Publicidade: Quase toda a mulher sofre de anemia! Se sente cansada, tome Floradix com ferro

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

1. Eles comiam alimentos da estação e da região

A comida saia no início de 1900 de pequenas fazendas, hortas  e de pequenos mercados, não havia conservantes a não ser o sal e pouco mais, a comida era então fresca e variada. A falta de alimentos processados ​​da sua alimentação fazia com que a refeição fosse rica em nutrientes, assim as pessoas/consumidores tinham os nutrientes de que precisavam.

Para as crianças o leite materno era muito valorizado e sempre estava adequado e nos conformes.

 

2. Eles não faziam dietas, nem submetiam o seu corpo a dietas  restritivas e sem nexo. Eles comiam quando o alimento estava disponível.

Nossos avós não eram vítimas de modas e tendências, da publicidade alimentar, da contagem de calorias e outros hábitos alimentares nocivos, que são agora acessíveis (em parte devido a infra-estrutura de comercialização-publicidade-marketing  que não existia na altura). É por isso que eles tinham um metabolismo saudável e comiam de acordo com as necessidades e fisiologia de seus corpos/organismos.Raramente comiam em excesso, nem existiam adoçantes e doces como hoje existem.

 

3. Eles preparavam a sua comida em casa - usando métodos tradicionais de cozinhar, p.ex. fogão a lenha

Comprar alimentos processados ​​não era uma opção e jantar fora um luxo raro. Felizmente nossos avós não tinham esses maus hábitos e dessa forma tinham acesso a alimentos e formas de cozinhar naturais  o que muito ajudava à sua saúde.

 

4. Eles não comiam  OGM, nem transgénicos, nem aditivos alimentares, nem estabilizantes e nem espessantes

No início de 1900, a alimentação não era tratada com aditivos, nem antibióticos e nem hormonas para aumentar(!) alegadamente a sua durabilidade com custos para a saúde dos consumidores, para encher os cofres dos fabricantes de alimentos(!)-rações para humanos.

 

5. Eles comiam o animal inteiro, comiam muitos legumes e frutas tudo portanto biológico e daí ser tudo rico em minerais

Nada era desperdiçado, tudo era aproveitado. Ao contrário de hoje em dia que se desperdiça mais de 30% de água potável com a agricultura intensiva, nos matadouros e atira-se quase 45% da comida no lixo!

 

6. Eles não iam ao médico quando se sentiam mal e não tomavam quaisquer medicamentos de prescrição

Consultas médicas eram para lesões causadas por acidentes e doenças potencialmente fatais.

Se eles tinham febre, eles simplesmente aguentavam-na. Quando se sentiam doentes, eles comiam sopas, caldos e descansavam e repousavam imenso. Eles não tinham nenhuma tecla de atalho rápido para o médico ou enfermeira e confiavam no processo de cura natural do corpo muito mais do que fazemos hoje em dia. A alimentação era o medicamento independentemente se tinham consciência disso ou não, ao contrário de hoje em dia em que muita da ração humana intoxica e provoca degenerações no organismo humano.

 

7. Eles passavam muito tempo ao ar livre

Nossos avós não tinham a opção de ficar em casa e perder tempo e saúde a brincar com seus telemóveis, computadores ou consolas de jogos. Eles jogaram na "Play-Station" original: pedalar em cima de bicicletas, baloiços e e brincavam na bondosa e pródiga  "Mãe Natureza"!

E trabalhavam conforme as estações, dormiam e repousavam bastante no inverno e dormiam menos e descansavam menos no verão, ou seja seguiam os ritmos naturais do dia e noite.

E o que isto tudo tem a ver com alergias alimentares?

A alimentação afecta todas as células do nosso corpo. A saúde das nossas células depende da dieta e estilo de vida. As células produzem o tecido, o tecido produz o órgão e nós somos feitos de um sistema do órgãos. Se a sua alimentação  é deficiente, então a integridade de cada célula, tecido e cada órgão irá sofrer no seu corpo, e é por isso que você vai reagir sensível (alergia(s) a determinados alimentos.

 

Fontes e literatura:

pravda-tv

 

Biofotões - Novos horizontes na medicina - Princípios de Fritz Albert Popp

 

Desintoxicar em vez de intoxicar - Uwe Karstädt

 

A invisível força nos alimentos, diferenças entre biológicos e não biológicos (convencionais): Visão nos alimentos transgénicos, modificação dos alimentos, imagens cristalizadas na pesquisa de Soyana - A W Dänzer

 

Não te deixes envenenar! Porque os tóxicos nos provocam degenerações e como os podemos evitar -  Joachim Mutter

Autoria e outros dados (tags, etc)

Alimentos biológicos e com vitalidade = saúde !

Que o teu alimento seja o teu único medicamento! Hipócrates

Países latinos livres de vacinas!

Paracelsus: "O que cura é o amor."

Pág. 1/3



A farmácia é a natureza !


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sabedoria

"Aqueles que pensam que não têm tempo para cuidar de si e da sua alimentação, mais cedo ou mais tarde terão de encontrar tempo para a doença."

Mais sobre mim

foto do autor







Mensagens



Biológico, claro!



Nota:

Este blogue, não visa substituir o seu técnico de saúde de sua confiança!

Sabedoria ancestral

Paracelsus: "O que cura é o amor."

fb