Publicidade: Quase toda a mulher sofre de anemia! Se sente cansada, tome Floradix com ferro

Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A combucha/kombucha é uma bebida medicinal que podemos preparar nós mesmos em casa e que oferece diversas e valiosas propriedades benéficas para o organismo. 

Combucha é um alimento probiótico, microbiológico. Ajuda a regenerar a flora intestinal e é excelente para a saúde como um todo.

Conhecida pelos chineses como o elixir da saúde, é uma bebida milenar obtida pela fermentação do chá, preto ou verde, e açúcar. Após a fermentação a kombucha transforma-se numa bebida gaseificada repleta de vitaminas, enzimas, probióticos e ácidos com muitos benefícios para a saúde.

Foto: melhorcomsaude

 


A kombucha é consumida em muitos países asiáticos há milhares de anos. Actualmente ganhou popularidade por seu alto teor de probióticos e por desintoxicar o organismo e fortalecer o sistema imunológico.

A kombucha consiste em um chá fermentado com espécies de fungos e bactérias. Estes fungos e bactérias geram gás carbônico, glicose e álcool etílico.
Tais componentes se unem na superfície do chá formando uma massa gelatinosa de cor creme e castanho.
As bactérias e fungos que são usados podem variar, dependendo do tipo de chá e do tempo de preparo.
  

Como preparar a kombucha? 

Ingredientes
4 xícaras/chávenas de água (1 L)
3 colheres de sopa de açúcar de panela ou mascavo (70 g). Também pode usar açúcar biológico/orgânico
1 fungo de kombucha
6 bolsas de chá (verde, preto ou branco biológicos/orgânicos) (60 g)
½ xícara de líquido iniciador de kombucha (125 ml)


Nota: o líquido iniciador normalmente sobra de uma kombucha anterior. Se não o conseguir, use 1 ¼  de xícara (312 ml) de vinagre branco destilado ou vinagre de cidra de maçã pasteurizado.

 

Utensílios
Uma jarra de vidro para o preparo
Um pedaço de tecido ou toalha
Um elástico de borracha
Uma colher de sopa de material não metálico (barro ou madeira)
Um coador
Um canudo


O que fazer?
É importante ter em conta que o cultivo de bactérias e fungos que se formará no chá pode ser contaminado por agentes perigosos para a saúde, os quais se encontram presentes no ambiente no momento do preparo.

Portanto, deve-se desinfectar por completo a cozinha e lavar muito bem os utensílios que serão usados com bastante água quente e sabão.

 
Além disso, lembre-se de lavar muito bem as mãos.

 

Infusão do chá 

Esquente/aqueça a água e, quando ferver, adicione o chá. O tempo de duração dependerá do chá usado:

Chá verde: 5 minutos
Chá vermelho: 7 minutos
Chá preto: 10 minutos
 
Quanto maior o tempo de repouso, mais carregado e mais amargo será o chá obtido. Também quanto melhor for a qualidade do chá usado, menos temperatura a água precisará.

 

Adoçar a infusão
Adicione o adoçante que escolher (açúcar mascavo/mascavado ou qualquer outro como o xilitol) e mexa com uma colher.
Assegure-se de que fique dissolvido por completo.
A seguir, desligue o fogo e deixe repousar durante 4 horas até alcançar uma temperatura ambiente.


Acomodar a kombucha 

Com uma peneira, coe a infusão sobre a jarra de vidro onde se fermentará a kombucha.
A seguir, adicione o cultivo de kombucha e o líquido iniciador.

 

Fermentação e garrafa
Cubra o frasco com uma toalha limpa ou um pedaço de tecido e feche-o com um elástico de borracha.

A seguir, armazene a jarra com o chá em um lugar que não receba luz solar durante um período de 7 a 14 dias. Quando mais tempo ficar em repouso, mais amargo e carregado será o sabor do chá.

 

Prove para saber se está pronto 

Você pode começar a experimentar depois de 5 dias. Quando estiver pronto, você sentirá um sabor ácido.

Para fazer isso, introduza um canudo limpo sem danificar o fungo que se formou na superfície do recipiente.
Tampe a abertura do canudo e, depois de retirá-lo, solte o líquido em outro recipiente.
Se estiver muito doce, tampe novamente e deixe repousar mais uma vez.
Se o sabor ficar amargo, significa que o processo deu errado, mas não se preocupe, já que você pode usá-lo como vinagre em suas saladas.


Tomar a kombucha e reciclar o novo fungo
Comece tomando ¼ de xícara (62 ml) de kombucha pela manhã. Conforme passarem as semanas e seu organismo se adaptar ao consumo do chá, você poderá aumentar gradualmente a quantidade de ingestão.

Lembre-se de guardar pelo menos 10% do chá (como líquido iniciador) e o fungo que se formou na superfície como ingredientes para a próxima vez em que preparar kombucha.

 

Propriedades benéficas da kombucha! 

+ É boa para seus ossos: fortalece as cartilagens, por isso é recomendável para pessoas que sofrem de artrite.
+ Melhora a digestão e combate o mal-estar gastrointestinal, já que estimula o metabolismo.
+ Alivia a dor da enxaqueca.
+ Promove a regeneração celular. Pode ser usada para tratar doenças degenerativas. Também é muito benéfica para a saúde do cabelo.
+ Desintoxica o organismo graças ao seu teor de ácidos orgânicos, os quais também ajudam a circulação do sangue.
+ É rica em vitaminas e minerais primordiais para o bom funcionamento do sistema nervoso e muscular.
+ Por ser feita à base de chá preto, contém cafeína em pequenas quantidades, por isso estimula o sistema nervoso central.
+ Aumenta as defesas do corpo.
+ Regula o colesterol.

 

Fonte:

Melhor com Saúde

Autoria e outros dados (tags, etc)

Alimentos biológicos e com vitalidade = saúde !

Que o teu alimento seja o teu único medicamento! Hipócrates

Países latinos livres de vacinas, de rastos químicos e de pesticidas!

Paracelsus: "O que cura é o amor."



A farmácia é a natureza !


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sabedoria

"Aqueles que pensam que não têm tempo para cuidar de si e da sua alimentação, mais cedo ou mais tarde terão de encontrar tempo para a doença."

Mais sobre mim

foto do autor


Sondagem

Confia nos hospitais?
 
pollcode.com free polls





Mensagens



Biológico, claro!



Nota:

Este blogue, não visa substituir o seu técnico de saúde de sua confiança!

Sabedoria ancestral

Paracelsus: "O que cura é o amor."

fb