Publicidade: Quase toda a mulher sofre de anemia! Se sente cansada, tome Floradix com ferro

Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Químicos e drogas farmacêuticas efeminizam os homens. 

 

Apesar da evidência sugerir que existem muitos perigos possíveis associados às drogas farmacêuticas como os anticoncepcionais, estima-se que mais de 100 milhões de mulheres no mundo ocidental tome regularmente a vulgar pílula, para evitar engravidar.

Embora as pílulas anticoncepcionais sejam na maioria das vezes, eficazes na prevenção de gravidezes indesejadas, essa droga farmacêutica não somente prejudica o corpo humano, mas também tem um forte impacto no meio ambiente. Devido à poluição, ao uso excessivo de produtos químicos e de drogas farmacêuticas, uma mistura de problemas endócrinos tem sido assim introduzida nos rios através de resíduos tóxicos e na água da chuva a um ritmo alarmante. Que por sua vez vai fazer estragos na saúde e comportamento dos humanos.

 

O professor Charles Tyler, Fisiólogo da Reprodução, Biólogo do Ambiente um importante Toxicólogo do Ambiente da Universidade de Exeter na Grã-Bretanha, e seus colegas descobriram que as substâncias químicas encontradas em contraceptivos e nos produtos domésticos comuns (incluindo subprodutos de limpeza, plásticos e cosméticos) que são despejados pelo ralo (para os esgotos) estão dando origem a peixes transgêneros ou efeminados nos rios britânicos.

Os dados mostraram que um 1/5, ou seja 20% de peixes machos do rio, provenientes de 50 locais diferentes, exibiam atitudes e comportamentos femininos e alguns deles chegavam a produzir ovos nos seus testículos. A equipe também relatou que os peixes efeminados eram menos agressivos e tinham uma menor contagem de esperma. Todos esses factores combinados os tornaram menos competitivos, menos agressivos, reduzindo assim suas hipóteses de se reproduzirem com sucesso. Além disso, a prole de peixes transgêneros/efeminados pode ser mais sensível aos efeitos da exposição tóxica.

Imagem:pravda-tv

 

A pesquisa identificou mais de 200 produtos químicos

Tyler recentemente deu um discurso sobre o tema do peixe transgênero num simpósio, que foi realizado no início de Julho.

As principais descobertas de Tyler são originárias de um projecto de pesquisa de 2008 – Peixes, Sexo e Género: A Feminização de Peixes Selvagens nos Rios Ingleses. Durante o estudo, a equipa identificou mais de 200 produtos químicos na água de rio.

 

Ao lado de drogas farmacêuticas semelhantes a estrogénios conhecidos por desordenarem o sistema endócrino ou hormonal, os pesquisadores também descobriram outros fármacos como os antidepressivos, que poderiam alterar o comportamento natural do peixe. Os antidepressivos demonstraram reduzir a timidez natural de algumas espécies de peixes, tornando-as mais vulneráveis ​​a predadores. Além disso, a equipa também observou que o estrogénio encontrado em alguns plásticos pode afectar as válvulas do coração.

 

“Uma coisa que os cientistas estão tomando agora muito mais consciência é que as populações de vida selvagem estão cada vez mais expostas a uma combinação de estresses/stresses causados pelo homem“, disse Tyler.

informou sobre um estudo semelhante de 2010, onde os pesquisadores descobriram que mais de 80% dos peixes machos do rio Potomac em Washington DC, já nessa altura apresentavam comportamentos efeminados, incluindo ovos em seus testículos.

 

Tyler disse ainda: "O efeito feminização em peixes em outros países, na verdade, é baseado sobre os efeitos da pílula anticoncepcional, mas também a partir de produtos químicos, tais como tensidos-detergentes, solventes e toda uma gama de produtos químicos, tais como o Bisfenol-A muitas garrafas de plástico e outros plásticos onde se fazem batidos/bebidas contêm este bisfenol."

 

Na sua apresentação, foi também mencionado a queda de espermatozóides nos machos.

 

Fica o apelo por regulamentos/regras mais rígidos

Os produtos químicos que causam esses efeitos são muitas vezes despejados através do vaso sanitário/sanita/retrete sem pensar. Os produtos químicos presentes em contraceptivos (droga farmacêutica), produtos de limpeza e outros produtos domésticos não só ameaçam a nossa saúde, mas também o meio ambiente. Portanto, Tyler pediu melhores regulamentos e uma proibição de certos produtos químicos.

