Publicidade: Quase toda a mulher sofre de anemia! Se sente cansada, tome Floradix com ferro

Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Praia, 10 set (Lusa) - Com um número recorde de mais de 170 casos de malária, as autoridades cabo-verdianas intensificam a luta contra os mosquitos e desdobram-se em esforços para sensibilizar a população para a importância de manter as casas e ruas limpas.

Segundo dados disponibilizados à imprensa pelas autoridades de saúde, Cabo Verde já conta com mais de 180 casos de malária (entre autóctones e importados), um número recorde, já que o maior até agora registado desde 1991 tinha sido 140 casos, em 2000.

Foto: gmx

 

A maior incidência de casos é na cidade da Praia, com 171, sendo que o máximo até agora tinha sido 102 (95 locais e sete importados) em todo o ano de 2001.

Deste então, várias equipas da Delegacia de Saúde da Praia percorrem diariamente os bairros onde foram diagnosticados mais casos, fazendo pulverização das árvores e plantas e dentro das casas.

Ernesto dos Santos e Armindo Gomes não se conhecem, mas têm algo em comum. Vivem em dois dos bairros com mais casos de malária na capital cabo-verdiana: Achada de Santo António e Várzea.

Ernesto dos Santos, 65 anos, reformado, passa boa parte do dia a trabalhar na mini-oficina de carpintaria, montada em frente à sua casa em Achada de Santo António.

Com a máscara a tapar o nariz, Ernesto abre a porta de sua casa a uma equipa de pulverização, que desinfesta todos os quartos, cozinha, casa de banho, para acabar com qualquer foco de mosquitos.

Há quase 60 anos a viver em Achada de Santo António, Ernesto Santos critica as pessoas que deitam lixo e águas sujas nas ruas, nas encostas e nas valas, considerando que todos têm "boa parte da culpa" no surgimento de casos de malária na capital cabo-verdiana.

Mesma opinião manifestou Armindo "Bijá" Gomes, 59 anos, morador desde sempre na Várzea, outro dos bairros com casos de malária, considerando que a população é "um tanto ou quanto negligente", uma vez que "não liga e deita lixo e água suja na rua".

"Espero que todos nós, sem exceção, de cima a baixo, apoiemos, ajudemos, para minimizar a praga, porque quem sai a perder é sempre a população mais desfavorecida", notou Bijá, camionista.

No final da reunião na semana passada, o ministro da Saúde, Arlindo do Rosário, pediu o envolvimento de todas as estruturas e da população para combater os mosquitos.

O director do Programa Nacional de Luta contra o Paludismo (PNLP), António Moreira, disse que o saneamento continua a ser um "problema enorme" no país, agravado com as altas temperaturas e as águas acumuladas, que aumentam os viveiros de mosquitos.

A delegada de Saúde da Praia, Ulardina Furtado, também apelou à população para colaborar, bem como a todas as instituições para que "façam a sua parte".

Óscar Santos avançou que a Câmara da Praia já fez "investimentos enormes" no saneamento, mas ainda precisa de cerca de 20 milhões de escudos (181 mil euros) para acelerar o processo de limpeza urbana e reduzir os casos de paludismo "em pouco tempo".

Considerando que só a Câmara ou o Governo não conseguem resolver todos os problemas, o autarca pediu também colaboração de praienses, com mudança de hábitos, atitudes e comportamentos.

 

Nota:

A malária está a aumentar no norte de África, na Europa (importação) e na América Latina devido à deterioração da higiene e da infra-estrutura. 

Seja como for, a argila da região que seja adequada para tomar, quando bebida diariamente na devida proporção impede que a malária se instale. Há relatos de portugueses em África que por terem tomado a argila nunca adoeceram de paludismo ou malária. Além de a argila servir para diversas doenças e ajudar na prevenção, tem ainda o privilégio de ser extremamente barata e sem efeitos adversos (como no caso das drogas farmacêuticas).

Para além da argila existe outros tratmentos naturais ainda que não sejam tão baratos.

 

Temas relacionados:

MMS: Sabe o que é e para que serve?

Neem: 21 benefícios para a saúde

Condimento chinês mata as células cancerígenas (mata a malária)

Benefícios da galanga. Já conhece?

Argila Bentonita: Benefícios e formas de usar

Bicarbonato de sódio / soda, o remédio caseiro fabuloso das nossas avós

Bórax/Boro/Borato de sódio: Uso medicinal alternativo

 

Fontes:
Lusa

sapo

Autoria e outros dados (tags, etc)

Alimentos biológicos e com vitalidade = saúde !

Que o teu alimento seja o teu único medicamento! Hipócrates

Países latinos livres de vacinas!

Paracelsus: "O que cura é o amor."



A farmácia é a natureza !


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sabedoria

"Aqueles que pensam que não têm tempo para cuidar de si e da sua alimentação, mais cedo ou mais tarde terão de encontrar tempo para a doença."

Mais sobre mim

foto do autor







Mensagens



Biológico, claro!


Blogsportugal


Nota:

Este blogue, não visa substituir o seu técnico de saúde de sua confiança!

Sabedoria ancestral

Paracelsus: "O que cura é o amor."

fb