Publicidade: Quase toda a mulher sofre de anemia! Se sente cansada, tome Floradix com ferro

Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O estresse ou uma alimentação podem influenciar na saúde do cabelo.

Se sofre de queda do cabelo, controle estes factores para poder solucionar o problema.

Foto: melhorcomsaude

 

Factores a saber sobre o cabelo!

O cabelo humano é um filamento longo constituído por uma haste, que é a parte visível, a raiz, que é o folículo capilar, e o bulbo, no qual está inserido e de onde obtém seus nutrientes.

Mesmo que não cumpra nenhuma função vital, a presença ou ausência de cabelo pode chegar a afectar emocional e psicologicamente uma pessoa.

A quantidade de folículos capilares que uma pessoa tem será a mesma desde o seu nascimento até a sua morte. Estima-se que o couro cabeludo tem, aproximadamente, um total de 100.000 fios de cabelos.

Cresce, em média, 1 centímetro por mês. É normal que cresça mais rápido em mulheres do que nos homens, e no verão crescem mais do que no inverno.

Pela textura, existem cabelos finos, normais ou volumosos. No entanto, embora seu cabelo seja volumoso ou normal, com o tempo e em certas situações pode afinar.

 

Existem 13 vitaminas que são indispensáveis ao corpo e cada uma tem uma função específica. Infelizmente, nosso organismo não é capaz de produzi-las sozinho.

Então precisamos ter uma dieta rica para absorver as vitaminas necessárias, que são: vitamina A, vitamina B1, vitamina B2, vitamina B3, vitamina B5 (ácido pantotênico), vitamina B6, vitamina B8, vitamina B9 (ácido fólico), vitamina B12, vitamina C, vitamina D, vitamina E e vitamina K.

 

Na queda de caabelo, pode ser carência de vitaminas do complexo B. Invista no consumo de aveia, brócolis/brócolos, ervilhas, ovos, kefir e levedura de cerveja (entre outras fontes).

 

As causas da queda de cabelo
O cabelo pode apresentar, ao longo da vida, algumas complicações ou problemas que necessitarão de ajuda.

É comum o cabelo enfraquecer depois dos 50 anos de idade e também aumentar a queda no outono.

 

Entre as causas deste enfraquecimento encontram-se:

Colesterol alto
Existe uma relação directa entre os elevados níveis de colesterol e a calvície. Se seu médico lhe disse que seus níveis de colesterol são elevados, agora é a hora de reduzi-los.

 

Pressão alta
Quanto mais elevada a pressão arterial maior será o risco de perder o cabelo.

 
Estresse

Esta é uma situação comum na maioria da população. A boa notícia é que uma vez controlada, a queda de cabelo cessa.

 

Envelhecimento
O passar dos anos vem frequentemente acompanhado de uma perda de nutrientes e a queda de cabelo ocorre gradativamente.

O que você pode fazer é assegurar-se de levar uma dieta saudável que lhe forneça todos os nutrientes.

 

Infecções
Podem ser fúngicas ou bacterianas e se manifestam no cabelo como caspa, ressecamento e descamação.

Embora não sejam graves, se não tratadas a tempo os cabelos podem enfraquecer permanentemente.

 

Alterações hormonais
Esta costuma ser a principal causa de queda de cabelos nas mulheres.
Estas alterações tendem a aparecer em momentos específicos como a gravidez, menopausa, ciclo menstrual, ou quando há problemas de tiróide.
Recomenda-se visitar seu ginecologista ou endocrinologista para que haja acompanhamento e controle de seus hormônios.


Fármacos

Sabe-se muito bem que as drogas farmacêuticas para tratamento do câncer podem definhar os cabelos, mas não são os únicos.

Este mesmo efeito é produzido em alguns fármacos contra a artrite, pílulas anti-concepcionais, depressão e gota.

 

Má nutrição
O enfraquecimento do cabelo pode ser produto da carência de minerais, como o ferro e vitaminas, que contribuem para a correta regeneração deste.

 

Tratamentos para evitar a queda de cabelo
Como mencionado anteriormente, ir fazer análises pode ser uma boa ideia para descartar a presença de algum problema de saúde maior.

