BIO!

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Um estudo com base em dados recolhidos em território brasileiro concluiu que o corpo humano precisa de pelo menos 14 dias para se adaptar totalmente à mudança de horário. Enquanto isso, são comuns sintomas como a falta de atenção, de memória e o sono fragmentado.

O horário de inverno arranca em Portugal na madrugada de 29 para 30 Outubro. Nesse período, o relógio retrocede uma hora.

Um estudo desenvolvido por Guilherme Silva Umemura, do Grupo Multidisciplinar de Desenvolvimento e Ritos Biológicos, do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, indica que a mudança da hora tem um reflexo nocivo no corpo humano, nomeadamente na temperatura. "Com a mudança no horário, as pessoas são obrigadas a acordar mais cedo e isso gera uma série de modificações fisiológicas no organismo", afirmou o cientista, referindo-se à população brasileira.

 

Segundo o investigador, a temperatura do corpo começa a subir mais cedo durante o horário de verão, o que pode criar uma desestabilização dos ritmos da temperatura corporal e da atividade de repouso, escreve a BBC.

"Essa dessincronização entre diferentes ritmos gera problemas. Desde problemas fisiológicos como distúrbios de sono", explica o cientista. "A pessoa fica mais propensa a ter défice de atenção, pode ter maior fadiga durante o dia, problemas para dormir, fragmentação do sono e até mesmo a diminuição da duração do sono", disse.

A falta de atenção e a fadiga, salienta o cientista, podem ser causadores de acidentes de trânsito e de trabalho.

No início do horário de verão no Brasil, a maior incidência do sol em horários considerados nocturnos faz o organismo atrasar o seu ritmo, levando a pessoa a ficar mais tempo acordada por sentir sono mais tarde. Os grupos mais afectados por esta mudança são os adolescentes e os jovens adultos, segundo Guilherme Silva Umemura. Para chegar a estas conclusões, o cientista controlou durante o dia e a noite um grupo de 20 pessoas.

 

* O presidente da Associação Portuguesa de Cronobiologia e Medicina do Sono manifestou-se contra a alteração dos ponteiros do relógio que se avizinha. Miguel Meira Cruz diz que esta adaptação tem impactos negativos na saúde, causando alguns tipos de dores de cabeça e aumentando o risco de acidentes. "Este é mais um exemplo do predomínio do interesse económico em detrimento daqueles dirigidos à promoção da saúde", conclui.

* No Brasil, apenas os 17 estados do Norte e Nordeste não mudam de hora no Inverno, porque estão muito próximos do Equador e a sua exposição solar é quase a mesma durante todo o ano.

* Apesar de só existirem seis estados na Austrália, mesmo assim há dois que decidiram não mexer no relógio quando muda a estação.

* Em 2010, a Rússia recusou-se a mudar mais de horário, alegando um difícil ajuste no bioritmo. Na altura, a Ucrânia juntou-se ao protesto, mas acabou por recuar quando as relações entre os dois países se deterioraram devido à guerra civil ucraniana.

* A China, apesar da sua dimensão, tem toda o mesmo fuso e não há lá mudanças ao longo do ano. A Índia é outro exemplo de hegemonia horária.

* No Continente africano existem poucos países que mudem de hora. A Líbia, Marrocos, a Namíbia e o Saara Ocidental são algumas execpções.

* Em 1992, o governo de Cavaco Silva adoptou o horário da Europa Central. Quatro anos mais tarde, e depois de muitas críticas à medida cavaquista, o executivo de António Guterres repôs a normalidade que vigora até hoje.

* Há quem se queixe que esta medida é obsoleta, pois tem precisamente cem anos e foi tomada durante a Primeira Guerra, como uma medida de poupança de recursos. Tornou-se directiva europeia em 1981.

* Só a Gronelândia tem o mesmo horário dos Açores (menos uma hora do que o Continente e a Madeira) - estão ambos no fuso GMT -1.

 

Obs.:

Porque a OM ou algum bastonário nada dizem relação a este transtorno?

 

Temas relacionados:

Mudanças de horário verão/inverno: Prejuízo para a sua saúde

 

 

Fontes:

sapo

Visão

Que o teu alimento seja o teu único medicamento! Hipócrates - Pai da Medicina

Autoria e outros dados (tags, etc)

Alimentos biológicos e com vitalidade = saúde !



Pág. 1/10



A farmácia é a natureza !


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sabedoria

"Aqueles que pensam que não têm tempo para cuidar de si e da sua alimentação, mais cedo ou mais tarde terão de encontrar tempo para a doença."

Publicidade: Desintoxicar


Mais sobre mim

foto do autor




Mensagens




Sondagem

Confia na ciência-médica?
 
pollcode.com free polls


Sabedoria ancestral

Paracelsus: "O que cura é o amor."


Atenção: Este blogue, não visa substituir o seu técnico de saúde de sua confiança!

As informações contidas neste blogue não substitui de forma alguma a consulta de um profissional de saúde de sua confiança. Consulte sempre o seu profissional de saúde sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e bem-estar, bem como os seus tratamentos e outros. Embora sejam tomados cuidados para as informações contidas neste blogue estejam correctas, algumas informações nos artigos deste blogue podem conter erros dos mais variados aspectos, pelo qual este blogue não se responsabiliza de nenhuma forma. Somente uma visita física ao seu técnico de saúde lhe pode fornecer as informações e cuidados que melhor se adequam a si/vc. As informações contidas neste blogue não se destinam a serem usadas como um substituto ou aconselhamento profissional. Quaisquer dúvidas ou preocupações que você tenha sobre sua saúde devem ser discutidas com seu técnico de saúde. Por favor, note que a informação sobre a saúde está a mudar constantemente. Portanto, algumas informações podem estar desactualizadas. Os comentários publicados são da responsabilidade dos seus autores e dos leitores que dele fizerem uso. Os comentários não reflectem a opinião do blogue. Ao visitar este blogue você concorda com estes termos.

BPT