 

A droga farmacêutica Paracetamol também efeminiza

Agora também ficou claro, a droga farmacêutica Paracetamol, quando tomada durante a gravidez tem mais consequências negativas do que se pensava anteriormente. Estas provas descobertas recentemente, da autoria de David Møbjerg Kristensen da Universidade de Copenhagen e seus colegas, em experimentos/experiências com ratos/cobaias.

Quando se administra o fármaco Paracetamol em ratos do sexo feminino, os ratos (fêmeas) engravidados, em uma dosagem semelhante à que é recomendada às mulheres grávidas, constatou-se no estudo dinamarquês, que os filhotes dos ratos tinham mudado o seu comportamento em comparação aos da sua espécie.

 

O resultado:

Os filhos de ratos fêmeas que foram tratadas com Paracetamol, mostraram significativamente menos traços/comportamentos masculinos quando comparados com outros da sua espécie que não foram tratados com drogas farmacêuticas. Estes ratos, quando fetos receberam doses de Paracetamol, mostraram menos agressividade  para com os ratos concorrentes e não defendiam os seus territórios. No geral, o comportamento desses ratos masculinos era passivo e "feminino" do que a de animais de sua espécie que não receberam drogas farmacêuticas. Além disso, mostraram-se incapazes de acasalamento/copularem, segundo o relatório dos investigadores.

 

Este comportamento dos ratos, que quando fetos receberam Paracetamol, mostraram um comportamento desviante, o que é deveras preocupante, segundo Møbjerg Kristensen.

Mas isto não é tudo:

Os pesquisadores também descobriram claramente alterações tanto físicas como neurológicas nos ratos do grupo Paracetamol. No caso dos machos deste grupo (Paracetamol), a área do cérebro que controla o desejo sexual, a redução foi significativa, pois esses machos tinham metade do número de neurónios quando comparados com os da sua espécie que não receberam drogas farmacêuticas, diz o co-autor Anders Hay-Schmidt, da Universidade de Copenhaga.

 

Também as fêmeas, que quando fetos receberam Paracetamol, apresentavam menores quantidades de ovos nos seus ovários.

Estes efeitos adversos, por enquanto só foram experimentados em ratos. No entanto, pensa-se que tal como no caso dos ratos, o mesmo aconteça aos humanos.

"Entretanto, a toma de Paracetamol é tão comum que nós nos esquecemos de que que se trata de uma droga e, como todas as drogas farmacêuticas tem efeitos colaterais/adversos", diz Kristensen.

 

Nota:

Há décadas que se fala neste problema, a feminização do homem pode ter vários factores, um deles a causa é com certeza dos fármacos/drogas farmacêuticas e químicos que já estão contidos na água que sai da torneira e que muitos de nós bebe. Junte-se a isto tudo, a carne e peixe de aqua-cultura que se vende com uma enorme quantidade de outros fármacos, como hormonas, antibióticos, vacinas e outros químicos administrados deliberadamente ou não e temos um cenário bastante cinzento.

E ainda se estranha, por haver cada vez mais pessoas do sexo masculino com seios maiores que algumas mulheres?

Ainda alguém estranha, por haver cada vez mais pessoas alienadas, bizarras, doentes e esquizofrénicas?

 

Temas relacionados:

Analgésicos perigosos

Cancro: Causas

Infarmed: 4 fármacos retirados do mercado. Se os toma deve parar

UE: Lista de fármacos que em Portugal não deve tomar

Jovem tem trombose cerebral após uso de pílula

Vitamina E: Benefícios e doenças causadas por deficiência

Portugal e a saúde: Na cauda da Europa no que diz respeito à despoluição de metais pesados em meio hídrico

Come bacalhau? Sabia que...

Dinamarca: Estudo avisa que anti-inflamatórios podem ser perigosos

Partículas de plástico no sal

Paracetamol na gravidez: Inibe a masculinidade e pode provocar autismo

Confia na água que bebe? (Filtro)

Paracetamol: Afinal, não alivia a dor

 

Fontes:

Notícias Naturais

Pravda-TV

Autoria e outros dados (tags, etc)

Alimentos biológicos e com vitalidade = saúde !

