ao óleo de palma hidrogenado, ácido cítrico, estearato de cálcio, cloreto de potássio, carbonato de cálcio, e outros ingredientes desnecessários e potencialmente prejudiciais. A toma de suplementos multivitamínicos de elevada qualidade alimentar é excelente, de preferência feitos a partir de 100% de ingredientes biológicos ou super-alimentos (alimentos conhecidos pela sua alta concentração em determinados nutrientes).

 

 Atenção. Muitos "alimentos" processados contêm ácido ascórbico:

Infelizmente, para além do cloreto de sódio (sal vulgar e tóxico) e do açúcar ou adoçante, os alimentos processados contêm também o sintético ácido ascórbico (E300), entre outros os seguintes:
- Conservas de fruta/frutos

- Conservas de legumes

- Sumos e refrigerantes

- Bebidas de chá gelado/Icetee

- Compotas e geleias

- Chouriços/Linguíças e carnes

- Cerveja

- Vinhos

- Pão

- Fermentos e derivados

- Produtos já confeccionados

- Derivados de batatas

 

O pior é que nem todos os rótulos, descrevem como ingrediente o ácido ascórbico. Ele pode não ser declarado pela produtora, nem ser obrigada a fazê-lo.

 

Está na hora de expor a verdade sobre estudos com vitaminas e a decepção que os acompanha.

 

Nota bene:

Daqui se pode concluir que muitos estudos ditos científicos são inúteis por se basearem em "vitaminas" de laboratório/sintéticas. Substâncias sintéticas, como as "vitaminas" de laboratório, não são de modo algum inofensivas/inócuas para a saúde humana. Isto é válido tanto para as "vitaminas" sintéticas como para os minerais sintéticos.

Produzir "vitaminas" sintética com o ácido ascórbico (E300), custa apenas cêntimos mas a indústria vende-a depois por preços exorbitantes.

O Centrum tem:
Ingredientes: fosfato dibásico de cálcio diidratado, carbonato de cálcio, óxido de magnésio, ácido ascórbico, fumarato ferroso, acetato de dl-alfa-tocoferol, nicotinamida, óxido de zinco, pantotenato de cálcio, betacaroteno, sulfato de manganês monoidratado, biotina, acetato de vitamina A, vitamina D, vitamina K, cloridrato de piridoxina, riboflavina, mononitrato de tiamina, sulfato de cobre anidro, ácido fólico, cianocobalamina, cloreto hexaidratado de cromo, lactose, molibdato de sódio, selenato de sódio, iodeto de potássio.

Estabilizantes: celulose microcristalina, croscaramelose sódica e polivinilpirrolidona insolúvel, revestimento (estabilizante hidroxipropilmetilcelulose, corante inorgânico dióxido de titânio, umectante triacetina, corante artifcial amarelo crepúsculo e emulsifcante polisorbato 80),glaceante ácido esteárico e antiumectante dióxido de silício.

Se tem ou utiliza o suplemento Cerebrum, é melhor atirá-lo para a incerinadora, para assim não poluir o ambiente.

 

De forma inequívoca, é preferível obter as suas vitaminas a partir dos alimentos completos, porque os alimentos completos e biológicos fornecem vitaminas completas em vez de fracções delas. Em muitos casos, os alimentos completos também providenciam os minerais que são necessários para a actividade óptima das vitaminas. Por exemplo, as sementes de girassol biológicas são uma excelente fonte de vitamina E e do mineral selénio, e ambos necessitam um do outro de forma a poderem oferecer todos os seus benefícios para a saúde.
 

Temas relacionados:

ALIMENTAÇÃO INDUSTRIALIZADA USADA PARA CONTROLAR O SER HUMANO

CIÊNCIA: UMA EPIDEMIA DE ESTUDOS INÚTEIS E FALSIFICADOS

Indústria farmacêutica: A grande aposta na doença dos doentes

Sabe o que dióxido de titânio faz na sua comida?

Criança de 2 anos, diagnosticada com doença incurável quando afinal tinha falta de vitamina

Quotidiano: As vitaminas e os suplementos

Saúde mental: A importância das vitaminas naturais

Hepatite e doenças cancerígenas: Preciosa ajuda da vitamina D

Artrite: A vitamina D previne

Artrite reumatóide: Vitamina K2, pode debelar

Gripe e resfriados: A vitamina D é mais eficaz que a vacina

Controle os níveis altos de açúcar no sangue com estas 5 vitaminas caseiras

Vitamina E: Benefícios e doenças causadas por deficiência

Vitamina K2, muito relevante para a saúde humana

A vitamina B12 e alguns mitos

Vitamina B17 contra o cancro/câncer

A vitamina D pode aliviar síndrome de cólon irritável

Oligoelemento selénio: Protege os neurónios cerebrais da depressão e morte cerebral

Vitaminas: Ajudantes da saúde; Em que alimentos as encontramos

Coração saudável: A importância das vitaminas

O arroz e seus diferentes tipos

Kimchi: Alimento natural e seus vários benefícios

Beterraba fermentada: Benefícios para a saúde

Banana: 19 benefícios

Conhece os 16 benefícios da cenoura?

Super-alimento: Pólen de abelha

10 super-alimentos

Maca peruana: Seus enormes benefícios

Acácia-branca ou Moringa: Planta medicinal fantástica

Valor nutricional do cânhamo

Anti-envelhecimento: Já toma estes super-alimentos?

