Publicidade: Quase toda a mulher sofre de anemia! Se sente cansada, tome Floradix com ferro

Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Declaração de recusa de apresentação do Boletim de Vacinas 

 

Nós, [nome do pai e da mãe], na realização da nossa insubstituível ação de pais, protegida no artigo 68.º da Constituição da República Portuguesa (CRP), em relação ao nosso filho/a, [nome da criança], e com base no seu interesse superior, declaramos, para os devidos efeitos, que recusamos apresentação do Boletim de Vacinas do nosso filho/a.

A presente declaração de recusa funda-se nas nossas convições pessoais, protegidas pelo direito à liberdade de pensamento e de consciência, pelo direito à liberdade e segurança, pelo direito à livre escolha em saúde, e pelo direito à reserva da intimidade da vida privada e familiar.

Em virtude da proteção conferidas pelos mencionados direitos, não é legítimo a qualquer autoridade questionar as nossas convições, incluindo em matéria de saúde, nem poderemos ser prejudicados por nos recusarmos a responder. Igualmente, não podemos ser perseguidos ou privados de direitos em virtude das nossas convições, nomeadamento o direito ao ensino, estando protegidos quanto a qualquer forma de discriminação.

[artigos 26.º, 27.º, 41.º, 74.º da CRP e Declaração Universal dos Direitos do Homem das Nações Unidas, Carta dos Direitos Fundamentais da União Europeia, Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos da Criança, Convenção dos Direitos do Homem e da Biomedicina e Carta Europeia dos Direitos dos Doentes]

Sem prejuízo do anteriormente referido, ainda que por hipótese o nosso filho/a não cumpra integralmente o Plano Nacional de Vacinação, inúmeros estudos científicos credíveis concluem que tal não constitui um risco acrescido de contágio das demais crianças em contexto escolar relativamente à maior parte das doenças alvo de vacinação e que a total cobertura de vacinação não impede a ocorrência de surtos de certas doenças como o sarampo. Em todo o caso, não é legítimo impor qualquer intervenção em saúde, incluindo a vacinação, devido aos riscos frequentes e aos riscos graves, entre os quais a morte.

[Ver: http://infovacinas.com/wp-content/uploads/2017/06/20170605-carta-sobre-vacinao.pdf]

[local], [data],

[assinaturas do pai e da mãe]

 

Fonte:

infovacinas

 

Direitos:

- Qualquer tratamento médico involuntário ou forçado é uma violação:

◦da Declaração Universal dos Direitos do Homem das Nações Unidas;

◦da Carta dos Direitos Fundamentais da União Europeia;

◦da Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos da Criança;

◦da Convenção do Conselho Europeu para a Protecção dos Direitos do Homem e da Dignidade do Ser Humano no que respeita à Aplicação da Biologia e da Medicina: Convenção dos Direitos do Homem e da Biomedicina;

◦da Carta Europeia dos Direitos dos Doentes;

◦do Pacto Internacional sobre Direitos Civis e Políticos da ONU;

◦E até mesmo do Código de Nuremberga (um conjunto de princípios éticos para a investigação médica em seres humanos criado em resultado dos subsequentes Julgamentos de Nuremberga no final da Segunda Guerra Mundial).

◦Declaração de Lisboa de 1981 versando sobre os direitos dos pacientes.

 

Temas relacionados:

Declaração para os pais e tutores que não tenham Boletim de vacinas para entregarem nas escolas

Estudos farmacêuticos segundo o editor The Lancet: Metade são falsos, manipulados ou não confiáveis

Menino morre depois de ter sido vacinado

Testemunha: Efeitos adversos das vacinas da Hepatite B e dT

Vacinas: Efeitos colaterais graves e anomalias causadas ao sistema imunológico

Partes do corpo humano nos alimentos, na cosmética e nas vacinas

"O sarampo em Portugal", factos; Refutada a existência do Vírus do sarampo

Vacinação: Vacina contra a gripe A pode provocar síndrome fatal

Vacinas: Armas de destruição massiva das farmacêuticas... (2ª Parte)

Mais uma mentira das farmacêuticas: Tribunal confirma que o vírus do sarampo não existe

Suécia: Parlamento votou "Não"; Contra a obrigação da vacinação

A.R.: Saúde Pública (Vacinação) ou não!

Portugal e a vacinação: 48% dos infectados são profissionais de saúde

Resutados de análises sobre conteúdo das vacinas

Vacina: Dobro de mortes entre crianças vacinadas em relação às não vacinadas

Cientista: A vacina contra VPH/HPV é uma fraude

Vacinas: São diferentes as que são administradas aos governos!

