Publicidade: Quase toda a mulher sofre de anemia! Se sente cansada, tome Floradix com ferro

Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Já em 2015 Kopp-Verlag (editora alemã) trazia a público:
O Dr. Richard Horton, editor chefe da actual revista The Lancet, uma das revistas médicas mais respeitadas do mundo, denunciou que grande parte das pesquisas médicas publicadas não são confiáveis ou até mesmo falsas.

“Grande parte da literatura científica, talvez a metade, pode ser simplesmente falsa. Afectada por estudos com pequenas provas, efeitos minúsculos, análises exploratórias inválidas e flagrantes conflitos de interesse, juntamente com uma obsessão por perseguir tendências de moda de duvidosa importância; a ciência se voltou para a obscuridade“.

O mais preocupante desta denúncia, é que todos estes estudos, têm sido patrocinados pela indústria, a qual os utilizam para desenvolver medicamentos e vacinas que supostamente deveriam ajudar as pessoas, ajudar na formação do pessoal médico e educar os estudantes de medicina.

Horton continuou denunciando que os editores das revista médicas ajudam e apoiam os piores comportamentos, que a quantidade de pesquisa de má qualidade é alarmante, e que os dados são manipulados para que se encaixem com as teorias a serem defendidas.

Segundo o Dr. Horton, as confirmações importantes são muitas vezes rechaçadas e muito pouco é feito para corrigir as más práticas.

Outra das vozes prestigiadas que se somam às denúncias, foi a Dra. Marcia Angell, editora chefe da revista New England Medical Journal (NEMJ), considerada outra das revistas médicas mais prestigiadas do mundo:

“Simplesmente, já não é possível acreditar em grande parte da pesquisa clínica que é publicada, ou confiar no juízo dos médicos de confiança ou nas directrizes médicas autorizadas. Não me dá nenhum prazer esta discussão, a qual entrou lentamente e com relutância ao longo das minhas duas décadas como editora da New England Journal of Medicine“.

Como vemos, são denúncias muito fortes de pessoas prestigiadas do mundo da medicina e que demonstram o que muita gente tem denunciado há muito tempo: a ciência médica está corrompida e dado que baseia-se muito suas conclusões em estudos manipulados e falsos que, actualmente, já não actua como uma ciência… 

 

 

VAXXED do encobrimento a Catastrofe TRAILER (Vacinatrix)

 

 

 

O Governo e a Mídia/comunicação social MENTEM. AS VACINAS CAUSAM DOENÇAS E DANOS AO SISTEMA IMUNOLÓGICO.

 

 Temas relacionados:

GlaxoSmithKline falsificou durante anos dados sobre a (in)segurança de fármacos e andou a pagar luvas a alguns médicos!

Vacina VPH: 3.000 japonesas metem governo e farmacêuticas em tribunal

Metade de 4000 fármacos avaliados são inúteis

 

Fontes:

Kopp-Verlag
F. William Engdahl
Notícias Naturais

Prawda-TV

Politaia

Autoria e outros dados (tags, etc)

Alimentos biológicos e com vitalidade = saúde !

Que o teu alimento seja o teu único medicamento! Hipócrates

Países latinos livres de vacinas!

Paracelsus: "O que cura é o amor."


3 comentários

De politicos e medicina oficial =mentirosos a 04.06.2017 às 12:55

as mentiras dos desgovernos e presidentes do diabo, as mentiras que nos andam a apregoar sobre as vacinas e em como elas são tao boazinha para o pessoal

Vacinação obrigatória é crime, inconstitucional e Terrorismo de Estado!