Além disso, existem alimentos e medicamentos naturais que evitarão ou impedirão a queda do cabelo que foi enfraquecendo:

Massagens com azeite de oliva/oliveira ou de alecrim

Utilize qualquer um destes azeites para massagear/massajar o couro cabeludo. Assim, você poderá ajudar na irrigação sanguínea da área.

 

Utilizar xampu neutro e natural
Desta forma, ajudará a evitar a acumulação de componentes químicos nas raízes do cabelo.

 

Evitar o uso diário de chapinha e secador de cabelo
O calor excessivo destes itens afecta negativamente o cabelo.
Caso seja necessário seu uso frequente aplique um protector contra o calor antes de secar ou usar a chapinha em seu cabelo.

 

Framboesa, morangos, amora e romã
A framboesa contém fibra, antioxidantes e vitaminas A, B, C, E e K.
Também é rica em minerais (cobre, magnésio, manganês, potássio, ácido fólico e elágico).

Assim, possui a propriedade de bloquear a enzima que provoca a etapa de descanso do folículo capilar e o mantém activo.

Este fruto ajuda a combater ao envelhecimento, o câncer e doenças neurológicas que causam a queda de cabelo.

Os morangos têm altas concentrações de vitamina C, ácido fólico, manganês e potássio.
A amora conta com altos níveis de ácido elágico que promove o crescimento do cabelo, vitamina K, ácidos fólicos e manganês.
A romã é considerada como o melhor antioxidante que a natureza nos fornece e ajuda a restaurar a boa saúde do cabelo.


Rosa mosqueta
É um arbusto silvestre que oferece flores e frutos. O óleo de suas sementes se usa para cosméticos.

Para a queda de cabelo pode-se consumi-la da maneira que quiser e fazer massagens no couro cabeludo com seu óleo.

Alimentos ricos em enxofre
Incrementar o consumo de alimentos como os ovos, frutos secos, sementes e soja contribui para o aumento da resistência do cabelo.

Se melhorar a sua alimentação e hábitos de beleza, em 6 meses vai começar a ver seu cabelo mais saudável e forte.

 

Temas relacionados:

Receita de guacamole de brócolos; Benefícios

Zinco: A importância deste oligoelemento na sua saúde

Fígado e os 11 alimentos que o ajudam

Vitamina E: Benefícios e doenças causadas por deficiência

Cavalinha: Planta antiga multi-versátil; Benefícios

Geleia Real: Tantos benefícios

Cebolinho: 16 benefícios para a saúde

Vitamina K2, muito relevante para a saúde humana

Pêssego: 12 benefícios na saúde

-  Tiróide: T3 Reverso

A urtiga tem muitos antioxidantes entre outros benefícios

O óleo de coco, 10 benefícios

Alecrim: 10 benefícios para a saúde

Chlorella: Super-alimento que também serve para desintoxicar

Quotidiano: As vitaminas e os suplementos

Acácia-branca ou Moringa: Planta medicinal fantástica

Prebióticos e probióticos: Tantos benefícios

Sal caseiro: Faça você mesmo

Gripe e resfriados: A vitamina D é mais eficaz que a vacina

 

Fontes:

Cura pelas Plantas

Fitoterapia Chinesa e Europeia

Melhor com Saúde

Naturopatia

saúde em geral

Zentrum der Gesundheit

Autoria e outros dados (tags, etc)

Alimentos biológicos e com vitalidade = saúde !

Que o teu alimento seja o teu único medicamento! Hipócrates

Países latinos livres de vacinas, de rastos químicos e de pesticidas!

Paracelsus: "O que cura é o amor."



A farmácia é a natureza !


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sabedoria

"Aqueles que pensam que não têm tempo para cuidar de si e da sua alimentação, mais cedo ou mais tarde terão de encontrar tempo para a doença."

Mais sobre mim

foto do autor


Sondagem

Confia nos hospitais?
 
pollcode.com free polls





Mensagens



Biológico, claro!



Nota:

Este blogue, não visa substituir o seu técnico de saúde de sua confiança!

Sabedoria ancestral

Paracelsus: "O que cura é o amor."

fb