Coreia do Sul: Surto de varicela/catapora aumenta com a vacinação obrigatória, diz Estudo Sul-Coreano

As epidemias não desapareceram devido à vacinação

Vacinas: Demasiadas contêm o pesticida cancerígeno glifosato

Porque será que médicos, enfermeiros e assistentes preferem não se vacinar?

Estudo oficial: crianças que não são vacinadas são mais saudáveis

Síndrome de Guillain-Barré

Presidente Putin: OGM e vacinas ameaçam a evolução da humanidade

EUA: 145.000 crianças morreram devido às vacinas

Vacina VPH: 3.000 japonesas metem governo e farmacêuticas em tribunal

Ciência/medicina/farmacêuticas: Não conseguem provar e andam a enganar-nos (vídeos)

Frutos e legumes biológicos funcionam como boas vacinas

Crianças morrem após vacinação

A farsa das vacinas/vacinação

Alerta: Programa Nacional de Vacinação 2017; Terrorismo de Estado ?

DGS: Não é necessária a vacinação obrigatória

Infarmed: Pede atenção a eventuais reacções adversas à nova vacina

Vacina para HPV: Adolescente desmaia diariamente 8 vezes e tem narcolepsia

Vacinação: Lavagem cerebral

Mito: Vacinação garante imunidade

Epidemias, autismo e vacinas: A indústria farmacêutica fabrica e factura

Vacinação: H1N1 contamina os vacinados com SIDA/AIDS !

Estudo: O vírus Zika não é a causa da microcefalia mas sim vacinas

França: Suspendida vacina suspeita de causar doenças

O vírus do sarampo não existe?

Tribunal da Rep. Checa decide pela liberdade de os pais não vacinarem os filhos

Vacinas: Médicos indianos apresentam queixa-crime contra Bill Gates

Vacinas: Armas de destruição massiva das farmacêuticas...

Ainda acha que a indústria farmacêutica e as vacinas são benéficas ?!

Vacina da gripe: Faz mais vítimas, desta vez em Curitiba-Brasil

Médicos e farmacêuticos: Estudos sobre as vacinas são medíocres

Afinal a vacina da gripe não protege o adulto !

"Gardasil®, vacina mortal?"

Os perigos da vacinação!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Alimentos biológicos e com vitalidade = saúde !

Que o teu alimento seja o teu único medicamento! Hipócrates

Países latinos livres de vacinas!

Paracelsus: "O que cura é o amor."


3 comentários

De Vacina de polio mata a 18.06.2017 às 08:06

La OMS confirma brote de polio de origen vacunal en el norte de Siria.


El virus ha sido aislado en dos niños que empezaron a mostrar signos de parálisis

•Es la primera reaparición de la polio en Siria desde un rebrote que se registró entre 2013 y 2014

••¿Qué es la polio?

La Organización Mundial de la Salud (OMS) confirmó este viernes un brote de poliomielitis de origen vacunal en la provincia siria de Deir al Zur (noreste del país), que está en parte bajo control del grupo yihadista Estado Islámico y que en la actualidad es prácticamente inaccesible para la ayuda humanitaria.

La cepa de la polio que circula en esa área de Siria no corresponde a la habitual (de tipo salvaje), sino a una derivada de la vacuna antipoliomielítica oral (VPO), un tipo de brote que es extremadamente raro, explicó a la prensa el especialista de la OMS Oliver Rosenbauer.

http://www.elmundo.es/ciencia-y-salud/salud/2017/06/09/593a894fe5fdea6a278b45be.html

De Maria a 19.06.2017 às 09:09

Obrigada pelo Blog e pleo imenso trabalho desenvolvido!

Nao sei como vao evoluir as coisas por nosso lado à vista do que querem impor em países como Italia e França neste momento... Países estes onde a desconfiança em relação às vacinas reina...

De Jorge Tadeu a 21.06.2017 às 09:47

Boa. Gostei. Vou levar para atirar à cara dos paspalhos. As vacinas não são obrigatórias mas querem-nos vender a banha da cobra das vacinas como se fossem obrigatórias.

Comentar post



A farmácia é a natureza !


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sabedoria

"Aqueles que pensam que não têm tempo para cuidar de si e da sua alimentação, mais cedo ou mais tarde terão de encontrar tempo para a doença."

Mais sobre mim

foto do autor







Mensagens



Biológico, claro!


Blogsportugal


Nota:

Este blogue, não visa substituir o seu técnico de saúde de sua confiança!

Sabedoria ancestral

Paracelsus: "O que cura é o amor."

fb