https://www.youtube.com/watch?v=FSBQ0PTtRro&feature=youtu.be

De belisa a 04.06.2017 às 21:55

Alguém informe aquele diretor da DGS que ignora alegadamente os efeitos adversos das vacinas. O Infarmed desmente-o.
Havrix não previne infeções hepáticas causadas por outros agentes, tais como: vírus da
hepatite B, vírus da hepatite C, vírus da hepatite E e outros patogénios que
eventualmente possam infetar o fígado.
2. O que precisa de saber antes de ser administrado Havrix 720 Júnior
Havrix não deve ser administrado
- se já teve ou a criança já teve anteriormente uma reação alérgica a Havrix ou a
qualquer outro componente desta vacina. As substâncias ativas e os outros componentes
encontram-se indicados na secção 6. Os sinais de uma reação alérgica podem incluir
erupções cutâneas com prurido, dificuldade em respirar e inchaço da face ou língua.
- se já teve ou a criança já teve anteriormente uma reação alérgica a qualquer outra
vacina contra a hepatite A.
Advertências e precauções
Fale com o seu médico, farmacêutico ou enfermeiro antes de Havrix lhe ser
administrado, ou à criança:
- se já manifestou ou a criança já manifestou qualquer problema de saúde após
administração anterior de uma vacina.
- se tiver ou a criança tiver uma infeção grave com temperatura elevada (acima de
38°C). Uma infeção ligeira, tal como uma constipação, não deve ser um problema mas
fale primeiro com o médico.
- se tem ou a criança tem o sistema imunitário diminuído devido a doença ou a um
tratamento com medicamentos.
- se tem ou a criança tem algum problemas de coagulação ou faz nódoas negras com
facilidade.
- se tem ou a criança tem alergias conhecidas.
Pode ocorrer desmaio após ou mesmo antes de qualquer injeção por agulhas, portanto
informe o seu médico ou enfermeiro se já desmaiou ou se a criança já desmaiou com
uma injeção anterior.
Outros medicamentos ou vacinas e Havrix
Informe o seu médico se estiver ou a criança estiver a tomar, tiver tomado
recentemente, ou se vier a tomar outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos
sem receita médica, ou se recentemente recebeu outra vacina.
Uma vez que Havrix é uma vacina de vírus inativado, é improvável que a sua
administração concomitante com outras vacinas inativadas cause interferência nas
respostas imunológicas.
A administração simultânea de vacinas contra a febre tifoide, febre-amarela, cólera
(injetável) ou tétano não interfere com a resposta imunológica de Havrix.
A administração concomitante de imunoglobulinas não tem impacto no efeito protetor
da vacina.
Quando a administração concomitante com outras vacinas ou com imunoglobulinas for
considerada necessária, devem ser administradas com seringas e agulhas diferentes e
administradas em locais diferentes.
Gravidez e amamentação
Se está grávida ou a amamentar, se pensa estar grávida ou planeia engravidar, consulte
o seu médico antes desta vacina lhe ser administrada. O seu médico irá informar sobre
os possíveis riscos e benefícios de lhe ser administrado Havrix durante a gravidez.
Não se sabe se Havrix passa para o leite materno, contudo não é esperado que a vacina
cause problemas na criança amamentada.
Condução de veículos e utilização de máquinas
É improvável que a vacina produza qualquer efeito na capacidade de condução e na
utilização de máquinas.
Havrix contém neomicina, sódio e potássio
Informe o seu médico se já teve ou a criança já teve uma reação alérgica à neomicina
(antibiótico).
Esta vacina contém menos do que 1 mmol (23 mg) de sódio por dose, ou seja, é
praticamente “isenta de sódio”.
Esta vacina contém menos do que 1 mmol (39 mg) de potássio por dose, ou seja, é
praticamente “isenta de potássio”.
3. Como é administrado Havrix 720 Júnior
Utilize esta vacina exatamente como indicado pelo seu médico. Fale com o seu médico
ou farmacêutico se tiver dúvidas.
Irá ser administrada a si ou à criança 1 dose de Havrix 720 Júnior (0,5 ml de
suspensão).
A segunda dose (dose de reforço) pode ser administrada em qualquer altura entre os seis
meses e os cinco anos, mas preferencialmente entre os 6 e 12 meses, após a primeira
dose, de forma a assegurar uma proteção a longo prazo.
Certifique-se que completa ou a criança completa o esquema de vacinação de duas
injeções.
O médico/enfermeiro irá administrar Havrix 720 Júnior através de uma injeção
intramuscular no mús

De A ciência de hoje é uma treta a 30.06.2017 às 07:15

Na idade média, as pessoas acreditavam que a Terra era plana, porque elas tinham ao menos a evidência de seus sentidos; nós acreditamos que ela é redonda não porque um por cento de nós pudesse dar as razões científicas para uma crença tão fantástica, mas porque a ciência moderna nos convenceu de que nada que é óbvio é verdadeiro, e que tudo que é mágico, improvável, extraordinário, gigantesco, microscópico, cruel ou excessivo é científico.

(George Bernard Shaw)

Comentar post



A farmácia é a natureza !


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sabedoria

"Aqueles que pensam que não têm tempo para cuidar de si e da sua alimentação, mais cedo ou mais tarde terão de encontrar tempo para a doença."

Mais sobre mim

foto do autor







Mensagens



Biológico, claro!


Blogsportugal


Nota:

Este blogue, não visa substituir o seu técnico de saúde de sua confiança!

Sabedoria ancestral

Paracelsus: "O que cura é o amor."

fb