Que o teu alimento seja o teu único medicamento! Hipócrates

Países latinos livres de vacinas!

<>


13 comentários

De Joaquim Silva a 21.07.2017 às 08:22

Não me admira nada por isso há tanto paneleiro hoje em dia. Vou mostrar isto aos meus filhos para eles terem cuidado com os meus netos para evitarem paneleiragem na família.

De Maria Bertrand a 21.07.2017 às 08:58

Pois, nem a mim me surpreende nada que os fármacos e mais suas pílulas andem a transformar o mundo ocidental em maricas.
Talvez as pessoas acordem agora e deixem de tomar tanta porcaria.

De Maria Bertrand a 21.07.2017 às 09:04

A solução passa como diz e bem de deixarmos de comprar as drogas da farmácia, diria mais e comprarmos um bom filtro de água lá para casa, senão os filhos e netos ainda arriscam a virar maricas.

De José Esteves a 21.07.2017 às 12:39

Cada vez mais me pergunto para que serve a ciências, os laboratórios, as farmacêuticas, os cientistas se cada vez mais se produz para destruir o homem?
Um governo que se preze proibia de imediato os fármacos, as pílulas, o paracetamol e outros químicos como os plásticos que acabam na nossa alimentação e bebida.
De que estamos todos à espera? Que nos destruam a todos?

De Carlos T. a 21.07.2017 às 12:53

Eu já era pouco amigo das farmácias e dos laboratórios mas agora depois de ler isto prometi a mim mesmo nunca mais comprar-lhes nada. Tudo da farmácia é tóxico e prejudicial.

De Maria do Carmo a 21.07.2017 às 13:12

Depois de ler isto fez-se luz na minha cabeça o meu filho andou a tomar durante bastante tempo o paracetamol e era um rapaz normal que namorava com raparigas e teve muitas depois quando arranjou emprego e devido ao emprego teve muitas dores de costas e nos ombros e começou a tomar o maldito paracetamol, depois ficou larilas. Só pode ser desse maldito paracetamol..

De Teresa Mota a 21.07.2017 às 18:20

Ir à farmácia é mais um vício como o tabaco, a droga, o álcool, o sexo, jogar a dinheiro...

De António Mendes a 21.07.2017 às 19:03

Boa ideia. Na minha casa sempre proibi a entrada dos químicos das farmácias e outras mariquices como as vacinas. Minha mulher e minha filha nunca tomam nem tomaram a pílula. Em vez de paracetamol toma-se um chazinho e evita-se mais uma vez paneleirices da farmácia.

De Joana Vieira a 21.07.2017 às 19:41

Isto já não tem piada nenhuma. Durante pensamos que se pode confiar naquilo que se compra, especialmente da farmácia mas pelos vistos os produtos das farmácias e respetivos fármacos são tudo menos de confiança. Isto está bonito está sim senhor. Deus nos valha.

De João Andrade a 21.07.2017 às 20:29

Basta ir ver as praias e vemos imensos putos com mamas a precisarem de sutiã. Até que enfim que há uma explicação porque há tanto larilas em Portugal.

De Os fármacos matam a 21.07.2017 às 12:43

Os fármacos são apenas um negócio do tipo árvore das patacas. Os laboratórios e suas farmacêuticas querem lá saber da população que fique estropiada.
As vacinas também contribuem para a efeminização dos homens e isso já se sabe há muito tempo.

De Ciência da treta a 21.07.2017 às 13:18

É verdade. O blogueiro provavelmente esqueceu-se de escrever, as vacinas também transformam os homens em homossexuais.
Ou travamos isto ou é o fim da humanidade no ocidente como a conhecemos.

De Larilas devido à vacinação a 21.07.2017 às 18:58

Pena não dizer quais os cosméticos que fazem com que os homens fiquem larilas.

Comentar post



A farmácia é a natureza !


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sabedoria

"Aqueles que pensam que não têm tempo para cuidar de si e da sua alimentação, mais cedo ou mais tarde terão de encontrar tempo para a doença."

Mais sobre mim

foto do autor







Mensagens



Biológico, claro!


Blogsportugal


Nota:

Este blogue, não visa substituir o seu técnico de saúde de sua confiança!

Publicidade:

Sente-se cansada? Sofre de anemia? Tome Floradix com Ferro

facebook