Publicidade: Quase toda a mulher sofre de anemia! Se sente cansada, tome Floradix com ferro

Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



 

 

Milhões de pessoas submeteram-se nas últimas décadas a tratamentos de cancro/câncer mas que não tinham cancro, segundo o National Cancer Institute. Excesso de diagnósticos e diagnósticos errados foram a razão pelo que inúmeras pessoas, independentemente do choque após o diagnóstico, tiveram ainda de passar pelos tormentos terríveis das cirurgias, depois ainda suportarem a quimioterapia e radioterapia sem realmente estarem doentes. Pior ainda, o instituto de pesquisa de cancro afirma que os principais motivos para a epidemia de cancro que se assiste actualmente, se devem ao excesso de dignósticos e a diagnósticos errados.

 

São os diagnósticos de cancro, diagnósticos de cancro?
Cada vez mais pessoas adoecem de cancro. Cada vez mais pessoas morrem de câncer. Mas morrerão na verdade as pessoas sempre de cancro, as que receberam diagnóstico de cancro? Ou morreram talvez frequentemente devido à terapia agressiva (quimioterapia)? É absolutamente seguro que assim seja quando é diagnosticado cancro? E sendo uma terapia agressiva como esta, em tal caso, será sempre útil e necessário? Questões e mais questões.

 

O problema com a detecção precoce
Nos últimos 30 anos a detecção precoce e a prevenção do cancro, - quem quer prevenir tem de fundamentalmente ter um bom funcionamento do intestino, algo de muito raro no mundo ocidental - eram o centro das atenções. Claro, os fins justificavam todos os meios. Pretendia-se prevenir, antes que o cancro fosse descoberto num estado já tardio. E queriam diminuir a taxa de mortalidade cancerígena. Mas os estudos demonstram algo bem diferente, a saber, os nobres objetivos não foram alcançados.

Agora, temos um aumento significativo do câncer em um estágio inicial, mas os números relativos ao estado tardio continuam sem diminuir. Hoje sabemos que o cancro é algo extremamente complexo. Também sabemos que nem todos os cancros são fatais ou que formam metásteses. Há pessoas, que são acompanhadas toda a vida por um cancro que não se desenvolve e sem que a pessoa sinta algo ou sequer tenha conhecimento, a não ser que vá fazer o tal exame de "rotina".

 

Designar o cancro quando há mesmo cancro e não as diversas fases pré-cancerígenas
A complexidade do câncer dificulta a detecção precoce da doença. Segundo o National Cancer Institute, o  objectivo deveria ser somente identificar as diversas formas de câncer e fazer terapia àquelas que realmente são conhecida como perigosas.

Tomemos como exemplo o caso de cancro de mama. O que é muitas vezes designado como câncer de mama, quando não é ainda o caso, mas sim um estado pré-cancerígeno. Este estado é designado por DCIS para o carcinoma ductal in situ. É uma mudança do tecido, que afecta milhões de mulheres e que PODEM desenvolver um câncer, porém em apenas 40% dos casos nos EUA.

(NOTA: Quando se chega a este estado, basta em 99% dos casos retirar todo o tipo de carne, todo o tipo de açúcar mesmo o mascavado, todo o tipo de adoçantes (excepto xilit/xilitol), o leite e derivados, forno micro-ondas,  todo o tipo de comida industrial, e o estado pré-cancerígeno desaparece. A vitamina B17  e a vitamina D também são muito úteis a debelar o cancro.  Cuidado com as emoções fortes do tipo raiva/fúria/ira e/ou tristeza durante longo tempo, qualquer destas emoções danifica o sistema imunitário).

 

 No entanto, é dito às mulheres em questão, que elas estão num estado pré-cancerígeno, o que desperta medos desnecessários. E conquanto que até há pouco tempo não se sabia em qual mulher com DCIS se iria desenvolver um cancro invasivo nos próximos anos, todas receberam a mesma terapia agressiva.

Entretanto, já se pode avaliar precisamente cada mulher com DCIS  (através de valores específicos no sangue), e o seu risco de contrair cancro.

 

Terapia do câncer: é a principal causa para o seu aparecimento
Precisamente o tratamento convencional do câncer, é uma das principais causas para o câncer,  segundo o National Cancer Institutes do governo dos eua. 

Assim foram e são tratadas, milhões de pessoas em estado por assim dizer pré-cancerígeno, que em muitos casos não se iriam desenvolver mesmo em câncer, submetendo-se a terapias altamente tóxicas, que se encarregaram depois que as pessoas adoecessem realmente de câncer. Assim, pesquisadores do centro de pesquisa do câncer da Universidade da Califórnia descobriram  no ano de 2012, que as células cancerígenas da mama,  após a irradiação,  as células-tronco se podiam alterar em células altamente malignas, que eram 30 vezes mais malignas do que as células cancerígenas originais. 

 

Diagnóstico de cancro, as perguntas

No caso de um diagnóstico de câncer, deve pedir várias opiniões. Também chamar as coisas pelos seus nomes correctos e não se referir a ele como câncer, se ele ainda não é nenhum câncer. Além disso, específicos marcadores tumorais, devem ser incluídos no diagnóstico, permitindo avaliar melhor o risco de câncer. Também vale a pena pedir pareceres a médicos especialistas, que irão analisar o seu diagnóstico com cautela antes de pronunciar ao paciente ("você tem câncer!" apesar de ser ainda somente um estado pré-cancerígeno), ficando ele em estado de choque e causando-lhe medo da morte.

  

Fontes:

zentrum der gesundheit

kopp-verlag

Autoria e outros dados (tags, etc)

Alimentos biológicos e com vitalidade = saúde !

Que o teu alimento seja o teu único medicamento! Hipócrates

Países latinos livres de vacinas!

Paracelsus: "O que cura é o amor."


3 comentários

De l a 29.02.2016 às 23:32



https://www.youtube.com/watch?v=9lJUFVMsm1A

De l a 29.02.2016 às 23:50



https://www.youtube.com/watch?v=ohjRm09OcuY

De Maria Mendes a 12.03.2016 às 20:24

Que lástima de classe. Em vez de os médicos defenderem os pacientes preferem matar?

Comentar post



A farmácia é a natureza !


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sabedoria

"Aqueles que pensam que não têm tempo para cuidar de si e da sua alimentação, mais cedo ou mais tarde terão de encontrar tempo para a doença."

Mais sobre mim

foto do autor







Mensagens



Biológico, claro!


Blogsportugal


Nota:

Este blogue, não visa substituir o seu técnico de saúde de sua confiança!

Sabedoria ancestral

Paracelsus: "O que cura é o amor."

fb