Publicidade: Quase toda a mulher sofre de anemia! Se sente cansada, tome Floradix com ferro

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Boa notícia para a saúde dos franceses. E de quem habita em França.

"O primeiro-ministro (Edouard Philippe) decidiu que este produto será proibido na França - assim como todos os que se pareçam com ele e que ameaçam a saúde dos franceses - para quando terminar o quinquénio", declarou Castaner a um canal de televisão.

Foto: istoedinheiro

 

Essa proibição também englobará o uso agrícola desse poderoso pesticida, confirmou o porta-voz, garantindo que vai-se procurar "encontrar produtos de substituição".

O governo francês pediu aos Ministérios da Agricultura e da Transição Ecológica um plano para deixar de usar esse pesticida na agricultura "antes do fim do ano".

A fumigação com glifosato de espaços abertos ao público está proibida na França desde 1 de Janeiro de 2017. Agora, os particulares também deverão deixar de usá-lo a partir de um de Janeiro de 2019.

A França também se opõe à proposta da Comissão Europeia de autorizar o glifosato na União Europeia durante dez anos. Paris considera que esse intervalo é muito longo, "dada a incerteza que subsiste sobre esse produto", de acordo com um comunicado.

O ministro francês da Agricultura, Stéphane Travert, propõe um período de entre cinco e sete anos.

Em Julho, a Comissão Europeia propôs renovar a licença do glifosato que expira em 2017. A decisão deve ser tomada pelos 28 membros do bloco. Em 2016, não chegaram a um acordo, motivo pelo qual a Comissão optou, excepcionalmente, por prorrogar a autorização por 18 meses, até o fim do ano. A expectativa é que surjam novos estudos das agências europeias.

 

Nota bene:

Para quando a proibição deste herbicida cancerígeno noutros países latinos? Como Angola, Brasil, Cabo-Verde, Portugal, Espanha, Moçambique, etc.
Para além dos metais pesados na água e nos alimentos, com a poluição da indústria e dos transportes, dos rastos químicos no céu, os diversos pesticidas, há ainda este herbicida cancerígeno que é largamente difundido, prejudicando assim a saúde humana,  a flora e a fauna.

 

Temas relacionados:

Amish: Extremamente raro adoecerem de autismo, alergias, cancro e doenças cardíacas

Frequente: Ovos contaminados com insecticida

Portugal: O cancerígeno glifosato é pulverizado em larga escala nas estradas

Ocidente: Má qualidade do esperma dos homens

Vacinas: Demasiadas contêm o pesticida cancerígeno glifosato

Herbicida cancerígeno mais vendido em Portugal, já na água e nos alimentos

Insecticidas imitam melatonina: Risco de diabetes e insónia

Estudo: alimentos da agricultura convencional, muito contaminados com pesticidas

 

Fonte:

ANGOP

Istoé Dinheiro

NDD

Valor

Yahoo

Autoria e outros dados (tags, etc)

Alimentos biológicos e com vitalidade = saúde !

Que o teu alimento seja o teu único medicamento! Hipócrates

Países latinos livres de vacinas!

Paracelsus: "O que cura é o amor."


A farmácia é a natureza !


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sabedoria

"Aqueles que pensam que não têm tempo para cuidar de si e da sua alimentação, mais cedo ou mais tarde terão de encontrar tempo para a doença."

Mais sobre mim

foto do autor







Mensagens



Biológico, claro!



Nota:

Este blogue, não visa substituir o seu técnico de saúde de sua confiança!

Sabedoria ancestral

Paracelsus: "O que cura é o amor."

fb