Chlorella: Super-alimento que também serve para desintoxicar

Legumes frescos: Os surpreendentes benefícios para a saúde

Sumos: Uma grande ferramenta para melhorar a Saúde

Praticamente todo o mundo ocidental necessita de tomar suplementos

Alimento: Muito mais do que nutrientes

Grávidas que tomam vitaminas e alimentos biológicos reduzem o risco de cancro e autismo

Geleia Real: Tantos benefícios

Vários benefícios do arando/oxicoco (cranberry)

Salsa: 15 benefícios

 

Fontes:

APHomeopatia

Lee DH

Natural Society

Paradigma da Matrix

Zentrum der Gesundheit

Que o teu alimento seja o teu único medicamento! Hipócrates - Pai da Medicina

Autoria e outros dados (tags, etc)

Alimentos biológicos e com vitalidade = saúde !




10 comentários

De Anónimo a 18.07.2018 às 08:55

Gastei mais de 30 € por cada porcaria de embalagem CENTRUM e não notei diferença nenhuma a não ser dor no estomago provocada por esse multivitamínico CENTRUM. Já foi para o lixo. Nunca mais compro na farmácia essa droga.

De Medicinas Alternativas a 18.07.2018 às 09:05

Agradecemos os seu comentário.
De facto o Centrum é produto vendido muito caro quando se sabe que é produzido a muito baixo custo, mais a sua qualidade é muito má por não ser natural.
O Centrum contém:
Ingredientes: fosfato dibásico de cálcio diidratado, carbonato de cálcio, óxido de magnésio, ácido ascórbico, fumarato ferroso, acetato de dl-alfa-tocoferol, nicotinamida, óxido de zinco, pantotenato de cálcio, betacaroteno, sulfato de manganês monoidratado, biotina, acetato de vitamina A, vitamina D, vitamina K, cloridrato de piridoxina, riboflavina, mononitrato de tiamina, sulfato de cobre anidro, ácido fólico, cianocobalamina, cloreto hexaidratado de cromo, lactose, molibdato de sódio, selenato de sódio, iodeto de potássio.

Estabilizantes: celulose microcristalina, croscaramelose sódica e polivinilpirrolidona insolúvel, revestimento (estabilizante hidroxipropilmetilcelulose, corante inorgânico dióxido de titânio, umectante triacetina, corante artifcial amarelo crepúsculo e emulsifcante polisorbato 80),glaceante ácido esteárico e antiumectante dióxido de silício.

Portanto, o Centrum tem ingredientes muito pouco recomendáveis e por consequência nada saudáveis.

Boa semana.

De Anónimo a 18.07.2018 às 09:13

Que droga né. Ontem comprei o centrum e não me avisaram que é de má qualidade.,,,... que droga e agora que faço???? Jogo no lixo? Gastei todo esse dinheiro nessa droga pra nada..........

De Medicinas Alternativas a 18.07.2018 às 09:19

Lamentamos o sucedido mas de facto o Centrum não é nada aconselhável, aquilo é só químicos que nada têm de natural nem a ver com as verdadeiras vitaminas naturais.
Actualmente o mercado foi invadido por fórmulas químicas que em nada favorecem a saúde humana.
Nós nunca tomaríamos o Centrum.
A decisão de atirar o Centrum no lixo só pode ser sua.

Boa semana e boas escolhas, naturais.

De Anónimo a 18.07.2018 às 09:27

Pois a mim tinham que me pagar para eu tomar essa porcaria do centrum, quando tomei ainda a vomitar as tripas.

De Anónimo a 24.09.2018 às 12:49

Centrum não passa de uma droga química de valor igual a zero, melhor ainda o Centrum é lixo de devia ser incinerado.
Aquela droga tem:
Estabilizador químico
Amido modificado transgénico
Maltodextrina
Dois emulgadores
Dois antiespessantes
Gelatina de porco e outros animais
Xarope de glucose
Açucar
Oleo transgénico
Colorantes
Dioxido de titânio cancerigeneo
Indigotin, contem alumínio
BHT
Vitaminas? Apenas vestígios muito superficiais

Centrum = Lixo

Comentar post



A farmácia é a natureza !


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sabedoria

"Aqueles que pensam que não têm tempo para cuidar de si e da sua alimentação, mais cedo ou mais tarde terão de encontrar tempo para a doença."

Publicidade: Desintoxicar


Mais sobre mim

foto do autor




Mensagens






Sabedoria ancestral

Paracelsus: "O que cura é o amor."


Atenção: Este blogue, não visa substituir o seu técnico de saúde de sua confiança!

As informações contidas neste blogue não substitui de forma alguma a consulta de um profissional de saúde de sua confiança. Consulte sempre o seu profissional de saúde sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e bem-estar, bem como os seus tratamentos e outros. Embora sejam tomados cuidados para as informações contidas neste blogue estejam correctas, algumas informações nos artigos deste blogue podem conter erros dos mais variados aspectos, pelo qual este blogue não se responsabiliza de nenhuma forma. Somente uma visita física ao seu técnico de saúde lhe pode fornecer as informações e cuidados que melhor se adequam a si/vc. As informações contidas neste blogue não se destinam a serem usadas como um substituto ou aconselhamento profissional. Quaisquer dúvidas ou preocupações que você tenha sobre sua saúde devem ser discutidas com seu técnico de saúde. Por favor, note que a informação sobre a saúde está a mudar constantemente. Portanto, algumas informações podem estar desactualizadas. Os comentários publicados são da responsabilidade dos seus autores e dos leitores que dele fizerem uso. Os comentários não reflectem a opinião do blogue. Ao visitar este blogue você concorda com estes termos.

BPT


Partida de uma anjinha

Com saudade lembrando que ela fazia parte de EQUIPA. Paz a sua alma e espirito.